Padre Manzotti é suspeito de engravidar jovem, diz jornal


Sacerdote afirma
que a notícia é falsa

Uma jovem de 21 anos diz estar grávida de Reginaldo Manzotti (foto), conhecido como o “padre que reúne multidões”. Ele tem mais de 6 milhões de seguidores no Facebook e é um dos campeões em venda de músicas e livros.

A informação da suposta gravidez, do jornal carioca “O Dia”, se espalhou pela internet.

A assessoria de Manzotti divulgou nota com a afirmação de que se trata de notícia falsa.

“[O padre] exerce seu sacerdócio de forma primorosa e fiel”, diz a nota.”


O jornalista Leo Dias, de “O Dia”, disse que não vai divulgar o nome da jovem, para preservá-la.

Mas já circulam na internet um nome (com as iniciais A.F.) e uma foto que seriam da jovem, que mora em uma pequena cidade do norte de Minas Gerais.

A moça teria certeza de que foi engravidada por Manzotti porque ele é o único homem com o qual ela saiu até agora. Ela teria ido a vários shows do padre.

A jovem estaria chateada porque procurou o padre para falar sobre a gravidez e não conseguiu.

“Ele diz que não me conhece.”

A moça teria afirmado que, quando a criança nascer, vai pedir à Justiça a realização de um exame de DNA, para provar que não está mentindo.

Em sua página oficial no Facebook, Manzotti tem recebido a solidariedade de fiéis.

Aline Santos, por exemplo, escreveu que o padre está sendo vítima de fofoca. “Eu não acredito em nada do que falaram sobre o senhor, padre.”

Vanderlieny Morais Alves comentou: “Que mentiiira absuuuurda!!!. Essa moça não está ciente da covardia que está fazendo.”

Para Nairla Martins, o padre está sendo atacado pelo Diabo, que usa “os fracos de espíritos para difamar quem só faz o bem”.

Manzotti gosta de falar palavrões em público, mas é da ala ultraconservadora da Igreja Católica.

Ele é, por exemplo, um defensor da “família tradicional”, o que significa que faz oposição à união de pessoas do mesmo sexo.

Apoio dos seguidores

Com informações de "O Dia", da página do Facebook de Manzotti e foto de divulgação.




Padre Manzotti critica escolas que são 'fábricas de ateus'
A responsabilidade dos comentários é de seus autores.