Pular para o conteúdo principal

Ministra do STF nega pedido de habeas corpus a Abdelmassih

ellen-gracie A ministra Ellen Gracie (foto), do STF (Supremo Tribunal Federal), emitiu despacho hoje negando pedido de habeas corpus ao especialista em reprodução humana assistida Roger Abdelmassih que está sendo acusado de estuprar 56 pacientes. A informação é do site do Supremo.

Trata-se do terceiro pedido de liberdade negado ao médico.

Ellen argumentou que o STF só vai poder decidir sobre o habeas corpus depois que o STJ (Superior Tribunal de Justiça) julgar o mérito do pedido apresentado pelos advogados do médico.

No dia 21, o STJ, em decisão provisória, manteve a prisão preventiva do médico decretada pelo juiz Bruno Paes Straforini, da 16ª Vara Criminal Central de São Paulo. O STJ ainda não tem data para julgar o mérito do pedido.

Desde 17 de agosto, o médico está preso em uma cela do 40º Distrito Policial, zona norte de São Paulo. Nas próximas horas ele deverá ser transferido para um presídio do interior paulista.

O MPE (Ministério Público Estadual) de São Paulo abriu um novo inquérito contra o especialista, deste vez para investigar se o médico fazia manipulação genética indevida.

Há indícios de que a clínica do médico tinha um banco clandestino de óvulos e espermas.

Os advogados de Abdelmassih argumentam que a prisão é ilegal, porque o médico é réu primário, tem bons antecedentes e endereço fixo.

Mas para o juiz Straforini, o médico oferece perigo à  sociedade.

> Caso Roger Abdelmassih.

Comentários

  1. Valeu a pena mostrar a cara e depor contra o medico. MULHERES, DENUNCIEM... NÃO TENHAM MEDO!!!! Estah ai uma resposta aos defensores do DR. obrigada, HELENA LEARDINI.

    ResponderExcluir
  2. Fabuloso! Meus aplausos à ministra!

    ResponderExcluir
  3. E agora, vai apelar para quem?
    É a mesma situação em que fiquei quando, sozinha com ele, na clínica, ele me agarrou. Não adiantava gritar, ninguém ia escutar. Apelar para quem?

    ResponderExcluir
  4. Calma, não se esqueçam, ele ainda não foi julgado!!!

    ResponderExcluir
  5. Um recado as pessoas anônimas ou aos amigos do Dr Roger:
    Este espaco que o jornalista Paulo Lopes nos cede serve para comentarios pelo menos DECENTES sobre as vitimas e principalmente àquelas que resolveram mostrar seus rostos- vcs fazem comentarios maldosos e mentirosos. Se a justica não deu o habeas corpus ao medico deve ter realmente motivos pra isso. O Supremo não brinca com assunto serio. Obrigada Paulo Lopes. Helena Leardini

    ResponderExcluir
  6. Uma informacão: dia 25/08 o medico Dr Roger serah transferido para o presidio de Tremenbe, interior de São Paulo para assegurar sua integridade fisica.

    ResponderExcluir
  7. Parabéns!! Ministra.

    Espero que dessa vez tudo seja negado a esse monstro.

    O inferno é pouco. Que morra na cadeia.

    ResponderExcluir
  8. Castração para o maníaco
    Quero me solidarizar com todas as mulheres que venceram o medo e denunciaram os requintes macabros do bizarro Abdelmassih. Entendo os sentimentos, os temores e a impotência vivenciada por todas as vítimas do asqueroso Roger que, coincidentemente, manuseava o mesmo Propofol que era usado pelo falecido Mr. Jackson.
    Esses casos são comuns e muitas mulheres foram e continuarão a ser constrangidas por bandidos do nível desse aborto humano que se classifica como fabricante de bebês, talvez, como podemos perceber pelas dezenas de denúncias, com inspiração nazista.
    Isto ocorre, também, na minha cidade, com população acima de 200 mil habitantes, no interior de Minas, onde existem médicos, que abusam não só de pacientes bem como de acompanhantes dos mesmos quando estão internados.
    Na condição de salvador de vidas, diante da saúde abalada em que se encontram os pacientes, os parentes que os acompanham não podem reagir imediata e furiosamente contra as cantadas, envolvendo pedidos de números para contatos telefônicos e insistentes convites para encontros fora do ambiente da hospitalar.
    Ouvi relatos da minha atual namorada e de outras mulheres que passaram por situações constrangedoras envolvendo médicos; se sentiram acuadas e, ao mesmo tempo, intimidadas para denunciar as investidas não incentivadas.
    Como poderiam reagir, intempestivamente, naquele momento crítico e repelir com veemência o galanteador se o quadro clínico dos pais, irmãos ou filhos exigia a máxima atenção do mesmo profissional inconveniente? Quem acreditaria que elas, por sua vez, não se insinuaram? Sabe-se que, onde não existem Delegacias de Mulheres, as reclamantes passam, quando não podem provar consistentemente a acusação, de vítimas a autoras do crime de assédio sexual.
    A solução, naquele momento, portanto, foi fingir que não estava entendendo as propostas e esperar, ansiosamente, o final do tratamento para sair daquele local o mais rápido possível. Em nenhum momento, nenhuma das mulheres assediadas sequer imaginou em fazer qualquer denúncia. Este tipo de abordagem, na maior parte das vezes, possui como alvo moças bonitas e atraentes que não detenham alto poder aquisitivo. Neste caso as investidas são mais audaciosas do que as praticadas contra pessoas com “poder de fogo” mais qualificado. Torna-se, portanto, muito fácil imaginar o que representa para esses tarados um belo corpo feminino imobilizado pelo efeito de substâncias anestesiantes. O poder atribuído aos “salvadores” que se aproveitam dessa situação, permite transformar qualquer pessoa na presa solitária e fácil no território dominado, exclusivamente, pelos canalhas da medicina que, quase sempre, acobertados pelas suas entidades de classe, cujos objetivos são, na maioria das vezes, recolher os impostos e “fechar os olhos” para os variados delitos dos seus filiados.
    Sabemos de casos em que o “comedor” torna-se alvo de comentários maldosos, porém com uma velada aprovação machista. Algo parecido com o depoimento de uma das vítimas do monstro da reprodução humana que mencionou o fato de, durante o procedimento clínico do seu marido, o bigode sujo ter solicitado ao que o elevador fosse parado dois andares antes do centro cirúrgico e o as ascensorista ter comentado resignado e/ou admirado: “... é, o doutor não tem jeito mesmo...”. Em toda a região onde resido, um antigo e famoso ginecologista é reconhecido como um grande “conquistador”.
    Em outras profissões onde exercem o poder, os homens e, inclusive, as mulheres aproveitam desta prerrogativa e assediam os parceiros desejados fisicamente. Muitos candidatos a empregos conhecem, infelizmente, esta prática abusiva.

    Como não há como esconder uma filmadora por uma paciente nua e desacompanhada em uma clínica médica para provar uma eventual denuncia contra esse comportamento injurioso, penso que a única solução é castrar ou matar estes predadores selvagens que não são intimidados com as raras condenações patrocinadas pela Justiça Brasileira.

    ResponderExcluir
  9. Os amigos do abdelmassih poderiam se juntar aos amigos dos nardoni, do gil rugai, do pimenta neves,...

    ResponderExcluir
  10. Não existe isso de crimes sexuais cometidos em uma clínica de renome nacional e internacional, por 30 anos, e SOMENTE AGORA apareceram ''vítimas'' denunciando??? Quase 60 mulheres sendo molestadas sexualmente pelo mesmo médico, na mesma clínica, JAMAIS ficariam em silêncio por tanto tempo. Isso não faz o menor sentido... E pq continuaram os tratamentos se estavam sendo molestadas??? Não se trata de mulheres pobres e ignorantes de periferia, mas de mulheres esclarecidas e c/ poder financeiro. Pq SÓ AGORA denunciaram???? Olha que isso tá cheirando a golpe e dos grandes...

    ResponderExcluir
  11. Que bons antecedentes são esses??? Se desde a época de 70 ele vem abusando das mulheres...
    Eu ainda acredito na justiça, agora ele vai virar celebridade na cadeia.
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  12. Fico satisfeita que a justica dos homens esta sendo feita pq a de Deus eu realmente sabia que seria feita (durante 5 tentativas ouvi muitas besteiras e tive muita culpa e vergonha)e ainda hoje sou obrigada a conviver com a imagem dele.
    Fico felliz de saber que nao sou a unica. Estou mais em paz.

    ResponderExcluir
  13. Agora vc impôs a sensura aqui em seu blog, bem como nos tempos da ditadura....parabéns!!!!

    ResponderExcluir
  14. MARIA INES disse...25 de agosto de 2009 11:06

    Nos mulheres devemos ir a partir de agora as clinicas para consulta com camera espiã e minigravador para provar quantos medicos como esse existem por ai. Somente assim os homens vão acreditar em nós.

    ResponderExcluir
  15. PESSOAL

    OS AMIGOS DE ABDELMASSIH sao os mesmos que postam no orkut na comunidade :

    EU ODEIO ROGER ABDELMASSIH que pelo que imagino tem uma neta dele ainda criança postando la pra defende-lo


    UMA NOTICIA TRISTE

    AO QUE PARECE O DR está devendo até as cuecas , em dividas , e o patrimonio dele ja esta bastante comprometido com as dividas , que devem chegar a 5 milhoes de reais....


    PARABENS PELA CORAGEM DA VANUSIA

    de ter se exposto na TV e contado aquela história brutal de abuso ...

    VANUSIA vc é uma mulher de muito valor !!

    vc merece todo o respeito e felicidade do mundo !!!

    ResponderExcluir
  16. Gostaria de deixar minha felicidade registrada, pois a Ministra manteve o posicionamento dos Srs. Juízes.
    Outra situação que foi comentada é que o Sr. Médico foi transferido para Tremembé para garantir sua " integridade". Sim a integridade dele será preservada aqui fora mas lá dentro ele conhecerá o verdadeiro INFERNO.
    Os acusados de crimes como o desse Sr. Médico é totalmente mal visto dentro das cadeias e penitenciárias.
    Ele terá que se cuidar muito lá dentro, dormir com um olho aberto e vai virar empregada dos outros.
    É uma realidade e não tem como ele escapar.
    A justiça realmente está sendo feita, aos poucos e que dure 40 anos

    ResponderExcluir
  17. Lucio Ferro, não queira tumultuar. Esses criminosos não têm nada a ver com o DR. ROGER. Eles tiraram as vidas de pessoas, e o DR. ROGER VIABILIZOU MUITAS VIDAS, NÃO SE ESQUEÇA DISSO. Somos sim "os amigos do abdelmassih", como você disse, e além disso ACREDITAMOS NELE, e também que há uma rede organizada contra ele.
    Os poderiam se juntar aos amigos dos nardoni, do gil rugai, do pimenta neves,...

    ResponderExcluir
  18. Ao anônimo das 14:05
    Meu caro, Viabilizar vidas da maneira que eu as fez, utilizando a fragilidade e o fator financeiro das pacientes. Repare que os casos sempre aconteceram após tudo acertado, tudo pago.
    Desculpe, mas não aceito suas palavras. Você pode até acreditar neste homem por algum motivo, não sei e acredito que todos aqui também não saibam. Talvez tenha algum vínculo com a tal pessoa e por este motivo o defende.
    Vou te perguntar uma coisa:
    Se a situação ocorresse com você, se a sua esposa passasse por este constrangimento, ou se seu marido fosse um dos que estavam preenchendo cheques enquanto sua mulher estava vulnerável aos ataques .
    O QUE VOCÊ FARIA ? O QUE VOCÊ DIRIA ?
    Digo isso com propriedade do fato, pois eu e minha esposa passamos por isso.
    É a mais pura verdade tudo que está sendo divulgado.
    Me desculpe, mas não há como aceitar a sua defesa.
    Pelo amor de DEUS este homemé um maníaco e tem que ser punido pelos atos.

    ResponderExcluir
  19. Aos amigos do Roger de bom coração,
    Acredito na sua boa fé, portanto afirmo que, para que evitem cometer erros e sofrer decepções, não acreditem piamente no que ele diz. Eu fui vítima dele, e posso afirmar que ele cometeu os crimes de que está sendo acusado. Não se iludam, não há nenhuma rede organizada contra ele. O que há é o resultado acumulado de uma vida de crimes que ele mesmo cometeu, em momentos em que vocês não estavam presentes. Vocês não têm culpa, vocês também foram vítimas de uma encenação. Eu o denunciei sem conhecer nenhuma das outras denunciantes e confesso que, agora (muito depois da minha denúncia formalizada) assistindo ao depoimento de algumas pela televisão, me admira saber que não sou eu que estou lá falando, tamanha a semelhança dos fatos relatados por elas com os acontecidos comigo. As palavras usadas por ele são as mesmas, a forma de ataque é a mesma, a reação e sensação de impotência delas é a mesma. Acredito que seja impossível aos promotores, juizes desembargadores, ministros, delegados não notarem isso.

    ResponderExcluir
  20. -Os amigos do Dr. Roger acreditam nele porque nao tiveram as suas mulheres ou filhas estupradas por ele...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Romualdo Panceiro cria a Igreja das Nações para concorrer com a Universal

Maitê recupera pensão de solteira apesar de união com empresário

Pastor diz que máscara é ‘frescurite’; fiel idosa e marido morrem de Covid-19







EDITOR DESTE SITE
Paulo Lopes é jornalista.Trabalhou
no jornal abolicionista Diario Popular,
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e outras publicações.

Contato