Abuso sexual não foi alucinação, diz ex-paciente do dr. Roger

Ainda que o propofol cause “alucinação” e “desinibição sexual”, o médico Roger Abdelmassih mente quando afirma que as ex-pacientes que o acusam de abuso estavam sob o efeito desse anestésico, porque há relatos de mulheres que foram atacadas quando estavam lúcidas.

Essa foi a resposta de ex-pacientes ao especialista em fertilização in vitro à entrevista que deu ao jornal “O Estado de S.Paulo” no qual afirma que as acusações contra ele se devem ao “comportamento amoroso” e às alucinações com conotação sexual” causados pelo  propofol.

A ex-paciente e empresária Ivanilde Serebrenic (foto), 41, image rebate o médico: “Na primeira tentativa [de fertilização] em que ele fez, eu estava totalmente lúcida”.

“Além disso, por que as alucinações ocorreriam somente com ele e não com outras pessoas, como os assistentes [da clínica]?”.

Mais de 50 ex-pacientes acusam Abdelmassih de abuso sexual. A polícia e o MP (Ministério Público) do Estado de São Paulo investigam o médico.

O inquérito policial é sigiloso, o que não impede que mulheres tornem públicas suas acusações. Além de Ivanilde, a fotógrafa Monika Bartkevitch, 43, deu entrevista à imprensa.

O promotor José Reinaldo Carneiro disse que a tese dos advogados de defesa do médico de que tudo não passou de alucinação soa como deboche. “As vítimas merecem pelo menos respeito e vão continuar tendo a proteção do Ministério Público.”

Na entrevista, o médico disse que as denúncias teriam sido orquestradas por uma ex-paciente por intermédio de uma comunidade no Orkut. Para o promotor, trata-se de uma defesa inconsistente porque as mulheres não se conheciam. Entre elas, há uma de Minas que acusa Abdelmassih de estupro.

Ivanilde não se arrepende de ter denunciado o médico publicamente, embora tenha recebido uma ameaça anônima de processo e de estar sendo procurada por advogados para cuidar do caso dela. “Não quero sensacionalismo, não tenho nada a ganhar com isso.”

Na semana passada, ela disse que, durante tratamento na clínica de Abdelmassih, ao acordar de uma sedação, viu que o médico tinha colocado o pênis dele na mão dela. “Eu tenho nojo deste médico.”

Adriano Salles Vanni, advogado de defesa, disse que o médico não teme uma acareação com as denunciantes.

Ivanilde afirma estar pronta para se defrontar com o médico: “Eu gostaria de encontrar o doutor Roger para o ver negar na minha cara o que fez [comigo]”.

MP apura a manipulação de óvulos pelo acusado de abuso sexual.
janeiro de 2009

> Caso Abdelmassih.

Comentários

  1. Ele vai negar,claro, coom aquela cara nojenta!Quem faz o que faz com rtoda a fama e sem respeitar a família, tem cara para negar...Ele é um monstro!!!! Carregaremos sempre este hoorrível sentimento...Um dia ele receberá o que merece, nada como o tempo....

    ResponderExcluir
  2. Os Nardonis, pais da menina Isabela, não negam até hoje? Quem tem capacidade para fazer, tem para negar...A instrução do advogado é sempre alegar inocência, mas, as pessoas,e este monstro, no fundo sabem ...Confiança, devemos ter a fé e a confiança no tempo, no certo no errado, um dia a energia se equilibra, talvez ele nem venha a lembrar, mas, o tempo cobrará dele por seus atos...Existe um ajuste de contas, ele que espere ...Nada sai impune, parece que sai,,,mas, o tempo mostra...pode demorar...pode, mas, quanta sombra negativa, quanto terror ele terá que passar....Ele pode comprar a justiça, enganar os incrédulos, mas...

    ResponderExcluir
  3. Pessoal, o advogado está fazendo o papel dele, está muito correto, qualquer um, o Maníaco do Parque, os Nardonis e até o Dado Dolabella, tem direito à defesa, rsrsrs.
    O último passo, quando a rosca apertar, vai ser alegar que ele está maluco, para tentar obter um laudo de inimputabilidade. Só doido ele escapa de condenação. Pena que muitas acusações contra ele, que datam da década de 70 e 80, já prescreveram. Mas existem muitas ainda no período de 20 anos para cá, que poderão ser utilizadas.

    ResponderExcluir
  4. Ele quer intimidar as mulheres que o denunciaram, assim como fazia e faz com seus funcionários e pacientes, ele se acha o todo poderoso, é claro que vai negar não é louco e sim um monstro.
    No orkut tem um monte de comunidades em favor deste monstro e sempre alguma ex paciente postava em tópicos denuncias de assédio, só que agora essas comunidades foram bloqueadas pelos moderadores e então as mulheres que faziam as denuncias foram excluídas e os tópicos tb, querem tampar o sol com a peneira, mas não vamos nos calar.
    As mulheres deviam se unir e não ficar julgando as que fizeram as denuncias, é claro que ele não ia abusar de todas pacientes, é ridícula essas mulheres defenderem este monstro sem parar pra pensar no sofrimentos que as outras sofreram caladas, mas Deus é grande e em sua justiça não falha, todos que atiraram a pedra nestas mulheres abusadas e molestadas julgando-as tb vão passar na justiça divina assim como aqueles que julgaram e atiraram pedra em Jesus, são mais de 40 denuncias pensem se tantas mulheres iriam inventar ou alucinar coisas tão nojentas.

    ResponderExcluir
  5. Pena mesmo, eu tenho de sua família. Võa carregar a vergonha deste nome por todo o sempre.
    Há uns dez anos eu estava num restaturante em Miami, no shopping Bal Harbor. Na mesa ao lado sentou-se o monstro, sua esposa e uma filha do casal (não sei se tem mais de uma). Não consegui disfarçar meu asco, sabendo quem ele era na realidade, e ele ali, posando de pai de família, acompanhado da esposa e da filha.
    Disse alto, em português, para a minha mulher, não quero comer num lugar que serve à charlatões e pilantras, levantei-me e me retirei. A cara de susto do monstro foi impagável, ele deve se lembrar, pelo insólito da situação. Minha mulher, muito discreta e educada, me recriminou, disse que estranhava minha reação, minha educação não era esta.
    Ele não entendeu, não devia se lembrar, mas para que eu fizesse um juízo a seu respeito bastava a única consulta que tinhamos tido em sua clínica, onde o repulsivo monstro, em vez de discutir o problema de minha mulher, ficou discutindo as condições de pagamento do seu "miraculoso" tratamento. Saí da clínica horrorizado, para nunca mais voltar, em minha mulher ele não encostou a mão. E hoje somos pais de duas crianças lindas, pois tivemos o acompanhamento de um grande médico e cientista, professor-doutor Nilson Donadio.
    Não esqueço, foi o meu feeling pessoal que impediu que algo de terrível acontecesse com minha esposa. O fato de ser filho e irmão de médicos, professores-doutores, me permitiu comparar o comportamento de médicos sérios e competentes com o daquele charlatão.
    Lembrando daquele dia em Miami, eu deveria era ter lhe dado uns tapas, por conta do que ele fez e da destruição que causou nas vidas de tanta gente.

    ResponderExcluir
  6. Moral e ética não fazem parte da personalidade deste tarado, de forma que, pode-se esperar qualquer coisa deste maníaco. Os familiares e funcionários são coniventes com esta situação, sendo FARINHA DO MESMO SACO.O que não se faz por dinheiro!!! Os delegados encarregados do caso devem fazer(pleitear ao juíz) uma investigação mais abrangente(peçam a quebra do sigilo telefonico/fiscal/financeiro, inclusígve de seus colaboradores e familiares, feito isto, eapresentar ao Ministério Público para denúncia.
    O CREMESP/CRM não tem nenhuma credibilidade, são corporativistas, no minímo um puxão de orelha para mostrar serviço.O CFM ídem.
    Credibilidade é consequência da imparcialidade, e isto a Globo/SBT entre outros veículos de comunicação também não tem.
    Denunciantes, mantenham a cabeça erguida, quanto mais este tarado for apertado, mais irá se enrolar. Acabará enrolado na teia que teceu.
    Que gaste muito dinheiro com seus advogados.

    ResponderExcluir
  7. Eu fiz tratamento na clinica o ano passado, foram três tentativas, mas a ultima quase não aconteceu, porque o descaso com as pacientes é tão grande que a gente chega a esperar três horas, pra ouvir que o tal Dr.Roger não vai poder atender, porque esta ocupado tentando vender o tratamento a outros casais... e quando eu exigi que ele me atendesse em voz alto apareceu gente de tudo quando foi lado com medo do escandalo, e dai na sala dele ele ainda teve a ousadia de me destratar...
    Quando acontece de vc. engravidar e a a gravider para depois de algumas semanas, eles não te dão nenhum suporte, vc. so consegue falar com as enfermeiras... nenhum medico te atende e te da nenhum tipo de apoio... fiquei 3 semanas usando aquele medicamento proibido que causa aborto, para provocar um aborto do embrião que havia parado de se desenvolver sem nenhum apoio...
    Não recomendo esta clinica a ninguem, o cara é um crapula, mercenário só pensa em dinheiro, meu ultimo tratamento deu certo, mas eu não volto lá nem por decreto.
    E no dia que eu fiquei com muita raiva dele eu nem sabia destas denuncias eu disse .., ele ainda vai pagar por brincar com a expectativa e a dor das mulheres.." talvez nada aconteça, mas que ela sai riscado desse epsódio isso sai!!

    ResponderExcluir
  8. O meu primeiro tratamento foi feito noutra clínica onde todo o processo foi documentado, sendo sempre entregue uma cópia de cada procedimento, como por exemplo um “CONSENTIMENTO AUTORIZADO” que assinamos, depois de levar para casa e ler com cuidado e sem estarmos sobre pressão.
    No tratamento na clínica do Dr. Roger assinamos um documento no quarto ao lado do centro cirúrgico, poucos minutos antes de eu entrar para a recolha dos óvulos. Estava tão nervosa que pedi ao meu marido para ler esse documento, que assinamos mas não nos facultaram uma cópia.
    Gostaríamos de saber se isso também aconteceu com outros casais, porque hoje, com mais calma e noutro contexto, achamos que este procedimento não é ético.

    ResponderExcluir
  9. Chega ao ponto do rídiculo a defesa dele. Será que ele está achando que somos imbecis? Eu fui atacada sem sedação e com sedação. Ademais, eu já passei por diversos procedimentos cirúrgicos onde recebi esse mesmo medicamento e nunca tentei agarrar nenhum médico. Mentira também ele disse quando alega que não fica sozinho com as pacientes, fica sim e em vários momentos, principalmente na sala de repouso logo após a sedação. TEMOS QUE NOS UNIR! VOU PRESTAR MEU DEPOIMENTO E PRETENDO NÃO CONTINUAR ANÔNIMA. A JUSTIÇA TEM QUE SER FEITA E TEMOS QUE PROTEGER AS OUTRAS MULHERES.

    ResponderExcluir
  10. Você está correta. Ele não nos entregou uma cópia do documento no qual estamos doando nossos embriões que não forem utilizados na fecundação para experiência. Embora eu não concorde com esse procedimento precisei assinar cerca de cinco minutos antes da fertilização. Achei um absurdo, mas como questionar se eu já estava nervosa, de avental e com a cama pronta para receber os embriões, isso é uma verdadeira coação moral.

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  12. Anónimo das 19:08, obrigada por responder ao meu post das 16:47.
    Gostei da sua frase "verdadeira coação moral".
    Acho que devíamos todas nos unir e exigir justiça procurando saber o que a lei prevê para estes casos.
    Além das acusações de abusos sexuais, existem muitas outras questões que a clínica devia esclarecer em tribunal.
    O documento que assinamos minutos antes da recolha dos óvulos deveria ser entregue muito antes, para as pessoas poderem ler com calma e como isso ter a oportunidade de discordar, se fosse o caso, de imposições como por exemplo doar os embriões que não fossem fecundados.
    Porque razão a clínica não facultava cópias dos documentos que assinamos?
    E quanto à possível sonegação fiscal, quantos é que não obtiveram cópia de documento legal comprovativo dos pagamentos?
    Neste momento, está em causa a idoneidade do tratamento a que fomos submetidas.
    Vou continuar a acompanhar toda esta história, porque um médico que é suspeito de abuso sexual, defendendo-se com mentiras em relação ao efeito da anestesia e ignora os mais elementares princípios éticos, não é digno de confiança e pode também ser suspeito de ter enganado muita gente durante todo o tratamento.
    Estou muito desconfiada. Alguém mais se sente como eu?

    ResponderExcluir
  13. FICO PREOCUPADA COM A ÉTICA DESTA CLÍNICA, SE OS FUNCIONÁRIOS FORAM CONIVENTES COM ESTES ABSURDOS, SERIA CASO DE INVESTIGAR TODOS E ATRIBUIR CUMPLICIDADE AO ESCANDALO TAMBEM. ALÉM DO ASSÉDIO, PREOCUPANTE O FATO DE EMBRIÕES ESTAREM DISPONÍVEIS NA CLÍNICA, SERÁ QUE NÃO SERIA CASO DAS PESSOAS FAZEREM EXAMES DE DNA PARA SABEREM SE OS FILHOS SÃO DELES MESMOS. PREOCUPANTE, TRISTE E ABSURDO

    ResponderExcluir
  14. CASAIS QUE PASSARAM PELA CLÍNICA DEVERIAM SER PREOCUPAR COM EXAMES DE DNA, ÉTICA PELO JEITO PASSOU LONGE DE LÁ.

    ResponderExcluir
  15. therezinha berigo liu27 de janeiro de 2009 11:43

    vcsm anonimos, porque nao procuram o que fazer ou vai tentar melhorar a vida pora ai, deixe a justiça resolver. poxa eu nao costumo falr sem provas .se ele fez tudo isso realmente ele sera punido,agotra gente pelo amor de deus, respeite as mulherews que estao fazendo ou fizeram fiv ,seja la na clinica dele ou outra qualquer ,por favor parem com isso. .

    ResponderExcluir
  16. Vivemos num pais livre para falarmos, ao contrario das regras daquela clinica...quem não tem estrutura para estar nesta página deve deixa-la de ler...e ir procurar o que fazer. Estamo-nos juntando pois uma andorinha só não faz...
    A intençao não é desrespeitar os que se tratam, mas sim torna-las mais conscientes e espertas para muitas questões aqui expostas.Queremos justiça...mas a justiça é prática e lida com fatos!fatos esses que num primeiro momento estão aparecendo no anonimato.

    ResponderExcluir
  17. Estou muito preocupda com essas acusaçoes pois juntei meu dinheiro durante muito tempo para tentar ter um filho e agora ainda tenho direito as duas tentativas. o que devo fazer?tenho muito medo da clinica fechar.

    ResponderExcluir
  18. Nós também gastamos mais do que tínhamos, recorremos a um empréstimo no banco, que quatro anos depois ainda estamos pagando. Fiquei sensibilizada com as palavras do anónimo das 13:13, percebo a sua dúvida, é muito difícil opinar na sua situação, mas vou atrever-me a dizer o que penso.
    Até que esteja tudo esclarecido, você não deve se expor, repare, falamos muito nas questões dos abusos que se forem verdadeiros, julgo que podemos colocar em causa toda a credibilidade do tratamento.
    A ciência está avançada mas não há conhecimento suficiente se esta técnica de recorrer a óvulos de mulheres jovens é segura. Esta técnica está proibida em outros países e reprovada por outros especialistas, acho que isto não é por acaso.
    Quando o Dr. Roger coloca uma bolinha no canto da nossa ficha de entrada é porque vai utilizar outros óvulos, ele apagou essa bolinha na minha ficha quando lhe disse que não aceitava esse recurso.
    Cuidado, se você for tentar o tratamento só com os seus óvulos, tenha fé e desejo-lhe força e boa sorte.
    Quanto ao dinheiro, julgo que pode haver legalmente alguma forma de ser devolvido. O próprio Dr Roger deveria entender os receios e devolver o pagamento antecipado, caso opte pela interrupção do tratamento. Imagino que deve estar com medo de tocar nessa questão com ele, pois ele é bruto e arrogante.
    Tenho lido que outras mulheres, em outras clínicas e com outros médicos tem tido sucesso.
    Na minha opinião é o que Deus quer ou seja, temos muitas outras missões para além de sermos mãe, mas tente.
    Espero realmente que consiga decidir pelo melhor, muita boa sorte.
    Se durante o desenrolar deste processo forem provadas burlas, eu e meu marido estamos decididos a mover um processo judicial para reaver o que pagamos, para não dizer, uma indemnização pelos danos psicológicos que esta história nos tem trazido.

    ResponderExcluir
  19. Tbém fiz o tratamento e não deu certo(3 tentat.), assinei não sei o que minutos antes da aspiração dos óvulos!perdi o dinheiro sim e muito pq sou do Rio e tive de ir muitas vezes até lá em SP. Mas hj dou graças a Deus de não ter colocado no mundo um filho com a ajuda deste cidadão, se assim pode ser chamado.Devemos ter orgulho do médico que nos ajuda a ter um filho assim. Que orgulho deveria ter, vergonha de não poder falar a meu filho deste médico. Tem um médico muito bom no Rio (Dr. Dale, na clínica do Rio Sul). Eu gostei!

    ResponderExcluir
  20. Tbém fiz o tratamento e não deu certo(3 tentat.), assinei não sei o que minutos antes da aspiração dos óvulos!perdi o dinheiro sim e muito pq sou do Rio e tive de ir muitas vezes até lá em SP. Mas hj dou graças a Deus de não ter colocado no mundo um filho com a ajuda deste cidadão, se assim pode ser chamado.Devemos ter orgulho do médico que nos ajuda a ter um filho assim. Que orgulho deveria ter, vergonha de não poder falar a meu filho deste médico. Tem um médico muito bom no Rio (Dr. Dale, na clínica do Rio Sul). Eu gostei!

    ResponderExcluir
  21. Moça das 13h13. Faça as suas outras tentativas. Não perca tempo, porque tempo neste tipo de tratamento é muito importante. Boa sorte. Tenho certeza que Você não sofrerá nenhum abuso sexual.

    ResponderExcluir
  22. Não sei por quê, mas o comentário das 11:43 me soou parecido com os comentários que o médico gosta de fazer, sempre com tanta falsa certeza, sempre com tanta interesseira pressa....

    ResponderExcluir
  23. Qualquer tipo de abuso deve ser denunciado. Eu mesma já passei por uma situação constrangedora com um ginecologista, mas não tive coragem de denunciar... Achei que eu tinha dado brecha... Não voltei nunca mais para conversar com ele.
    Não podemos generalizar todos, mas uma pequena parcela sai ilesa deste tipo de denúnica e continua praticando e violentando pacientes em situações fragéis!
    É necessário repensar a ética médica, o que sendo ensinado e discutido nas universidades? Isto é fundamental para o futuro desempenho destes profissionais!
    Vamos ver o que acontecerá com o Dr. Roger.
    Esperamos justiça das duas partes.

    ResponderExcluir
  24. Eh gente!Por essas e outras,eu prefiro acreditar naquele livro de capa preta,sabe?Aquele velho,antiiiiigo e empoeirado livrinho que costuma ficar aberto em cima das estantes "pra espantar os bichos".Nele está escrito:Deus trará à luz todas as coisas, (1 Coríntios 4:5) “Portanto, nada julgueis antes de tempo, até que o Senhor venha, o qual também trará à luz as coisas ocultas das trevas e manifestará os desígnios dos corações; e, então, cada um receberá de Deus o louvor”. Portanto, sejam boas ou ruins as obras ocultas terão aquilo que merecer, seja louvor ou condenação. Em lugar nenhum poderemos nos esconder de Deus; nem nas trevas; nem nos aposentos, nem nos quartos de repouso, (Hebreus 13:4).Ninguém consegue ocultar alguma coisa diante de Deus, Ele é onisciente, onipresente e onipotente. Vejamos o que diz a Palavra de Deus: (Salmo 139:7 a 12) “Para onde me irei do teu Espírito ou para onde fugirei da tua face? Se subir ao céu, tu aí estás; se fizer no Seol a minha cama, eis que tu ali estás também; se tomar as asas da alva, se habitar nas extremidades do mar, até ali a tua mão me guiará e a tua destra me susterá. Se disser: decerto que as trevas me encobrirão; então, a noite será luz à roda de mim. Nem ainda as trevas me escondem de ti; mas a noite resplandece como o dia; as trevas e a luz são para ti a mesma coisa”.

    ResponderExcluir
  25. Eh gente!Por essas e outras,eu prefiro acreditar naquele livro de capa preta,sabe?Aquele velho,antiiiiigo e empoeirado livrinho que costuma ficar aberto em cima das estantes "pra espantar os bichos".Nele está escrito:Deus trará à luz todas as coisas, (1 Coríntios 4:5) “Portanto, nada julgueis antes de tempo, até que o Senhor venha, o qual também trará à luz as coisas ocultas das trevas e manifestará os desígnios dos corações; e, então, cada um receberá de Deus o louvor”. Portanto, sejam boas ou ruins as obras ocultas terão aquilo que merecer, seja louvor ou condenação. Em lugar nenhum poderemos nos esconder de Deus; nem nas trevas; nem nos aposentos, nem nos quartos de repouso, (Hebreus 13:4).Ninguém consegue ocultar alguma coisa diante de Deus, Ele é onisciente, onipresente e onipotente. Vejamos o que diz a Palavra de Deus: (Salmo 139:7 a 12) “Para onde me irei do teu Espírito ou para onde fugirei da tua face? Se subir ao céu, tu aí estás; se fizer no Seol a minha cama, eis que tu ali estás também; se tomar as asas da alva, se habitar nas extremidades do mar, até ali a tua mão me guiará e a tua destra me susterá. Se disser: decerto que as trevas me encobrirão; então, a noite será luz à roda de mim. Nem ainda as trevas me escondem de ti; mas a noite resplandece como o dia; as trevas e a luz são para ti a mesma coisa”.

    ResponderExcluir
  26. Eh gente!Por essas e outras,eu prefiro acreditar naquele livro de capa preta,sabe?Aquele velho,antiiiiigo e empoeirado livrinho que costuma ficar aberto em cima das estantes "pra espantar os bichos".Nele está escrito:Deus trará à luz todas as coisas, (1 Coríntios 4:5) “Portanto, nada julgueis antes de tempo, até que o Senhor venha, o qual também trará à luz as coisas ocultas das trevas e manifestará os desígnios dos corações; e, então, cada um receberá de Deus o louvor”. Portanto, sejam boas ou ruins as obras ocultas terão aquilo que merecer, seja louvor ou condenação. Em lugar nenhum poderemos nos esconder de Deus; nem nas trevas; nem nos aposentos, nem nos quartos de repouso, (Hebreus 13:4).Ninguém consegue ocultar alguma coisa diante de Deus, Ele é onisciente, onipresente e onipotente. Vejamos o que diz a Palavra de Deus: (Salmo 139:7 a 12) “Para onde me irei do teu Espírito ou para onde fugirei da tua face? Se subir ao céu, tu aí estás; se fizer no Seol a minha cama, eis que tu ali estás também; se tomar as asas da alva, se habitar nas extremidades do mar, até ali a tua mão me guiará e a tua destra me susterá. Se disser: decerto que as trevas me encobrirão; então, a noite será luz à roda de mim. Nem ainda as trevas me escondem de ti; mas a noite resplandece como o dia; as trevas e a luz são para ti a mesma coisa”.

    ResponderExcluir
  27. Eu tb, estive nessa clinica e sofri demais fiquei revoltada por tudo que nós, aconteceu é questiono sempre...(graças a Deus não sofri abuso sexual mas, moral!!!!
    O meu caso e parecido com a colega 17.05 toda a conduta desse Sr. deve ser jugada sim...hj quando procuro outras clinicas o procedimento e diferente,não teria direito, daquele tratamento especifico na epóca... então acredito q Ele só quiz arrancar meu dinheiro suado, são muitos os detalhes q acredito, caber uma indenização moral... por me sentir enganada por essa Clinica, gostaria de saber como poderiamos fazer para abrir uma açao conjunta em relação aos tratamentos realizados que hj, sem dúvida nós da o direito de questionar a
    veracidade de toda conduta,que sofremos,Somos pessoas simples trabalhadores meu marido na epóca sai da empresa para realizarmos esse tratamento,Só tinhamos dinheiro para apenas uma unica tentativa me lembro que dissemos a esse Sr.nossa chance financeira era unica, Ganhar ou Perder... Esse Sr. só enxergava $$$$$$$$, Pessoas ele não via a sua frente... chegava varías pessoas com seus motorista, eu de carona com o Fusca do meu pai
    Sonhando em ser tratada com dignidade como todo
    respeito que td ser humano merece agora a grande Mídia se cala, Porque será? os meios de comunicações pouco se manifesta, porque esses programas HOJE EM DIA,CASA E SUA, SUPER POP E OUTRO NÃO ABRE espaço Para as Vitimas que sofrerão, não só abusosexua, mas outras situações ( profissionais que falam de comportamento o Promotor de justica o seu advogado de defesa, personalidade tenho certeza que além de fazer uma acão publica
    terião muita audiencia, ainda reserve uma linha tel, para o povo se manifastar? porque se calam...???

    ResponderExcluir
  28. Amiga 12:14,se é que posso chamá-la assim.Olha,eu acredito em vc totalmente,como acredito nas pessoas que estão se posicionando diante dessa situação terrível.EU SEI O QUE VCS PASSARAM.Eu tbm fui vítima de uma situação semelhante e que quase me levou à loucura,se ñ fosse a grande misericórdia de Deus.Cheguei ficar internada na psiquatria.Isso dói demais!Quem passa por isso não deseja pra ninguém.E o pior...não sei é que denunciei a pessoa,mas por falta de provas,eu tive que pagar uma pena alternativa.Porém,fiz do limão uma limonada...escolhi trabalhar num asilo...conheci muita gente que amo muito e que me acolheu com carinho.Hoje,estou fazendo enfermagem.Quanto ao meu post anterior,eu quis dizer que nada nessa vida fica escondido.Deus traz tudo às claras.Ele é O justo Juíz..tenha certeza disso minhas queridas.Temos de lutar sim,e denunciar.Um grande beijo pra todas,e pra vc em especial.

    ResponderExcluir
  29. Amiga 12:14,eu sei bem o que voces estão dizendo.Eu tbm passei por uma situação semelhante e que quase me levou à loucura,se ñ fosse a grande misericórdia de Deus.Cheguei ficar internada na psiquiatria...caos total.E o pior...ñ sei, é que resolvi denunciar o médico,e por falta de provas,eu tive que pagar uma pena alternativa.Meu Deus!Que situação!Mas,fiz do meu limão uma limonada,escolhi um asilo pra essa pena.Conclusão:conheci um monte de gente que me acolheu com amor,inclusive os velhinhos.Hoje,estou cursando enfermagem.Quanto ao meu post,é exatamente o que eu acredito:nada fica oculto nessa vida e Deus é o justo juíz.Temos que denunciar sim.Somente quem passa por isso,sabe o que é.Porém o amor de Deus sara as nossas feridas.Sou casada,tenho um casal de filhos e o meu marido me ajudou muito.Um beijo especial e carinhoso a todas e voce 12:14.

    ResponderExcluir
  30. Fiz a FIV em Brasilia, ao contrario disso tudo fui muito bem assistida pelo me medico, so mae de duas meninas lindas. Rosangela - MA

    ResponderExcluir
  31. Obrigada amiga, Cleonice por suas palavras tb como vc
    entrego minha total confiança em Deus foi necessario esperar 10anos, para hj ver esse Sr. de alguma forma ser arranhado na sua imagem ainda que,Ele não perca sua carteira de medíco + sabemos q Deus e Justiça fico feliz em saber q hj vc é uma mulher realizada,Vamos juntas com todas as mulheres, Orar pela justiça dos Homens e a Deus q não falha abraço...

    ResponderExcluir
  32. amigas,sei que e super constranggedor e triste ver que confiamos muito nessa pessoa e hoje descobrimos o que ha de pior.Passei por duas tentativas no rio na clinica do dr dale ele e optimo infelizmente nao deu certo.E a minha maior dificuldade foi a distancia moro em mocambique na africa, por isso tenham fe e justica sera feita...nao desanimen ta, ainda existem medicos serios e que compreendem a nossa busca como o meu medico Dr Luiz Dale no rio.Bjs a todas.

    ResponderExcluir
  33. UM absurdo...louco, maluco, tarado. É isso que ele realmente é, temos que nos indignar sempre, a palavra de uma paciente só já é o bastante para para ter nojo eternamente dessa coisa que se diz médico. Vi entrevista dele há um tempo atrás no amaury jr em evento na daslu sobre fertilização...falso... falando da recente morte da esposa por cancer...ridiculo.... me lembro de ter ficado comuma sensacao estranha ao ve-lo e o amaury junior (que obviamente nao é coisa que preste, nem mesmo jornalista) dando a maior moral, valorizando ao máximo como ele sempre faz com pessoas que nao valem nada nessa sociedade nossa... é uma pena agora ele não ir a público para mostrar as denuncias contra o médico.

    ResponderExcluir
  34. Fico admirada com a falta de ética desse médico que se intitula "doutor da vida" de que vida ele fala? será que são das mulheres que ele abusava sem nemhum constrangimento.
    Li uma reportagem alguns relatos de sua vida pessoal, desde a faculdade ele apresentava comportamentos suspeitos queria ser o melhor da turma,tentava superar todos que obtinham melhor nota que ele.
    O que esperar de uma pessoa tão competitiva assim? claro que se tornaria um ser sem bruto, ignorante que maltratava todos que ousava o contrariar.
    Os traços de sua personalidade deixa claro o tipo de pessoa que ele é, a questão da ambição por dinheiro e se promover as custas dos sonhos dos outros mostra o carater desse "homem".
    Espero que todas as vítimas sejam ouvidas e que esse "homem" tenha a devida punição dos seus atos, vamos ver se a justiça do nosso país fará valer os direitos dessas mulheres!
    Que Deus abençoe todas que sofreram abusos,e conforte seus corações!

    ResponderExcluir
  35. É...eu disse que era só esperar.Gente, nada fica encoberto nessa vida, pode ter certeza disso.Deus é o justo juiz.Esse caso é apenas um de muitos que surgirão, principalmente na classe médica,embora saibamos que há muitos profissionais que honram a profissão.Deus trará a luz muita sujeira escondida e fará justiça às pessoas vítimas dessa ferida de morte.Pois, eu mesma fui vítima de abuso aqui na minha cidade de Ubelândia, e sei muito bem o que estas mulheres sofreram.Só que tbm há "promotores" e Promotores. E para os Promotores que acompanharam o caso Abdelmassih, eu tiro o meu chapéu.O nosso pais precisa mais de homens assim.

    ResponderExcluir
  36. Olá pessoal!!

    Tantas crianças precisando de um lar.... Por que não adotar uma criança?

    Uma criança adotada é filho do coração.

    E com certeza quem adota é uma pessoa abençoado por Deus.

    É pai e mãe quem ama e educa.

    ResponderExcluir
  37. PARA 19:48---08/09/09

    Olha, eu até poderia sugerir o mesmo pra voce, sabia? Mas acho que não convém porque pra se adotar um filho, é preciso no mínimo sensibilidade pra compreender a dor alheia e pelo que nos consta, isto voce não tem.E pensando bem, quem sabe a carapuça entrou ai na sua cabeça, se é que tem uma também!Será que não é mais um dos que andam aprontando e a consciência ta "doendo"?Cuidado com a lei da semeadura.Tudo o que o homem planta, ele colhe.E exemplo disso, a gente tem todos os dias.

    ResponderExcluir
  38. Olha, pela quantidade de vítimas creio que esses fatos aconteceram mesmo. É de arrepiar esse tipo de delito, espero que a pena imposta sirva de lição para outros indivíduos propenso a esse tipo de conduta. É lamentável o que ocorreu pelas seqüelas deixadas pelo abuso, mas, infelizmente o ser humano ainda não evoluiu o bastante neste quesito.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

EDITOR DESTE SITE

Paulo Lopes é jornalista profissional diplomado.
Trabalhou no jornal centenário abolicionista
Diario Popular, Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras publicações.