Paulopes

Religião, ateísmo, ciência e astronomia

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Amigo e conselheiro de Lula pede Bíblia para ler na prisão

José Bumlai é devoto de santo
protetor das causas perdidas
Ao ser preso em Brasília na manhã de terça-feira pela Polícia Federal, o pecuarista José Carlos Bumlai (foto), que é amigo e conselheiro do ex-presidente Lula, pediu uma Bíblia para ler na carceragem.

O juiz Sérgio Moro, de Curitiba, mandou prendê-lo preventivamente porque ele é suspeito de ter repassado ao PT cerca de R$ 2 milhões de um empréstimo tomado junto ao Banco Schahin.

O banco admitiu que o empréstimo não foi pago, mas Bumlai disse que o quitou com embriões de gado.

Bumlai é católico praticante, de ir à missa quase todos os dias.

Quando foi pego, na 21ª fase da Operação Lava Jato, ele estava, como sempre, com a imagem de Nossa Senhora na lapela e um terço no bolso. Em seu perfil do Watsapp também há uma imagem da santa.

Ele é devoto, também, de Santo Antônio, que, por ser franciscano, fez voto de pobreza.

O santo é considerado como protetor das causas perdidas.

Com informação das agências.





Lava Jato tem três deputados da bancada evangélica
Postar um comentário

Posts mais compartilhados na semana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...