STJ mantém o indiciamento de médico acusado de crime sexual

O STJ (Superior Tribunal de Justiça) indeferiu ontem o pedido dos advogados do médico Roger Abdelmassih para a anulação do seu indiciamento. A informação é da Agência Estado.

O especialista em FIV (fertilização in vitro) foi indiciado na terça (23) pela Polícia Civil de São Paulo sob a acusação de estupro e atentado violento a pudor. Antes, por orientação de seus advogados, Abdelmassih se manteve em silêncio durante o que deveria ter sido o seu depoimento à polícia.

Adriano-Salles-Vanni Um dia depois, o advogado Adriano Salles Vanni (foto) encaminhou ao STJ solicitação para que o indiciamento fosse cancelado com o argumento de que a polícia apresentou na última hora, quando o médico compareceu à delegacia, o nome de mais quatro supostas vítimas, sem revelar o teor das acusações. Não houve portanto, segundo ele, a preservação do direito constitucional da ampla defesa.

Mas a polícia e o Ministério Público negam que a defesa esteja sendo prejudicada. O que agora passa a ser também o entendimento do STJ.

Mais de 60 ex-pacientes acusam o médico de assédio sexual. “Com o indiciamento, passei a acreditar que a Justiça será feita”, disse uma delas. “Que este médico nunca mais volte a clinicar.” Ela pediu que o seu nome não fosse divulgado.

A empresária Ivanilde Vieira Serebrenic, uma das ex-pacientes que se expuseram na imprensa para acusar o médico de modo a encorajar outras mulheres a denunciar o abuso, disse que de início temia que tudo pudesse acabar em pizza. Mas agora ela está otimista. “A Justiça começa a ser feita”, falou ao jornal Cruzeiro do Sul, de Sorocaba (SP).

Outra ex-paciente lamenta a morosidade do CRM (Conselho Regional de Medicina) na apuração do caso.

Para ela, considerando a gravidade e a quantidade das denúncias, a entidade já deveria ter afastado Abdelmassih do exercício da medicina, ainda que em caráter provisório.

“Eu acho que o conselho só vai tomar uma providência depois da condenação do médico. Se for isso, para que serve o conselho? Só para referendar uma decisão judicial? Isso é não servir para nada”, disse.

> Caso Roger Abdelmassih.

Comentários

Anônimo disse…
Finalmente! Começamos a acreditar que a justiça tarda mas não falha. Todas as mulheres deveriam celebrar tal vitória. Parabéns a todas as batalhadoras que caminharam até aqui. Falta pouco. Estamos chegando lá!
Paula disse…
Que notícia maravilhosa! É uma pena que grande parte das pessoas não esteja conseguindo entrar nesse blog para ler. Vai saber quanto isso será noticiado por aí. Paulo, você não imagina a alegria em finalmente ler estas boas notícias em seu blog. Você tem nos ajudado muito, esse tempo todo. O pior dessa estória toda é não ter como se pronunciar, como pôr a boca no mundo ou se juntar com outras vítimas. Seu papel neste sentido tem sido enorme!
Roberto disse…
Sou amigo de uma vítima e tenho imenso ódio desse médico (se é que podemos chamar esse homem de médico). Parabens para as vitimas que tiveram coragem e ajudaram para que essa penalização ocorresse.
Anônimo disse…
É isso aí! Que notícia prazerosa! Enfim!

A prestação de contas, começa agora!

E vamos em frente!
Anônimo disse…
Finalmente as coisas contra o médico estão caminhando. A justiça será feita. É tudo o que queremos.

Será feita apesar do CRM, esse antro de omissos, e apesar de muitos médicos que sempre souberam das práticas do Roger e não tiveram nunca a coragem de denunciá-lo. Apesar de todos eles, está visto que a justiça sera feita.

Parabéns às mulheres que com coragem estão conseguindo dar um basta a esse louco. Parabéns à Polícia Civil e Ministério Público.
Anônimo disse…
Voto de qualidade para à Policia Civil e Ministério Público.

Voto vencido para o CREMESP.

Não é por menos que o CRM não tem nenhuma credibilidade!
Anônimo disse…
O Ministério Público foi excepcional neste caso. Passou uma credibilidade enorme, que realmente faz a gente acreditar que há luz no fundo do túnel. Quanto ao CRM, melhor esquecer. Pessoalmente, nunca acreditei, confiei ou depositei alguma esperança positiva neles.
Anônimo disse…
É verdade.

Há pouco tempo, um primo meu, que é advogado, falou que o Ministério Público é das poucas coisas da Justiça que ainda funcionam no Brasil.

Foi isso que me incentivou a ir lá fazer a denúncia, quando vi que eles poderiam "pegar" o caso.

Mas, neste caso, também tive muito boa impressão da Delegacia da Mulher.

Quanto ao CRM, achei que nem deveria "perder meu tempo".
Anônimo disse…
Estou muito feliz, mas sei que essa é apenas uma batalha de uma grande guerra que ainda vamos enfrentar. Vamos continuar lutando e acreditando!!! Obrigado Paulo pelo espaço que vem nos concedendo. Ass. Vítima
Anônimo disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse…
Interessante este comentário do anônimo das 8:18. Com certeza ele deve ser funcionário para poder ter estas informações. Acho inaceitável caso seja realmente funcionário, criticar e continuar sobrevivendo graças à esta pessoa e ainda mais por envolver nomes de terceiros que nada têm a ver com o caso.
Vítima disse…
Pois eu apoio o anônimo das 08:18. Qualquer informação é válida e útil nesse momento.
Anônimo disse…
Deixa ele viajar enquanto está livre....
Anônimo disse…
Sobre o comentário do anônimo(a) das 08:18h:

Acaso verídico o comentário, pode-se presumir a "qualidade moral de uma mulher que se sujeita a companhia de um tarado".

Não há outra resposta, "puro jogo de interesses".

Muita água vai passar por debaixo da ponte ainda!

Aproveite, enquanto pode!
Para preservar a credibilidade deste blog, deletei o comentário do anônimo das 08:18 porque ele cita o nome de uma pessoa de maneira leviana.

Tenho feito o mesmo com outro anônimo que às vezes faz acusações a uma ex-paciente do médico citando o nome dela.

Quem tiver informação nova e relevante, que a divulgue de maneira responsável: citando o seu nome e suas fontes.

Este blog está atento de modo que não seja usado para achincalhar a reputação de ninguém.
Anônimo disse…
Alguém pode me dizer sobre o que se trata o comentário das 8:18, evidentemente sem citar os nomes?
Anônimo disse…
O comentário das 8:18 dizia que o dr. roger estava viajando com sua namorada no seu jatinho particular.
Anônimo disse…
Quem será sua namorada? Alguém sabe? Para onde estavam indo?
Anônimo disse…
A namorada é a tal loira alta que estava no carnaval juntos no hotel, estavam viajando para toda europa, não entendo como ela tem tantas féria assim.
Anônimo disse…
O crapula é bem esperto, pegou logo esta loira que tem um cargo bom, quem sabe pode tirar algum proveito.
Anônimo disse…
Gente, com quem o dr. Monstro esteja ou não saindo é irrelevante. Até prova ao contrário, não há nada de ilegal nisso. Peço a vocês que não transformassem este espaço em local de fofocas. Aqui tem sido feitas denúncias graves e sérias, e a credibilidade delas depende do que se comenta aqui. Não vamos abaixar o nível porque, com isso, nós é que saímos prejudicadas. Pensem nisso.
Anônimo disse…
Estava viajando para toda Europa, ela é a tal loira alta que estava no carnaval juntos no hotel, ela tem um bom cargo, o crapula é bem esperto.
Anônimo disse…
Como é que vcs sabem que a tal loira tem um bom cargo? Porque ela se sujeitaria a ser vista com alguém com uma reputação tão abalada quanto a dele? Provavelmente está sendo bem paga!!!!
Anônimo disse…
Vamos deixar a fofoca de lado e nos concentrar nos fatos e novidades sobre a investigação do caso. Não nos importa com quem ele sai, até porque ela continuará tendo o direito de visitá-lo, mas se tudo der certo, será prisão.

Enfim, precisamos descobrir porque mesmo após seis meses do meu e de outros depoimentos no CRM até agora não houve sequer o julgamento ou qualquer outra forma de comunicação. Alguém sabe informar como está o julgamento no CRM? Me falaram que eu seria convocada para o dia do julgamento, mas até agora nada... Recentemente uma testemunha recebeu um telegrama do CRM para enviar a cópia do seu depoimento novamente, alguém sabe porque?
Anônimo disse…
Pelo que me consta o CRM não moveu uma palha até agora e pelo que ouvi dizer, não moverá. Eles que provem o contrário, pois é essa a opinião geral sobre o coorporativismo deles. Lamentável.

O MP sim, se mexeu. A Delegacia da Mulher, também. O processo já deve estar nas mãos do MP novamente, para que seja encaminhado à Juíza, para ter início uma investigação formal. É isso que as vítimas e seus familiares, pessoas de bem, esperam, pois acreditam na justiça.

Lentamente, estamos caminhando.
Anônimo disse…
Ontem eu jantei com uma prima do meu marido e uma cunhada (as duas não sabem que fui vítima do médico e nem que fiz tratamento lá).

Lá pelas tantas, sem minha interferência, saiu o assunto sobre os abusos e indiciamento do roger.
Uma delas, além de vizinha dele, é frequentadora assídua da Igreja Nossa Senhora do Brasil, na qual o roger encena seu papel de santo.

Ela comentou que as pessoas da igreja inicialmente acreditavam que ele era inocente e que tudo não passava de um complô para denegrir sua imagem.

Disse que tinham pena dele, um homem que fez de tudo para poder enterar as cinzas da querida esposa na igreja (remorso, talvez?).

Mas que, pouco a pouco, foram se convencendo da veracidade das denúncias e da grande farsa da qual também foram vítimas.

A exibição da nova namorada (que ele usa para mostrar que não está nem aí, que está "rindo à tôa"), foi uma das coisas que levou-os a repensar seus conceitos.

Disse que, atualmente, comenta-se à boca pequena sobre a troca de material genético na clínica.

A outra parente encerrou o assunto dizendo: "é, esse médico foi mesmo uma decepção, uma pena!".

Eu não abri minha boca, mas tive uma amostra bastante real do que a população está pensando do caso.
Anônimo disse…
O relato da anônima das 21:28, coincide com a minha percepção. Pelo meu trabalho, tenho contato com profissionais das mais diversas áreas e posições sociais. Os comentários são unânimes sobre sua culpabilidade. Ninguém duvida.

Dois destaques sempre sugem nas conversas: o artigo que o médico escreveu (ou escreveram pra ele) na Folha, pegou muito, muito mal... Aquela "conversa" com o cadeirante, é motivo de gozação, dada a conhecidíssima arrogância e prepotência do médico.

E as aparições com loiras em hotéis de luxo, somado ao seu total e inexplicável silêncio ao comparecer na delegacia da mulher, quando ele tinha total liberdade de se defender e não o fez, foram pá de cal definitiva.

Mesmo que o processo judicial formal demore, a justiça da vida real já marcou seu ponto. Muitas mulheres se livraram desse tipo de crime nojento, pela coragem e postura das 70 denunciantes.
Anônimo disse…
O tarado ainda não voltou do exterior, esta junto da namorada Procuradora da Republica, ´fico pensando será que está junto para ela ajuda-lo? Será que ela não tem medo de perder o cargo...pra ficar junto de um individuo = a este deve ser igual.
Anônimo disse…
Independente das punições que ainda virão, ele já está pagando uma conta bem alta, a começar pelos advogados milhonários que contratou (e que por enquanto não conseguiram nada além de ganhar tempo). Depois, em função da queda enorme de movimento que teve a sua clínica (sei disso de informações muito claras, mas basta passar lá na frente e ver como diminuiu drasticamente o movimento de carros no estacionamento). Para finalizar, a imagem de MONSTRO que finalmente tranpassou para o mundo todo, nunca será apagada. Em qualquer porta que entre ou que bata, será olhado com raiva, com nojo, ou no mínimo - pelos olhos mais inocentes - com muita dúvida e pesar.

Existe conta maior do que essa ??? É por isso que se diz que a união faz a força. Uma de nós, não conseguiria nada sozinha. Juntas, no entanto, estamos chegando lá.
Anônimo disse…
Whish he drops dead!!! It's for the best......
Anônimo disse…
O que esse homem fez comigo é pior do que tudo que já li aqui, preciso de pessoas que tenham sofrido erro médico naquela clínica maldita, fui vítima de todos aqueles médicos: Dr. Roger, Dr. Paulo, Dr. Vicente, Dr. Pedro, Dr. Lin, enfim de todos, acabaram com minha vida e da minha família preciso ficar no anonimato, por enquanto, mas preciso de informação sobre erro médico. Help me.
Anônimo disse…
Meu Deus , fiquei chocada com tudo isso.
Queria ficar grávida mais uma vez e então me indicaram ele , Graças a Deus que nunca fui, tomara que ele fique preso..muito tempo..se isso não acontecer valeu a pena só em saber que todos os artistas vão ficar de queixos caidos , quando pensarem que um dia suas mulheres ter passado nas mãos dele