Médico acusado de abuso contrata advogado que defendeu Dirceu

Abdelmassih_Lima_Vanni2

Acusado de abuso sexual por mais de 60 ex-pacientes, o especialista em fertilização in vitro Roger Abdelmassih, 65, contratou mais um advogado, o terceiro. Trata-se do criminalista José Luis Oliveira Lima, 44. A informação é da jornalista da Folha de S.Paulo Mônica Bergamo.

Os outros dois criminalistas são Jaqueline Furrier e Adriano Salles Vanni, que tem sido até agora quem fala com os jornalistas sobre o caso.

O inquérito policial, a cargo da 1ª Delegacia da Mulher da cidade de São Paulo, deverá ser encerrado ao final deste mês; e Abdelmassih ainda não apresentou sua defesa.

Pela imprensa, o médico tem se defendido com argumentos que vão desde a suposta inveja de especialistas concorrentes a prováveis alucinações sexuais de pacientes por causa da anestesia. Não ficou ainda evidente em qual ponto a defesa do médico vai se concentrar.

A mais recente manifestação púbica de Abdelmassih foi em um artigo publicado na página de debates da Folha, onde reiterou ser inocente e que a campanha difamatória contra ele “vai passar”.

Lima foi casado com a jornalista Mônica Dallari, com quem teve quatro filhos. Ele foi apontado pela Época como um dos profissionais mais competentes do país na área criminal. Um dos seus clientes atuais é o ex-banqueiro Salvatore Cacciola, que cumpre pena de 13 anos de prisão por ter se envolvido no governo FHC em escândalo financeiro que lesou o Banco Central em R$ 1,5 bilhão.

O criminalista foi advogado de José Dirceu no processo político em que o então deputado e já ex-ministro da Casa Civil figurava como chefe do mensalão. Dirceu foi cassado, mas Lima (ou Juca para os amigos) foi elogiado por petistas e advogados. Na época, disse que, como profissional, aprendeu muito com o advogado e ex-ministro da Justiça José Carlos Dias, seu tio. “Ele é meu segundo pai.”

Uma das críticas que os adversários políticos de Dirceu fizeram a Lima foi de que ele abusou de medidas protelatórias para prejudicar o andamento do processo. Chegou a ser chamado de “chicaneiro”.

Lima se defendeu com a afirmação de que o advogado tem de recorrer a todas ‘armas regulamentares’ para garantir a ampla defesa do cliente.

Em longa entrevista ao site Consultor Jurídico, Lima disse, em 2005, que o advogado criminal muitas vezes é incompreendido por defender pessoas acusadas de crime. “Ele [o criminalista] é mais generoso, julga menos, entende mais as razões das pessoas.”

Ele acha que, no Brasil, há exagero na decretação de prisão preventiva. Para Lima, só deve ser preso antes de julgamento os suspeitos de envolvimento com o tráfico pesado de entorpecente, em fraudes de empresa, latrocínio e estupro.

> Caso Roger Abdelmassih.

Comentários

Anônimo disse…
É.... o bicho tá ficando apavorado!
Andréa disse…
Vamos ver o que vão inventar dessa vez. Eta povo criativo!! Já foram 8 argumentos, vou sugerir fazer um bolão aqui no Blog, para apostar na próxima argumentação.

A verdade é que por melhores que sejam os Advogados, Dr Roger está jogando seu dinheirinho sagrado no lixo. Está mais do que clara a sua culpabilidade, por mais mirabolantes que possam ser os argumentos da defesa. Devia poupar um pouco para a próxima etapa (quando divulgem que ele realmente é culpado), pois aí sim, precisará de muito dinheiro.
Anônimo disse…
Realmente o homem tá desesperado, chutando para tudo que e lado. Nao é para menos. Mais do que merecido.
Anônimo disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Lembro que comentários com ofensas não serão publicados e que quem condena é só a Justiça.
Anônimo disse…
Do jeito que as coisas andam para o lado do
maníaco, terá que contratar muitos mais ADVOGADOS ESTRELAS, assessores de imprensa, comentaristas para os blogs, ...

Estes advogados ganham muito dedicando-se em especial na defesa de algum cliente. Atendem a imprensa quando solicitados, criam linha de defesa, falam nos autos (processo), protelam para que o processo se arraste, tudo que os outros dois advogados fariam.

CONTUDO a instrução da denúncia, oitiva das testemunhas, provas documentais e testemunhais, entre outros, ajudam a alimentar(instruir)o processo. E é este processo formal, é o que vale em juizo.

DE FORMA QUE, estrela ou não, os autos(processo) fala por si.

A linha de defesa é o que realmente importa, desde que encontre amparo, ninguém em juízo(Justiça) irá facilitar as coisas para defesa, estrela ou Juridicês.

Não se impressionem, afinal o dinheiro pode comprar os melhores advogados(nem seria diferente), isto não quer dizer que os melhores advogados tenham os melhores meios, pois os meios são os mesmos.

O exercício da advocacia é feita de meios e não de resultados.

Os delegados e promotores encarregados do caso estão "instruindo adequadamente a denúncia" antes de apresenta-la a justiça, e é isso que importa, mesmo que a imprensa não divulque como deveria. Qualidade na denúncia. Tenham paciência!

Pelé, o maior jogador de futebol do mundo, perdeu muitas partidas, apesar de dominar a bola, não se pode dominar o contexto. Mas só se divulgavam os gols.

Vítimas, não se preocupem com o curriculum do advogado, pois tudo acaba sendo um grande "TEATRO DE INTIMIDAÇÃO", CONFIEM SIM, NO CONHECIMENTO INTELECTUAL DOS DELEGADOS E PROMOTORES"

A situação do médico continua exatamente a mesma, a diferença é que esta gastando muito mais.

E olha que nem começou!
Anônimo disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse…
Contrata também o José Carlos Dias, o pai do Lima. Prum cliente terminal, nada como uma junta de advogados. Afinal, eles topam tudo por dinheiro.

Não vai adiantar!
Anônimo disse…
Uéééé... Cadê o grande criminalista Antonio Mariz de Oliveira, que acompanhou o médico na entrevista do Estadão, caiu fora?
Anônimo disse…
Sou marido de uma das vítimas.

Minha mulher acordou do pós cirurgico com o Roger Abdelmassih em pleno abuso sexual. Ele sabe bem disso. Sabe como ninguém. Conhece todos os detalhes. O que sofremos depois disso é indescritível.

Prestamos depoimento no Ministério Público e na Delegacia da Mulher. Contamos tudo o que aconteceu, com todos os detalhes. Não conhecemos as outras vítimas, não tivemos contato com elas e não temos idéia dos seus relatos. Mas nossa história está nítida na nossa vida. Como se fosse hoje.

Para mim, pouco importa a linha de defesa, se serão 3 ou 100 advogados de defesa. Tudo que queremos é enfrentá-lo cara a cara na justiça. Queremos olhar nos seus olhos e repetir tudo o que ele sabe que fez e nega. Lá ele vai nos enfrentar. Vai ter que aparecer. Tudo que queremos é que a justiça brasileira julgue esse médico.

Temos o absoluto respeito pelas mulheres que o denunciam. Nós vivemos isso na pele. Sabemos o que esta monstruosidade significou para nós. Para elas, o nosso respeito e solidariedade.

Tudo o que queremos é o direito universal de ver um crime ser investigado e punido. Estamos esperando a nossa vez. Temos orgulho, eu e minha mulher, de cumprir esse papel, esse direito, esse dever, de colocar um criminoso no lugar merecido. Que isso não demore. Estamos prontos.
Roberto Santini disse…
Li que já são 70, as mulheres que denunciaram os abusos desse Médico. Quantas mais serão , Meu Deus? Este Caso já virou insanidade! Como um homem abusa de tantas mulheres, sem ninguém saber? As mulheres sofrendo solitariamente, duarante anos, o que está acontecendo ? Será que todos enlouqueceram? Pelo amor de Deus , fechem esta Clínica, o Conselho Regional de Medicina de São Paulo não vai fazer nada? O Conselho de ética Médica é só um detalhe? Cada vez mais aparecem relatos "escabrosos". Infelizmente, retornamos ao homem de Neanderthal, o brutamontes das Cavernas que se comunicava por urros e grunhidos. Esse caso, decididamente, é uma vergonha para a Classe Médica e para a Sociedade Brasileira.
Adriana disse…
Para mim, que sou vítima do monstro, é uma verdadeira delícia, ler depoimento como os do anônimo das 21:12, do anônimo das 22:41 - marido de uma vítima e do Paulo Santini. É um verdadeiro deleite não ter que ficar se provando, depois de tanto sofrimento. Quando leio depoimentos que defendem o monstro, fico muito entristecida e me pergunto o que os faz duvidar de 70 depoimentos. Não consigo encontrar resposta. É possível e provável que estes comentários realmente venham da própria clínica. Vou tentar ignorá-los e ler e reler os depoimentos de quem nos apoia, acredita na gente e se solidariza com essa situação tão complexa que estamos vivendo.
Anônimo disse…
Como alguem pode alegar que 60 vitimas...QUE NÃO SE CONHECEM, tiveram as mesmas alucinações?!?!?!?!?
E engraçado que só as mulheres que tratam na clinica dele tem alucinações? pois até agora somente ele ta sendo acusado,...ou,ainda, alegar que 60 mulheres ao mesmo tempo resolveram "difamar a clinica dele" como ele diz....
Ele devia arrumar uma defesa melhor, porque essa não cola.....dessas 60 mulheres, podem ter certeza, a maioria nem moram na mesma cidade.
Anônimo disse…
QUE A JUSTIÇA DE DEUS SE FAÇA SUPERIOR E ILUMINE A MENTE E DECISÃO NO JULGAMENTO DO DR ROGER. A MEDICINA É PARA AJUDAR A MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA DOS PACIENTES, E NÃO CAUSAR DANOS TÃO GRAVES NA SAÚDE PSÍQUICA DE PACIENTES JÁ TÃO MACHUCADAS PELA DIFICULDADE DE GERAR UM FILHO.
Anônimo disse…
Recebi um telefonema de meu irmao q mora em S.P perguntando-me se eu havia lido as noticias a respeito do Dr.Roger. Eu,moro nos EUA a 7 anos e estive no Brasil para IVF em 2005. Minha resposta a ele: O que? Morreu aquele maniaco?Assassinado? Meu irmao ficou mudo pq nunca soube o q aconteceu comigo. Paguei por 2 tentativas,passei pelo primeiro procedimento, falhou e nunca mais voltei. Em umas das muitas visitas q fiz a clinica, para colheita de sangue, ultrason e acompanhamento dos exames foi beijada de uma forma q nao pude repudiar pq ficou como se fosse um acidente. Sei q virei o rosto o mais q pude e mesmo assim pegou na metade da minha boca. Sai da sala de e comentei com minha mae. Mae: acho q esse velho tentou me beijar...Vc acredita q isso eh possivel? Leitores, fiquei mesmmo na duvida, juro. Cheguei a comentar com meu marido q tb acho q poderia ser um acidente. Meu marido eh americano e advogado. Eu, pedi a Deus para ser um mal entendido pq insisti em fazer esse procedimento no Brasil. Fiquei em um hotel gastando uma fortuna por 30 dias, meu marido deixou o escritorio dele por 12 dias. Minha mae viajou para ficar comigo, etc... Como eu estava muito sensivel por conta dos hormonios achei q era coisa da minha cabeca mas, fiquei alerta e disposta a esbofeta-lo se acontecesse novamente.
Muitas coisas estranhas acontecem la. O q uma pessoa aqui relatou a respeito das conferencias eh verdadeiro. Ele exige q as pacientes nao conversem entre si e afirma q cada caso eh conversas so atrapalham o tratamento. Agora entendi tudo. Outra coisa q me deixou apavorada foi o fato q ele pessoalmente me sugeriu q se a primeira tentativa nao funcionasse q eu permitisse q ele usasse o material de outro ovulo e a implantasse no meu para dar um "refresh" no meu ovulo. Aquilo me pareceu mais a conversa do Medico e do monstro. Fiquei muito preocupada e nervosa todo tempo. Lembro q ele falou q faria pessoalmente a extracao dos meus ovulos. Mas, foi o filho dele quem realizou. Para meu alivio. Acho q ele nao estava na clinica no dia. ESPERO. Lembro bem de uma dr.Regina q trabalha la e q no dia do "tal" beijo logo entrou no consultorio e me olhou com uma cara de quem sabia o q havia acontecida...mais uma vez achei q era minha cabeca tomada por hormonios...Oh, meu Deus. Tomei conhecimento dessas noticias hoje, falei com meu marido e ele disse...He is sick. Bem, a unica coisa q agradeco a Deus e que nao fiquei gravida la e sim naturalmente... coisa q tb nao entendi pq ele afirmou q isso nunca aconteceria. Qual o site para me comunicar com as outras pacientes? Nao quero indenizacao. Mas, se for preciso ir depor para dar meu suporte a outros casos,irei. Estou chocada. Quem nao acredita nos fatos, por favor fique calado...Agora estou achando q ele estava la o tempo todo...os funcionarios dessa clinica deveriam depor...procurem funcionarios q foram demitidos.
Desculpem se escrevi muito... estou confusa
Anônimo disse…
Anônimo das 22:27,
Também sou uma das vítimas, no meu caso ele chegou a molestar meu corpo quando eu estava sedada. Fez coisas horrorosas das quais não gosto de lembrar. Ainda sofro muito por isso. Estamos, eu e outras vítimas tentando fazer a nossa parte e denunciar os abusos. Certamente seu depoimento será muito importante para a JUSTIÇA. Temos o dever de impedir que isso ocorra com outras mulheres. Por favor, procure o CRM de São Paulo e a 1º Delegacia de Mulher de São Paulo. Veja no site os telefones, tenho certeza que você poderá colaborar ainda que seja por telefone. A nossa consiciência perante DEUS fica mais tranquila quando conseguimos fazer a nossa parte. NÃO DEIXE DE FAZER A SUA PARTE!
Ah! Obrigado pelas manifestações de força e coragem dos outros anônimos, não vamos desistir, pois mesmo com bons advogados ainda confio na justiça dos homens. Vou até o fim!!!!
Anônimo disse…
Bons advogados?????? Só pode ser brincadeira. Esses caras são comprados na esquina. Leva quem paga mais. Eles não tem compromisso com ninguém, com valores nenhum, só com a grana que ganham desses delinquentes. Eles vivem num balcão de ofertas. São, em valores e crenças, como lhes convém o proximo cliente, desde que depositem no banco as somas astronômicas para suas defesas. Se vc tiver dinheiro, meu caro, pode comprar um advogado, desse tipo que defende o Roger, pra justificar assassínios, roubos, violações, estupros, banditismos, delitos a granel. Eles estão na esquina, esperando que o carro pare pra combinar o preço do programa. A lei para eles é um mosaico cínico de oportunidades pra proteger bandidos, pra criar embaraços no direito de justiça de cidadãos ofendidos e vilipendiados. Eles vivem disso: quanto mais bandidos uma sociedade gerar, mais dinheiro no bolso!!! Que eles defendam, já que estão acostumandos, um criminoso a mais. Mas esse.... esse vai ser ligeiramente mais difícil...
Quem viver verá.

ps. Desse Lima nunca ouvi falar. Ele tem cara de lagarto mal humorado.
Lembro o anônimo das 17:20 que, quaisquer que sejam as acusações, todos têm o direto à ampla defesa, assim como as supostas vítimas devem ter o amparo da polícia, Ministério Público e da Justiça. Os advogados fazem parte desse processo civilizatório. Não se pode, portanto, desqualificá-los.
Anônimo disse…
Obrigado pela lembraça Paulo Roberto Lopes.

Eu conheço e respeito o direito à ampla defesa e não é de hoje. Mas como um cidadão livre e com plenos direitos de expressar minha opinião, devo lembrá-lo que você deveria ter adotado o mesmo critério quanto às vítimas, que aqui foram ultrajadas e ofendidas sem qualquer obstáculo ou reprimenda. Tentaram desqualificá-las de todas as maneiras. Basta ler mensagens anteriores.
Se as pessoas tiveram essa liberdade questionável, não vejo nenhuma razão para desmerecer minha opinião sobre os advogados das esquinas ricas. Afinal essa crítica legítima, também faz parte do processo civilizatório. A única diferença e que eu não frequento leilões pra me vender à criminosos.

E teria nojo, vergonha, de defender um sujeiro que ataca mulheres dopadas pelo anestésico.

Mas não vamos desviar do que interessa sobre o caso Roger Abdelmassih: queremos justiça. Nada mais.
Anônimo: neste blog, mais do que em qualquer outro lugar, as ex-pacientes que acusam o médico têm tido a oportunidade de dizer tudo que desejarem. Ainda que anônimas.

Exceto para ofensas, aqui não há censura, nem para um lado nem para outro. Porque o direito da livre expressão existe para todos, não só para você.
Bia disse…
Entendo as suas ponderações, Paulo Lopes. Como dono do Blog, está corretíssimo em colocá-las. Mas, como vítima, não tenho como não sentir o mesmo que sente o anônimo com quem você trocou msgs. A gente se sente tão sacaneada, tão denegrida, tão roupada e violentada, que é difícil entender os tais advogados que se prestam a defender um sujeito como esse médico. Mas suas colocações são justas, aqui todos tem que ter espaço para defesa.
Bia, considero as denúncias das ex-pacientes do médico Abdelmassih da maior gravidade. Tanto que tenho dado bom espaço ao assunto. E é somente neste blog, por exemplo, que há a informação de que a Rede Globo ignorou as acusações -- um absurdo.

Mas eu não sou parte envolvida nem juiz. Sou jornalista e tenho por dever de ofício divulgar as várias versões.

É isso. Abs.
Anônimo disse…
As pacientes deveriam processa-lo em conjunto exigindo uma indenização financeira por DANOS MORAIS [ de cunho sexual ] o que é ainda mais grave e ´´depenar´´ a grana dele....

Mas ele é esperto e deve estar se desfazendo do patrimonio para evitar litigios ........

mas com certeza terá um fim tipo SERGIO NAYA
Ju disse…
Mudando um pouco de assunto, q vergonha:

O CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA - CRM, onde está???????????????

O Ministério Público, a polícia civil e Delegacia da Mulher, já estão cumprindo sua parte. Mas q veergonha de corporativismo. Acobertam um crime só por tratar de um membro do clube. Esse consellho deveria pedir desculpas a sociedade e fechar. Ninguem sentiria sua falta. Covardes.
Alguém tem os nomes dos conselheiros do CRM de SPaulo???? Acharia bom divulga-loss. Todos tem q saber o nome dos que acobertam esse tipo de crime.
Anônimo disse…
Paulo Lopes, suas ponderações são sensatas. Mas uma coisa ninguém pode negar: existem advogados que jamais, jamais e mais uma vez jamais, pegariam um Roger pra defender. Por dinheiro nenhum.

Numa sociedade civilizada, ele teria o direito de ser defendido pelo ]Estado, gratuitamente, se não encontrasse ninhguém dispon´[ivel para sua defesa.

A indignação diante de profissionais que ganham uma puta grana defendendo os mais diferentes bandidos é correta. Pois isso é uma opção do profissional. De cada profissional. Que eles arquem com as críticas.

Nem todos se vendem para qualquer um. Nem todos os advogados estão a venda. ]Eu conheço bem muitos profissionais que jamais defenderiam esse tipo de crime. Por dinheiro nenhum.

Eu conheço um profissional que se recusou a defender um acusado por um crime que foi bem noticiado pela mídia a pouco tempo, por razões éticas. Isso existe. Ainda bem.

Que tem advogado que só pensa em $$$$ e por isso pode defender absurdos, isso tem. Qual é a surpresa?

Eles sabem que seu cliente mente, que é culpado, etc e etc, mas o dinheiro fala mais alto.
Anônimo disse…
Realmente sempre é bom lembrar:

A REDE GLOGO IGNOROU AS ACUSAÇÕES. Porque será ?

Foi a única tv que não noticiou nada. A única.

Gostaria de saber o que rola. Alguém sabe ?
Aline Toledo disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
O comentário de Aline Toledo foi removido porque faz apologia da violência.
Anônimo disse…
Bom, eu como vítima, gostaria de dar o meu depoimento a favor do Paulo Lopes e deste Blog. Mais do que ninguém, venho acompanhando (e participando) do desenrolar deste caso. Basta dizer que, ultimamente, nem tenho buscado mais notícias na Internet. Simplesmente adicionei este Blog nos meus favoritos e passei a entrar aqui para me atualizar, tão boa a cobertura que vem sendo dada por este jornalista. Aqui, encontrei também apoio das outras vítimas e da sociedade, além de um canal para expressar minhas idéias sobre a defesa do médico e as críticas de alguns.
A partir deste caso, posso dizer que mudei o conceito que tinha sobre o jornalismo e, principalmente, sobre os jornalistas no Brasil. Esta classe, visivelmente mais do que a classe médica, tem ética e está engajada em mudar nossa sociedade e nosso mundo para melhor.
Tomaram para si a obrigação de dar voz aos que sofrem pela injustiça e cobrar uma solução dos que têm poder para tal (esta deveria ser uma obrigação de todos nós, nas diferentes profissões).
Se o caso não veio à tona na mídia através da Globo, foi por problemas de outra ordem (jurídica, talvez financeira ou de interesses escusos), que não a vontade dos jornalistas envolvidos com o caso.
Mesmo não tendo estes conseguido trazer para a mídia o fato em questão, foram, sem dúvida a mola propulsora para que hoje pudéssemos estar aqui discutindo abertamente sobre o assunto. Tive deles toda a orientação de como deveria ser o procedimento de formalização da denúncia, para que pudéssemos ter êxito na acusação. Foram também estes jornalistas os responsáveis pela apresentação do caso e das vítimas (que não se conheciam) aos promotores (tudo com nossa anuência), novamente eles orientaram a busca pela delegacia da mulher, quando do primeiro julgamento infrutífero no MP. Sem esquecer que, durante todo o tempo, senti imensa preocupação deles com meu estado psicológico, com a proteção da minha identidade (e das outras vítimas) e com a minha segurança. Além do que, acompanhei toda a dificuldade para conseguir pessoas que estavam espontaneamente dispostas a falar (médicos, funcionários e vítimas) e o respeito pelas que não estavam. Nunca fui forçada a nada.
Quando o assunto veio à tona através de um jornal, fui informada pela jornalista reponsável pelo caso na Globo (e que, por motivos óbvios não vou citar o nome), que me disse algo que me comoveu: "O caso veio à tona. Agora poderemos evitar que outras mulheres passem por isso. Não foi uma vitória como jornalista, mas estou feliz pela vitória como cidadã." Ela se referia ao fato de não ter conseguido passar a reportagem (pela qual se dedicou durante meses) na Globo.
São uns heróis, muitas vezes anônimos.
Deixo aqui meu agradecimento a esta jornalista anônima, ao Paulo Lopes e a todos os outros jornalistas que lutam por um mundo mais digno.
Anônimo disse…
Tambem sou ex p\ciente engravidei de lindos
Gemeos meninos e,tive maus momentos naquela
Clínica,tive uma luz recentemente que me veio a mente uma maneira de provar que isso tudo é verdade.Mas só falarei se for com as ex pacientes,que tal marcarmos um encontro para todas?
Anne disse…
Anônima das 14:50,
Passei pela mesmíssima situação que você. A Jornalista (com J maiúsculo) a quem você se refere, realmente fez toda a diferença. Ela foi extremamente profissional e cidadã. De fato pertence à equipe da Globo. Mas, devo dizer que o papel que ela cumpriu, cumpriu como ser humano e não como funcionária da Globo. Ela não teve apoio nenhum da Diretoria para tocar o assunto para frente. Tudo que fez foi por ser uma excelente pessoa, excelente Jornalista, cheia de garra, ética e espírito de justiça. Quanto à Globo, continua deixando a desejar. Haja rabo preso...
Anne disse…
A ideia é boa, anônima das 15:25, mas como garantir quem é quem ? Sempre acho que tem gente da clínica envolvida nos depoimentos que defendem o médico ou que sugerem de alguma maneira que as vítimas se encontrem. Você fez depoimento no MP ? De repente eles poderiam cumprir esse papel de unir as vítimas...
Cris disse…
Anônima das 15:25,
Se você tem como provar, por favor procure a Delegacia de Mulher de São Paulo e o CRM eles estão muito engajados em descobrir a verdade. Precisamos muito de você. Eu estive lá e pude ver de perto que todos estão envolvidos, mas, se você desejar marcar um encontro, o primeiro passo para saber quem é quem é que todas as vítimas apresentem a identidade e a cópia do depoimento no CRM ou documentos relacionados ao tratamento. As administradoras do site anjos e guerreiros tem o meu e-mail particular, tente entrar em contato com elas e fale de mim. Hoje vou enviar um e-mail para elas deixando autorização para lhe passar meu e-mail particular, mas preciso de uma identificação sua, ainda que seja um peseudônimo.
Cibele disse…
Cris,
Também quero tentar falar com você, também sou vítima do monstro. No Anjos e Guerreiros elas te conhecem como Cris ?
Chris disse…
Cibele,
Sim, basta enviar um e-mail para Maria Célia, administradora do blog, maryceli@terra.com.br
Ivanilde Vieira Serebrenic disse…
Sou Ivanilde Vieira Serebrenic, uma das mulheres que resolveu aparecer para dar minha contribuiçao.Quando tomei coragem de vir à publico foi no sentindo tbem de tirar de dentro de mim esta dor que durante quase 10 anos me fez sofrer prencipalmente quando ligava a TV e via este homem sendo tratado como santo, só quem passou por isso sabe o que estou falando. Neste último mes passei por momentos horriveis pois tive que falar com varias pessoas da impressa e relatar com todos os detalhes para as autoridades;tive momentos de nauseas, tremores, tenho chorado com frequencia, tenho tido vontade de ficar só, apenas pelo fato de esta escrevendo aqui já começo a chorar, gente é muito ruim e ainda tem o fato dele ter retirado a minha trompa que nunca antes tinha tido qualquer tipo de diagnostico que teria infecçao me sinto mutilada. GENTE eu nao tenho medo VOU AGORA ATÉ O FIM.O meu maior desejo é poder estar diante dele na presença de um juiz e olhar na cara dele pra ver ele negar. Adoraria que outras mulheres tbem viessem a publico. Estou recebendo o maior apoio dos Promotores e tbem da Delegada. Vamos lavar nossa alma para que esta pessoa nao faça mais isto com outras mulheres, eu poderia ficar anonima tbem seria bem mais comodo. Graças a Deus nao ingravidei lá. Tenho hoje os meus tri-gemeos com 7 aninhos que veio com a graças de Deus e pelas mãos de outro medico,agradeço a Deus todos os dias pois se tivesse engravidado lá nao teria coragem de fazer DNA.
Celso Serebrenic disse…
Complementando as informações da minha esposa que se identificou,( Ivanilde Vieira Serebrenic), quero reafirmar o nosso desejo de ver triunfar a justiça dos homens em relação a esse "doutor" que tanta dor tem causado a muitos casais, com consequencias para alguns ainda mais dolorida, que foram os casos de separção, ou seja, a destruição de um lar.
Por outro lado,se este "doutor" está se cercando de advogados renomados, de elevado custo, demonstra o seu temor ante a verdade, pois estes profissionais do direito usam de todos os meios para defenderem seus clientes, principalmente de medidas protelatórias, como usaram ao defender o "ilibado" cidadão José Dirceu, um dos principias acusados pelo Procurador Geral da Republica como o "chefe" da quadrilha do mensalão.
De minha parte como marido, sempre acreditei que um dia este "doutor" seria punido não pelas minhas mãos ou de qualquer outra vitima,por mais indignado que sempre estive, pois estaríamos nos nivelando por baixo e nos igualando a este "doutor".
Acredito de maneira muito firme e com fé, de que as autoridades que estão a frente deste caso, que felizmente tive a oportunidade de conhecer, como é o caso da Delegada da Delegacia da Mulher, Promotores do Gaecco de que a justiça será feita.
A imprensa tem tido e terá sempre um papel importante neste caso, por principalmente permitir que outras vitimas tomem conhecimento e também deem seu depoimento.
Igualmente este espaço livre e democratico nos ajuda a divulgar e comentar este tão triste, lamentável e doloroso caso que machuca no mais intimo das pessoas que é o desejo de ter um filho, pois como todos sabemos a FAMILIA É BASE DESTE MUNDO DE DEUS.
Que Deus nos ajude nesta caminhada!
Abri um post com as declarações de Ivanilde Vieira Serebrenic em http://e-paulopes.blogspot.com/2009/03/ex-paciente-desafia-medico-negar-na.html
Rachel disse…
Caros Ivanilde e Celso,
Também sou vítima do Roger e dou todo meu apoio a vocês. Sei tudo o que passaram, pois eu e meu marido vivemos um horror muito semelhante. Fui ao MP e à Delegacia da Mulher e também terei o maior prazer em olhar para o Roger cara-a-cara. Infelizmente sei que ele vai negar, não tenho nenhuma ilusão de que ele admita seus atos de loucura. De qualquer maneira, acredito que juntos teremos força e crédito. Qualquer pessoa de princípios e ética, que ouvir todas as nossas estórias em detalhes, há de acreditar na verdade. Chegaremos lá sim. Todo meu apoio e solidariedade a vocês e demais vítimas do moço.
Anônimo disse…
Desculpem a siceridade, não estou quero tomar partido de nenhum dos lados. Tento ficar isento para poder refletir com mais calma. No entanto algumas coisa me chamam atenção nesse caso e que não foram ainda cogitadas nesse blog(tomemos como verídicas todas as acusações, ok?)

1. Esse senhor deve ter um distúrbio psiquiátrico que não deve ter se manisfestado recentemente. Alguém já pensou em investigar o passado dele (época de Campinas) para verificar a conduta dele como médico?

Por muito menos vemos namorados e maridos indo a vias de fato nas ruas ou em bares. Será que os respectivos maridos destas 70 pessoas que o denunciaram nunca tiveram o rompante de enfiar a mão (desculpem o linguajar) na cara deste médico? Essa passividade dos marido me assusta e me deixa confuso. Será que somente eu tomaria uma atitude mais agresiva?

Se a intenção era destroná-lo o resultado já está aparecendo. Segundo informações o número de consultas caiu a quase zero. Os médico contratados com altos salários passam a maior parte do dia navegando na internet e conversando sobre possíveis oportunidades futuras, pois já estão convíctos que a "vaca foi para o brejo".
As dívidas dele junto a credores diversos estão se acumulando e até empréstimos junto a Banco (braesco da av brasil) já foi realizado para honrar compromissos com os salários dos funcionários e médicos.

Entretanto meus caros sabemos que pessoas como este senhor estão acima da lei. Ficam fora da mídia por algum tempo depois retornam ao cenário nacionla como se nada houvesse acontecido (vide: Fernando Collor, Wanderley Luxemburgo, Renam Calheiros, Paulo Maluf, Cesar Naia (que morfeu o tenha!!), Marcos Valério e outros)
Infelizmente temos memoria curta e novidades a toda hora na mídia para comentarmos.

Aqueles que de fato sofreram com o despreparo desse médico meus sinceros votos para o o final desta historia não acabe em pizza.
Para aquelas que somente veem nesse fato a chance de arrancar algum dinheiro desse senhor meus profundo pesar.
Justo o que procurava, muitíssimo obrigada!