Chega ao Brasil ‘visitador’ à ordem fundada por padre devasso

O padre mexicano Marcial Maciel (1920/2008), fundador da ordem conservadora Legionários de Cristo, foi estuprador de seminaristas, viciado em cocaína, promovedor de orgias com homens e mulheres, golpistas de viúvas ricas e pai de filhos cujo número ninguém ainda sabe direito.

Desde março, depois que se divulgou o nome de uma filha do padre, a Legionários de Cristo, que se ramificou por vários países, encontra-se sob intervenção do Vaticano, ou sob ‘visitação apostólica’, no eufemismo usado pela Igreja Católica.

O padre devasso morreu, mas a ordem permanece sob a direção de sacerdotes que são crias dele. Álvaro Corcuera, o diretor-geral, teria sido amante da Maciel.

O arcebispo chileno dom Ricardo Ezzati (foto), um dos “visitadores apostólicos” à ordem, acaba de chegar ao Brasil e aqui permanecerá até o dia 17. Ele disse que veio para ouvir sacerdotes e leigos. A informação é do site espanhol Religión Digital.

No Brasil, a congregação tem seminário em São Paulo, Arujá, Curitiba e Porto Alegre. Ela está presente em várias cidades em atividades ligadas preferencialmente à educação, como Belo Horizonte e Brasília.

Por intermédio de seu braço leigo, o Movimento Regnum Christi, a Legionários de Cristo está em cidades como Fortaleza, Recife, Campinas, Jundiaí, Joinville, Caxias do Sul, Bagé, Pelotas e Ijuí.

O diretor da Legionários no Brasil é o padre Manuel Aromir.

Outros “visitadores” – no total de cinco - estão percorrendo unidades da congregação nos Estados Unidos, Espanha e países da Europa e as demais unidades da América Latina.

Até o final deste ano, eles apresentarão relatório ao Vaticano, ao qual caberá decidir o futuro da ordem.
Já é dado como certo o afastamento de todos os sacerdotes da atual diretoria.

Há quem defenda que a Legionários de Cristo seja refundada, como única e possível solução para livrá-la do legado torpe de Maciel. 

Seminário Maria Mater Ecclesiae, da Legionários de Cristo
Seminário Maria Mater Ecclesiae, em São Paulo

> Caso do padre Marcial Maciel, o devasso.

Comentários

  1. Anônimo9/02/2009

    Como faz a pessoa pra falar com Dom Ezzati?

    ResponderExcluir
  2. Anônimo9/04/2009

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Deletei o comentário acima porque foi escrito só com letras maiúsculas. Texto em tal formato, além de dificultar a leitura, é tido pela etiqueta da internet como falta de educação. É como se a pessoas quisesse convencer outros no grito.

    ResponderExcluir
  4. Ana Lima9/17/2009

    Realmente vemos como hoje em dia qualquer um pode escrever qualquer besteira na internet como verdade absoluta... Onde andará o senso crítico, a busca pela verdade, o zelo pela informação?? Ainda mais vindo de um suposto jornalista!! Eu esperava muito mais... Mas tudo bem, eu estive com o Arcebispo Chileno Dom Ricardo Ezzati em sua visita ao Brasil. Conheço a congregação a fundo por pelo menos 10 anos, conheci o Pe. Marcial Maciel e posso afirmar que todo o escrito acima somente demonstra um incrível despeito e falta do que fazer. Tente ser um pouco mais cuidadoso com as "notícias" que vc publica.

    ResponderExcluir
  5. Anônimo12/10/2009

    É bastante interessante as críticas e gozações com relação às religiões. Ninguém é perfeito. Cada um deve cuidar de si. Todos os amigos e conhecidos que tenho com certa ligação religiosa, todos os seus filhos tem seus comportamentos educados e respeitados. Qualquer religião que pregue a bondade e respeito é benvinda.
    Lamento estes ignorantes, mal-eucados, que se acham perfeitos, fazerem gozações sobre religiões. Tenho certeza que são de certa forma marginais ao comportamento normal e que devem tratar-se nos seus relacionamentos, com belas conversas dignas de prêmios. Lamento.

    ResponderExcluir
  6. Anônimo1/05/2010

    Religião significa religar-se, é um estado de consciência superior. A chamada religiões exteriores não acrescenta em nada ao ser humano. Qualquer um pode dizer que é um santo ou coisa parecida. Esse chamados discípulos de Cristo são na verdade seres de quinta categoria de um nível muito baixo. Cristo é a personificação da pureza. Para ser seu discípulo temos que ser puros, ter uma reta conduta.

    Namaste

    ResponderExcluir
  7. Anônimo5/02/2010

    Tudo isso é pura inveja, pura despeite, porque os Legionários são um povo na deles, não se mistura,
    e teem verdadeira devoção a Nosso Senhor Jesus Cristo Eucarístico, e à Santíssima Virgem Maria Mãe de Deus e Nossa Mãe, que chamamos carinhosamente Nuestra Madre. Querido Nuestro Padre, que Deus o receba com seus santos no paraíso, porque, seus ensinamentos, seus conselhos, suas doutrinas, foram a verdade, da beleza e bondade da virtude, da caridade, do matrimônio e da família. Que importa que humanamente falível, tenha feito o contrário? Todos estes seus juízes também hão de comparecer perante Deus, para prestarem contas de suas dependências químicas, compulsões sexuais, só que ocultas; enquanto as do Senhor foram descobertas, mas Deus poupou-lhe do julgamento execrável da plebe ávida por espetáculo! Levou-o para o julgamento pessoal, individual, que só Ele está autorizado a fazer.
    O Senhor levou milhões de pessoas a amar o próximo, a fazer o bem, a perdoar de coração aos ofensores, e em seu nome, eu perdoo todos os seus agressores, todos os seus difamadores, cheios de muita razão e direito, mas não sabemos se diante de Deus estão justificados.
    São tão lascivos quanto os luxuriosos que condenam exteriormente, e dependentes do álcool e da maconha, quanto os viciados em cocaína que acusam. São tão obcecados pelo sexo com adolescentes quanto os pedófilos que criticam e que exigem prender e matar. São tão cultuadores da pornografia, da violência simbólica da nudez, quanto os praticantes dos vícios que eles condenam, mas em si mesmos aplaudem. Eu os perdoo, como ao senhor também. Deus tenha piedade de todos eles.

    ResponderExcluir
  8. Anônimo5/04/2010

    Tenho pessoas da minha família no Movimento Regnum Christi. É impossível ignorar a veracidade do escândalo que assola a instituição. Estamos todos abalados e profundamente entristecidos. Minha expectativa pessoal, e acredito que de muitos ligados ao MRC, é de que, com relação a estes fatos e semelhantes, a igreja seja mais rigorosa e eficaz, assim como, que priorize as investigações, em tudo que ferir a essência do cristianismo. Se é para o MRC ser o instrumento para desencadear uma postura mais rigorosa, pronta e renovadora na Igreja, desejamos que tudo seja revelado e que as dores aumentadas sejam ofertadas a Deus, em prol do estabelecimento de seu verdadeiro reino entre os homens.
    Continuo grata a Deus pela vocação de amor, pela qual as pessoas da minha família optaram ao ingressarem na vida religiosa.

    ResponderExcluir
  9. Anônimo5/18/2010

    Peço ao responsável por este artigo que me envie um e-mail de algum responsável pelos problemas com a Igreja no Brasil. Se o problema é denunciar problemas com a Igreja, eu tenho um dossiê onde mostro toda a farça da CNBB e que o Núncio Apóstolico no Brasil não faz nada. Não consigo denunciar porque não encontro com quem falar. Peço ajuda a voce que lê este artigo. Mas preciso de um e-mail confiável e de preferência que não seja de nenhum religioso brasileiro pois o patriotismo acaba acobertando os erros. Digo que sou brasileira mas minha pátria é o céu, portanto não me incomodo com o desmascaramentos dos meus compatriotas. A Igreja não pode ficar desmoralizada em nome do patriotismo. zithmyr@gmail.com
    Que Deus nos abençoe e venha em socorro de nossa Igreja no Brasil inclusive.

    ResponderExcluir
  10. Anônimo7/25/2010

    E eu que cooperava com essa obra, está nas mãos de Deus, JAVÉ É SENHOR E JUIZ e saberá como fazer em todas as coisas.
    DEUS DA PROVIDENCIA PROVIDENCIAI!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Veja os 10 trechos mais cruéis da Bíblia

Trechos bíblicos cuja existência crente finge não saber

Carl Sagan escreve sobre um 'pálido ponto azul' nos cosmos, a Terra

Gloria Perez defende a novela 'Salve Jorge' de críticas de religiosos