Vanuzia avisa Abdelmassih: ‘Eu não sou uma vítima sem rosto’

Mesmo fragilizada, deprimida, Vanuzia Leite Lopes, 49, conseguiu reagir quanto leu uma declaração de um advogado de Roger Abdelmassih de que o seu cliente está enfrentando supostas “vítimas sem rosto”, numa referência ao anonimato das mulheres que acusam o médico de abuso sexual.

Para Vanuzia, depois de tudo que ela passou, engolir mais aquilo era demais.

Então ela deu uma entrevista à Época (que publicou sua foto) e mandou um recado ao médico e aos advogados dele: “Eu não sou uma vítima sem rosto”.

Em 1994, a pedido dela, o Cremesp (Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo) abriu uma sindicância e a Polícia Civil, um inquérito -- e tudo deu em nada. Mas agora ela espera que a Justiça se faça valer por causa da dimensão que o escândalo assumiu.

O caso de Vanuzia – conforme seu relato aos jornalistas Andres Veras e Rodrigo Turrer -- reforça a alcunha de ‘monstro’ que outras ex-pacientes lhe deram.

Em 1993, ela se submeteu a um tratamento de cinco meses com Abdelmassih, em um pacote de três tentativas de fertilização.

Foi o início de um pesadelo do qual ela jamais vai se livrar, porque há suspeita de médicos de que Abdelmassih tenha contaminado-a com uma bactéria comum no intestino humano, a Escherichia coli, por intermédio de uma penetração anal seguida de outra, vaginal. Ela assegura que com seu marido nunca teve esse tipo de relação.

Uma contaminação da Escherichia coli pode ocorrer sem que haja coito, por meio, por exemplo, de um cateter mal desinfectado de coleta de óvulos.

Mas Vanuzia sentiu um sangramento e uma dor “incomum” no ânus após a terceira tentativa de fertilização.

Embora tenha sido informada pela clínica de que “não era nada”, quinze dias depois, com fortes dores abdominais, febre e pus saindo do umbigo, ela foi internada às pressas no Hospital Albert Einstein, onde ficou dez dias.

Os médicos do hospital tiveram de retirar as suas duas trompas e parte do ovário, que estavam com inflamação crônica. Vanuzia ficou infértil.

Antes de iniciar o tratamento, ela e o então seu marido desistiram de comprar um apartamento na praia para investir no sonho de ter um filho.

Quando o casal ainda estava em dúvida, o próprio médico teria instigado: “Vocês preferem ver o mar ou o sorriso de seu filho?”

Mais de 60 ex-pacientes acusam o especialista de abuso. Após ter sido denunciado (acusado formalmente) pelo MPE (Ministério Público Estadual de São Paulo), ele foi preso em caráter preventivo por determinação do juiz Bruno Paes Straforini, da 16ª Vara Criminal Central de São Paulo. Já foram negados dois de habeas corpus. O Cremesp suspendeu temporariamente o registro profissional do médico.

O genecologista Vicente, filho do médico, afirmou à imprensa que, em mais de dez anos de convivência profissional com o pai, na clínica, nunca notou algo que pudesse comprometê-lo.

Apesar disso, se houver condenação, caberá a Abdelmassih o título de maior criminoso sexual do país.

Vanuzia conta seu drama na TV


Resumo das acusações de abuso de 39 vítimas de Roger Abdelmassih.
novembro de 2010

Caso Abdelmassih.   Violência contra mulher.  

Comentários

Existem varias formas de se contaminar com Escherichia coli...
Existem, enquanto parte da microbiota normal no intestino, em grandes números. Cada pessoa evacua em média, com as fezes, um trilhão de bactérias E.coli todos os dias. A doença é devida à disseminação, noutros orgãos, das estirpes intestinais normais; ou nos casos de enterite ou meningite neonatal à invasão do lúmen intestinal por estirpes diferentes daquelas normais no indivíduo.
A presença da E.coli em água ou alimentos é indicativa de contaminação com fezes humanas (ou mais raramente de outros animais). A quantidade de E.coli em cada mililitro de água é uma das principais medidas usadas no controlo da higiene da água potável municipal, preparados alimentares e água de piscinas. Esta medida é conhecida oficialmente como índice coliforme da água.
A estirpe de E.coli que existe normalmente nos intestinos de um determinado indivíduo é bem conhecida e controlada pelo seu sistema imunitário, e raramente causa problemas excepto quando há debilidade do indivíduo. A maioria das doenças é devida a E.coli vindas de indivíduos diferentes e portanto de estirpe diferente, não reconhecida pelos linfócitos. As intoxicações alimentares em particular são quase sempre devidas a bactérias de estirpes radicalmente diferentes. É por este motivo que é raro um Europeu, por exemplo apanhar intoxicação alimentar de uma E.coli existente noutro país da Europa, porque mesmo uma E.coli do Reino Unido é suficientemente parecida com uma de Portugal para um português não apanhar intoxicação quando ingere uma salada mal lavada nesse país. Pela mesma razão um brasileiro não apanha intoxicações alimentares na Argentina e com certeza apanharia uma intoxicação em Portugal. No entanto se um português ou inglês for a um país distante, como por exemplo ao México, facilmente pode ingerir uma E.coli para a qual não tem defesas e apanhar uma intoxicação alimentar severa numa salada mal lavada que um mexicano na mesa ao lado ingere sem consequências.
O subgrupo ETEC é responsável pela grande maioria das intoxicações alimentares entre turistas e viajantes. Ao todo a E.coli causa 50% destes casos. A prevenção é comer alimentos totalmente cozidos, evitar saladas, e beber apenas água mineral ou outras bebidas oferecidas em recipiente selado.

A Escherichia coli é uma bacteria que faz parte da flora intestinal nos seres humanos, lá ela é normal, mas se ela for levada para outras partes do organismo, isto será perigoso, a grande probabilidade é a de voce ter feito um uso incorreto do papel higienico como se limpar de tras para frente , o correto é o oposto.
Roberto Santini disse…
Aos amigos do Dr. Roger Abdelmassih:
Prezados Senhores Amigos do Dr. Roger: A Senhora Vanuzia Leite Lopes, certamente se respaldou em análises posteriores a essa violência praticada. Esta senhora, relata que foi vitima de abuso , enquanto sedada, com sangramento anal e dor. Certamente , serão chamados os médicos que a atenderam para confirmar essas denúncias. Os Senhores "amigos", provávelmente tem esposas, irmãs e mães, que certamente não estarão em conluio com os senhores. O Doutor Roger, abusou de milhares de mulheres que, envergonhasdas e humilhadas, não tem a coragem de se mostrar como se desnudou a Senhora Vanuzia Leite Lopes e mais de 60 mulheres , perante o Brasil. Vejam como é delicada esta situação constrangedora.
Os amigos do Doutor Roger Abdelmassih, discorreram de uma forma didática, mas senhores a vida nos ensina que a teoria não ameniza a dor de abuso sexual e humilhação , o que doi na alma, mais que no corpo. Uma lesão corporal é , na maioria dos casos curada, mas a que provoca danos na mente é, infinitamente, mais lesiva e às vezes irreversível.
Essas mulheres não estão pedindo compreensão e aceitação dos senhores "amigos do Doutor Roger Abdelmassih", mas Justiça e paz para as suas consciências e punição do Culpado perante o Poder Judiciário e Conselho Regional de Medicina de São Paulo, só isso! Espero que os senhores "amigos do Doutor Roger Abdelmassih", consigam entender e respeitar essas mulheres corajosas que, abusadas, humilhadas , clamam por justiça!
Lucio Ferro disse…
Aos amigos do dr roger: Nunca vi tanta bobagem escrita junto, tentando justificar as barbaridades cometidas pelo psicopata com uma explanação distorcida dos fatos. Todo esse blá-blá-blá não vai mudar o fato que este doente cometeu crimes em série e deve apodrecer na cadeia.
Anônimo disse…
Ao Roberto Santini: seu discurso e até bonito (parece que V. Sra. tem vocação à política), porém inverídico e sem qualquer conteúdo. Tenho pena de pessoas como vc, oportunista e leviano. Que Deus cuide de sua alma!!!
Anônimo disse…
Sr. LUCIO FERRO, como o Sr. tem certeza dos "crimes em série"? Por acaso ajudou a montá-los? Porque por enquanto, não se tem provas, e não se pode falar que o Dr. Roger deve apodrecer na cadeia, pois lembre-se de que ELE AINDA NÃO FOI JULAGADO!
Anônimo disse…
Aos amigos (as) do Dr. Roger:

Seus comentários neste "blog" tentam confundir a opinião de pessoas desinformadas, através de comentários técnicos e, quando não é possível passam a desqualificar as pessoas e os comentários em desfavor deste "pseudo-médico".

Acompanho o entendimento crescente de que seus cumplíces na clínica também devem ser investigados, visto os novos fatos veiculados pela imprensa.

Quanto ao Sr. Roberto Santini, tenho a dizer que, não o conheço, contudo sempre que tive a oportunidade de ler seus comentários, observei que eram pautados pelo "bom senso" e, respeito as vítimas e defensores, apesar de sua posição definida a respeito dos fatos.

Posto isso, fica claramente evidenciado o desespero pelo saldo negativo contabilizado ao Dr. Roger Abdelmassih e seus defensores.

Em fim! Ao tentar atacar verbalmente "terceiros de boa fé", ficou patente a semelhança entre o acusado e seus condicionais defensores.
Anônimo disse…
A defesa do agora acusado Roger Abdelmassih tem o dever de defender o seu cliente com todos os meios admitidos pelo direito, mas seguramente o direito não traz a permissão, para advogados ou pessoas da sociedade, de ferir os sentimentos de dignidade ou decoro pessoal de pessoas que se apresentam como vítimas de comportamento criminosos, sugerindo que elas, em belo dia, tenha acordado pela manhã e decidido acusar um pessoa reconhecida como ilibada, de renome internacional, que tenham mantido com elas uma relação de confiança, de ter praticado comportamentos definidos como criminosos... Não se desconsidere que as acusações partem de várias mulheres que não se conhecem, nunca se viram, e que apresentam versões semelhantes sobre a forma de agir do agressor... Não estamos, certamente, diante de uma articulação entre pessoas que não têm mais o que fazer! O acusado merece o respeito da lei sobre seus direitos, mas as vítimas de delitos sexuais não devem ser tratadas de modo tal que lhe exponham a outros crimes que lhe afetem a honra. Lembremos que não apenas os acusados têm direitos!! MARCIA LEARDINI
Lucio Ferro disse…
Ele não foi julgado, mas são mais de 60 mulheres que denunciaram o sujeito sem se conhecerem, e não podemos ignorar o fato que um juiz do STJ negou habeas corpus, mesmo com todoo histórico de impunidade da justiça brasileira. Vc que defende o crápula é parente ou cúmplice?
Anônimo disse…
Acho que os amigos de Abdelmassih querem dizer o seguinte: não devemos julgar sem uma investigação mais profunda. Vanuzia pode estar enganada, pois estava sedada. Se os médicos que a atenderam têm evidências de que houve estupro, então poderíamos fazer a acusação. A simples contaminação por E. Coli não é suficiente para condenar ninguém.
Anônimo disse…
Sou uma mulher, que me coloco no lugar destas vitimas, ninguem tem interesse de se expor de tamanha forma, para fazer de contar que aconteceu, de ter a impressao que aconteceu... Na verdade acredito que tem mais vitimas, mas elas tem vergonha de se expor... As defensores deste medico eu nao quero que vcs pensem em suas esposas, filhas ou mae, pois qdo vc estiverem sozinhos deitado la na sua cama e nao conseguirem dormi, se coloquem no lugar das mulheres vitimas dele, imaginem vcs anestesiado, feche os olhos agora, e se imaginem lá no lugar delas, sem poder gritar, sem poder chorar, e um homem, te beijando, e te usando...
só quem passa por uma situacao pode julgar o que elas estao acusando...
Se fosse uma só... mas são mais de 60 mulheres corajosa, e as outras que estao na sombra deste terror.
Anônimo disse…
Aos que alegam que a vítima Vanuzia estava sedada e não "teria" como ter certeza do ocorrido, tenho a dizer:
- outras pacientes, sem estarem sedadas, também sofreram abuso deste "médico";
- ele atacava suas vítimas exatamente quando tinha certeza de que não haveria como se provar nada, afinal ele é louco, maníaco, mas não é burro;
- o depoimento de duas ou, vamos assim dizer, cinco pessoas poder-se-ia rebater alegando interesses escusos, mas de 60 mulheres????? acaba sendo engraçado e ridículo!!!!
- ele (o monstro) sempre se sentiu acima de tudo e de todos. Acreditava ser o próprio Deus da medicina e da vida. Rico, poderoso, bem relacionado, vivendo em um país onde a impunidade costuma predominar. Um país onde o vilão, se fizer pose de mocinho, de vítima, se dá bem. Resumindo, ele possui o perfil de uma pessoa que acredita que nunca será pega, e por conta disso cometeu o mesmo crime inúmeras vezes.
- É óbvio que ele não atacou TODAS as pacientes dele, porque, como eu já disse, ele é louco, maníaco, mas não é burro. O que ele mais preza são as aparências, o prestígio. Ele jamais arriscaria atacar todas as milhares de pacientes que já passaram por sua clínica. Mas por isso que está acontecendo agora ele não esperava!
- e finalizando: se essas mulheres soubessem que não eram as únicas, não teriam esperado tanto para denunciá-lo, e certamente teriam gravado alguma de suas investidas. Aí sim vocês, amiguinhos do médico, teriam sua prova material. Quantas vezes vimos aquelas gravações do Fantástico onde a pessoa comete um crime, e depois quando questionada nega até a morte. Meu Deus, como eu iria ficar feliz se uma filmagem com um flagrante viesse a público!!!!!!! Seria um cala-boca maravilhoso aos amiguinhos!!!!!!
Anônimo disse…
Aposto que se fossem homens vítimas de algum médico inescrupuloso as pessoas sentiriam-se condoídas, comovidas, mas como são mulheres, inférteis e em sua maioria acima dos 30 anos, fica a imagem de bruxas recalcadas que não tiveram seu sonho realizado então, decidem se vingar do médico. Se o Ministério Público já indiciou e até agora ninguém aceitou o habeas corpus que o advogado dele pediu, é porque a coisa é séria... Não esqueçam que a maioria dos abusadores ocupam cargos de confiança, pois sabem que as vítimas se sentirão acuadas, com medo de denunciá-los pois ninguém acreditaria nelas. Ele sempre procurou estar rodeado de celebridades, tipo assim, diga-me com quem andas que te direi quem és, ou seja, ele armava tudo para que as vítimas tivessem medo mesmo de cair em descrédito... Sinceramente, para ele ser indiciado sem provas materiais de estupro é que o babado é forte, gente, isso que está saindo na imprensa deve ser só um pedacinho do que está ainda por vir...são meses de investigação que devem ser levados em consideração antes de dizer que isso é um complô da Globo e de sei lá mais quem. Tomando ciência deste caso lembrei de um caso que uma amiga me contou: ela disse que quando era criança costumava prender o xixi no colégio porque não gostava do banheiro de lá, tinha medo. Daí, quando a professora arrumou os alunos em fila ara esperarem os pais no pátio na hora da saída, ela estava muito apertada e pediu se poderia ir no banheiro, a professora falou que não, que agora ela tinha que esperar e bla bla bla, resumo: não deu muita trela. Resultado, minha amiga fez xixi nas calças, ali, no pátio mesmo. Daí o pai dela chegou para buscá-la e a encontrou toda molhada de urina e chorando. Ele não brigou com ela nem nada porque sabia que ela não gostava de ir no banheiro do colégio, mas ficou aborrecido, lógico. Sabem o que a vaca da professora fez... perguntou com a cara mais cínica do mundo por que minha amiga não tinha pedido pra ir ao banheiro, pra fazer média com o pai da garota. Minha amiga falou que não conseguiu falar a verdade, por causa da posição de autordade da professora, e todos da turma dela abixaram os olhos, envergonhados e temerosos de que se falassem alguma coisa, era a palvra deles contra a professora, ninguém iria acreditar neles, afinal minha amiga prendia o xixi mesmo... Pois bem senhores, é mais ou menos assim que vítimas de pessoas "influentes", "bem conceituadas" se sentem: indefesas como uma criança, pois o agressor já montou uma imagem e de certa forma tem uma posição de poder sobre a vítima. Ele tem direito a defesa como qualquer pessoa, mas não sejamos levianos em desacreditar os depoimentos destas mulheres.
Anônimo disse…
VANUSIA

antes de mais nada gostaria de dizer que de todas as vitimas , vc eu achei o mais grave ...Vi vc na tv é é obvio que vc deve ter passado por gravissimas crises emocionais , vc deve ter tomado medicamentos psiquiatricos que causaram em vc graves reações adversas como :

aumento de peso , inchaço , e enfermidades bucais etc etc

Com todo respeito do mundo , eu acho que agora que o CRÁPULA tá preso e vai ser condenado sim !!é hora de vcs VANUSIA voltar a ser feliz

VC precisa dar a volta por cima , fazer uma dieta, se interagir com outras vitimas , fazer tratamento para seu emocional , tentar de alguma forma ser feliz , TENHO CERTEZA que vc éra muito bonita qdo o DR ROGER te atacou , por que ele escolhia as mais bonitas , e o que ele fez com vc , foi um crime ULTRA BARBARO

um médico que seda uma paciente pra abusa-la sexualmente com penetração anal , é um CRIMINOSO DA MAIS ALTA PERICULOSIDADE E PERVERÇÃO !!!!

e tem de permanecer NA CADEIA até MOFAR !!!

Pelo histórico dele , da pra ter certeza absoluta que tudo que a VANUSIA passou é a mais pura verdade....

VC VANUSIA deveria ser indenizada de forma ainda mais expressiva devido a gravidade do seu abuso sofrido !!!

VANUSIA vc é uma guerreira , vc é uma mulher corajosa , vc precisa se levantar e ser a mulher mais feliz do mundo !

EU SOU HOMEM e sofri um ABUSO SEXUAL leve qdo tinha em torno de 5 ou 6 anos de idade..........e hoje com quase 40 anos ? eu ainda carrego as cicatrizes doloras desse abuso.....por isso eu sei o que vc passou ?

VANUSIA eu te parabenizo !!!

e se REALMENTE EXISTE UM DEUS ? ou ALGUMA FORÇA FISICA SUPERIOR eu suplico a ela que ela te de força !!!

qdo for dormir recite essa frase em LATIN :


´´CAUSA CAUSARUM MIRERE MEI ´´

isso vai te dar forças....
Anônimo disse…
Que bonita a mensagem deixada pelo anônimo das 11:59 para a Vanuzia, até chorei! Eu também fui vítima do Roger e queria dizer uma palavra de força para a Vanúzia, mas de dentro de meu egoísmo não conseguiria dizer nada tão acalentador, tão verdadeiro.

Em meio de tanta violência, sofrida por você, anônimo, pela Vanuzia, por mim e por mais tantas mulheres e maridos, é comovente ver que existem pessoas que conseguem dar a volta por cima e ainda tentar ajudar os outros.

Você é uma pessoa boa, anônimo, você me faz acreditar de novo no ser humano em meio a este caos que estamos passando há anos. Não sei o que significa as palavras que ensinou para a Vanuzia, mas vou usá-las na tentativa de prestar mais atenção no amor e nas pessoas que, como você valem a pena.
Anônimo disse…
o desespero e visivel aos defensores do crapula,coitados da ate vontade de rir , melhor ignorar, rs sabe aquilo de desespero final
Anônimo disse…
sabe aquele livro : mentes perigosas diz exatamente isso esses pseudo deuses nao tem omenor escrupulo senso de solidariedade e arrependimento sao extremamente inteligentes , mas totalmente sem qualquer sentimento
Anônimo disse…
Nossa eu como milhares de brasileiros estamos muito tristes com esse acontecimento, chateados abalados e principalmente em ver no caos que o ser humano está, na falta de princípios e respeito ao próximo.
Que por causa de um sonho tão lindo que é ter um filho, passaram por um interno, por traumas que talvez sejam irreversíveis.
Só espero que a nossa justiça não concretize este erro. Elaine C.
Leide Mara e Gil Vicente: se quiserem ter os seus comentários publicados, escrevam sem o uso só de letras maiúsculas. Tal formato, além de dificultar a leitura, é tido pela etiqueta da internet falta de educação. É como se a pessoa estivesse gritando.
Anônimo disse…
meu nome é vanuzia leite lopes, e estou postando neste blog para agradecer os que entenderam minha situaçao e são solidarios com ela.Fui vitima deste "dito" médico quando ainda tinha sonhos ...Creio que ele é um covarde,mais covarde que um estuprador que ataca as mulheres ,que mesmo acoadas podem as vezes emitir ainda um grito.O meu grito foi calado,mudo,porém foi um grito!!!Fui estuprada, violentada no fisico,na alma e na minha dignidade.Assumi publicamente o que este "ser"fez comigo numa tentativa de amparar o depoimento de tantas outras que infelismente não podem se mostrar pois estão tentando proteger a identidade principalmente dos maridos, que pagaram e ficavam numa sala de espera enquanto esta "criatura" abusava da maneira mais nojenta suas mulheres.Sobre tudo que declarei tanto na justiça quanto na imprensa tenho documentos e depoimentos.Portanto ,muito obrigada pelo apoio e voces tenham certeza que este covarde terá o tratamento dado a homens como ele,seja fora ou dentro da prisão.Esperei 15 anos para poder me pronunciar ,pois em 1993 ,ou mesmo ainda hoje a legislaçao não protege este tipo de tratamento,afora o fato de que temos que lidar com pessoas sem etica ou qualquer sentimento pela vida humana.Na clinica desta "pessoa"fui cobaia,sumiram com meus exames,fichas e embrioes,alem dele ter me transmitido uma bacteria que quase me matou.Aos amigos dele digo e repito, o que ele fez é indefensavel e nao ha explicaçao teorica cientifica,pois estou falando de um fato.E contra este fato nao ha explicaçao plausivel tampouco defesa.grata pela atençao,vanuzia leite lopes
Analu disse…
Vanúzia gostaria de falar com você, me adiciona no orkut, em analu e lucas, preciso saber o caminho cero para um a fundo neste processo.

Paulo por favor libera esse post para mim, não sei como fazer.
Anônimo disse…
para analu e lucas,não uso orkut,pore tenho email e msn e se o detentor deste blog concordar,pode e esta autorizado por mim a fornecer a voces meu email , e no que eu puder ajudar, pois entendo um pouco de direito ,de fato estou finalizando o meu curso de bacharel e logo serei advogada também.um abraço vanuzia
Anônimo disse…
Vanúzia,
Vi numa msg que você tem msn e e-mail. Vimos sua reportagem neste final de semana. Se lembra de Sônia, da Bahia??? Ela gostaria muito de falar com você.
É realmente inacreditável q ainda tenham pessoas q saiam em defesa de uma criatura como essa!
Você está de parabéns pela força e coragem!

Abraço,

Lu

Paulo, libera esta msg, por favor!
Anônimo disse…
Gostaria de falar com a Senhora vanuzia. Sou uma das vitimas de Roger.
Como entro em contato.
manuelarabelo@hotmail.com
Anônimo disse…
Vana,
vi vc na reportagem....sei o quanto vc sofreu na época, pois acompanhei vários momentos seus após o ocorrido...sei mais que ninguem que vc se afastou de todos e de tudo pela questaõ da depressão que esse medico monstro te causou.....vc sumiu, mas euzinha ainda sou a mesma Edi de antes.
fica com Deus!
Huberlândia disse…
Sou Huberlândia do Ceará, Vanuzia vi sua história procurando por uma amiga com o seu nome, lamento muito tudo o que tem acontecido e que Deus te dê forças a cada dia.
Você moro no Ceará e minha amiga morou em fortaleza, se é você meu nome vem a sua memória? Me chamo Huberlândia, sou de iguatu e morei em Fortaleza!
Anônimo disse…
MINHA MÃE ( FALECIDA) FOI VITIMA

DO LEITE CONTAMINADO PELA

BACTÉRIA E COLI



ESTE MANIFESTO EM NOME DA MINHA MÃE AINAH HOHENFELD ANGELINI TEM O OBJETIVO DE QUE A JUSTIÇA JAMAIS POSSIBLITE QUALQUER ESPECIE DE MITIGAÇÃO OU SUPRESSÃO DESSE DIREITO GARANTIDO PELO CÓDICO DE DEFESA DO CONSUMDOR. CONSIDERANDO QUE O ESTADO DE DIREITO DEVE PROMOVER O BEM DE TODOS E ZELAR PELOS DIREITOS E GARANTIAS PREVISTOS NO CÓDICO DE DEFESA DO CONSUMIDOR CONSTITUEM O PATRIMÔNIO DA SOCIEDADE BRASILEIRA, CONQUISTADO AO LONGO DOS ANOS E QUE OS ÚLTIMOS AVANÇOS ECONÔMICOS E SOCIAIS NO BRASIL PERMITIRAM A INCLUSÃO DE NOVOS CONSUMIDORES NO MERCADO DE CONSUMO, O QUE REQUER MEDIDAS ADICIONAIS DE PROTEÇÃO, DÉVIDO À SUA VULNERABILIDADE. MEU PROCESSO CONTINUA JUSTIÇA E ESPERO UMA SENTENÇA JUSTA.



ANTONIO PAULO HOHENFELD ANGELINI

IDENT. 01875589-93

ESTUDANTE DE DIREITO

E-MAIL: ahohenfeld@yahoo.com.br

paulohohenfeld@hotmail.com

pauloangelini@hotmail.com
Unknown disse…
oi Bebel...sou eu mesma !!!!que saudades de vc me manda se email.bjs vana
Unknown disse…
oi Bebel...sou eu mesma !!!!que saudades de vc me manda se email.bjs vana