Campanha bem-humorada ateísta faz sucesso na Grã-Bretanha

bus_deus

A idéia da escritora Ariane Sherine era arrecadar 7 mil euros (R$ 20.418, na cotação de sexta, 24) para colocar nas laterais de 30 ônibus de Londres a frase: “Provavelmente Deus não existe. Então parem de se preocupar e aproveitem a vida”. (foto)

Sherine diz que o objetivo da campanha era criar uma “contra-mensagem tranqüilizadora àqueles que se sentem ameaçados pelo fervor dos pregadores e das igrejas que lembram aos não-cristãos o que lhes espera depois da morte: o inferno e a condenação eterna”.

A adesão à campanha surpreendeu a escritora: em menos de 24 horas, as doações deram a soma de 60 mil euros (R$ 175.018,20).

O professor Richard Dawkins, autor do best-seller internacional “Deus, um delírio”, tinha se prontificado a financiar a campanha, caso as doações fossem insuficientes. Não foi preciso.

Sherine disse que o sucesso da proposta demonstra o quanto as pessoas não agüentam a oratória intimidadora dos religiosos e o quanto a sociedade deseja um “pais secularista, um governo secularista, uma escola secularista”.

A escritora pensa em ampliar a campanha. Sempre bem-humorada, diz: “Agora, o nosso limite é o céu, mas com a consciência de que não há ninguém lá em cima”.

Comunicado da Igreja Anglicana argumenta que a pregação cristã não proíbe que as pessoas aproveitem a vida. “Ao contrário, a nossa fé nos livra dos temores, colocando a vida na perspectiva certa. Sete em cada dez pessoas neste país dizem conhecer a alegria que a fé pode trazer.”

Ainda assim, a igreja ressalta que é legítimo que grupos divulguem seu ponto de vista, tenham ou não convicções religiosas.

No Brasil, onde existem mais de 150 religiões e seitas, uma campanha ateísta certamente faria com que uns e outros logo acendessem os fósforos da Inquisição.

> Deus morreu, mas está sendo ressuscitado.
outubro de 2007

Trajetória do 'ônibus ateus'.       > Ateísmo.

Comentários

Polêmica disse…
Eu acho que as pessoas podem ir contra a religião mas, tentar ir contra Deus e influenciar o ateísmo, essa atitude vai naufragar. Eu estou lendo um livro que diz que os mais ousados e estudiosos defendem a idéia de que na verdade não existe ninguém ateu pois, para dizer que Deus não existe é preciso provar que a crença universal está errada e provar o surgimento de absolutamente TUDO e explicar os milagres que acontecem na vida de tantos devotos e religiosos! Até hoje ninguém conseguiu fazer isso portanto, ninguém é ateu. Eu que sou evangelica e não creio em muita coisa mas, se eu anunciar em vários ônibus que a crença de diversas religiões não existe, com certeza serei perseguida por isso assim, como há uns anos atrás um bispo foi perseguido por chutar uma imagem católica. Portanto, não só os evangelicos que perseguem os outros, na verdade, todas as religiões vivem uma perseguindo a outra. Está na hora de parar com essa discriminação contra cristãos. E criticar uma pessoa pelos seus atos independentemente de sua religião.

Beijos!
aline e rudi disse…
Ta na hora de o mundo entender que ATEUS não são seres do "MAL", mas sim que são seres-humanos que passaram a ter uma compreensão, baseada principalmente na ciência, de que essa idéia de DEUS não passa de uma criação primitiva do ser-humano, criada numa época em que não se tinha muitas explicações para muitos dos questionamentos humanos.Criação esta que, ao contrário do que parece, causou muito prejuízo a raça humana e ao planeta,também.
Anônimo disse…
A idéia de que ninguem é ateu, porque nenhuma pessoa provou a inexistência de deus, é simplesmente ridícula. Essa idéia afirmaria então, que não existem cristãos, pois -do mesmo modo- ninguém provou a existência de deus. Todos nós nascemos ateus, as pessoas são simplesmente doutrinadas a acreditarem no que é ensinado pelos pais ou qual quem quer que seja que fez a lavagem cerebral. Não há como não criticar os atos das pessoas independentimente de suas religiões, pois seus atos são fundamentados na religião. Ou deixaremos os homens-bomba matarem milhares em nome de sua RELIGIÃO?
Cicloturismo disse…
Depois de ler Richard Dawkins,Carl Sagan, John Allen Paulos, Cristopher Hitchens e David Mills passei a enchergar a realidade que eu insistia em negar. Hoje nao brinco mais de amigo imaginario, ja basta Papai Noel e coelhinho da pascoa na infancia.
Caniço disse…
Meu caro Anônimo ateu, eu ia escrever exatamente o que você escreveu, mas porque você optou pelo anonimato?
Vamos sair do armário com nosso ateísmo também!

Abraços.
Anônimo disse…
Aos que insistem em afirmar a existência do tal deus, à qual deus estão se referindo?

- ao deus dos muçulmanos?
- ao deus dos judeus?
- ao deus dos cristãos?
- a algum outro?

Quantas pessoas são mortas diariamente em nome desses personagens imaginários?
Anônimo disse…
O importante é cada um levar adiante o que acredita respeitando o próximo e no fim veremos o que é certo e não provável.
Eu acredito em um Deus apenas, o Deus do universo, ele é unico.

Luciana Oliveira
Partita disse…
Me parece que a forma mais confiável de contabilizar os ateus é através da organização "ATEA".
Embora eu ainda não tenha feito meu registro lá e saiba que me registrar no banco de dados deles é muito importante, ainda sim me parece muito pouco a se fazer para contribuir a favor de um estado verdadeiramente laico e contra a ignorância e o preconceito contra o ateísmo.

Aconselho os que são a favor do laicismo a se cadastrar na ATEA (e, se possível, doar também), que me parece ser hoje a associação que mais contribui para o fim do preconceito e corrupção que tomam conta do Brasil atualmente.