Paulopes

Religião, ateísmo, ciência e astronomia

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Marina citou Bíblia em 2002 para se opor aos transgênicos

Candidata 'esqueceu' o que
dissera quando foi senadora
Ao ser entrevistada pelo Jornal Nacional no dia 27 de agosto, a candidata a Presidente da República Marina Silva (PSB), foto, disse haver “uma lenda de que sou contra os transgênicos, mas isso não é verdade”.

Não se trata de lenda porque em 2002 a então senadora petista pelo Acre fez um discurso onde recorreu não à ciência, mas à Bíblia para explicar por que era contra o cultivo de alimentos geneticamente modificados.

Apresentou uma argumentação típica de fundamentalista cristã: “Em Gênesis 21,33, o próprio Patriarca Abraão, com mais de 80 anos, resolve plantar um bosque. Quem planta um bosque com quase 100 anos está pensando nas gerações futuras, que têm direito a um ambiente saudável. Era esse o significado simbólico do texto. No Êxodo 22,6, há determinação explícita no sentido de que quando alguém atear fogo a uma floresta ou bosque deverá pagar tudo aquilo que queimou. Talvez essa regra seja mais rigorosa do que as do Ibama. Com relação aos transgênicos, o livro Levíticos 22,9 expressa claramente que não se deve profanar a semente da vinha e que cada uma deve ser pura segundo a sua espécie''.

Para ela, essas referências bíblicas mostram “que Deus é altamente zeloso com o meio ambiente”.

No discurso, resgatado pelo jornalista Fernando Molica, de “O Dia”, Marina concluiu que “se colocássemos em prática um único mandamento, que é “amar a Deus sobre todas as coisas e o próximo como a si mesmo”, não faríamos o que fazemos com a natureza nem com o homem. Preservaríamos a natureza, porque sem ela não podemos reproduzir a vida. Ela é o nosso Jardim do Éden”.

Houve manifestação da senadora contra os transgênicos em outras oportunidades. Em 1997, ela apresentou projeto de lei que, se aprovado, proibia o plantio e comércio de desses alimentos por cinco anos. O projeto foi arquivado em 1999.

Apesar disso, agora, no Jornal Nacional, ao ser questionada sobre sua oposição aos transgênicos, a candidata disse que não era verdade. Acusou os jornalistas William Bonner e Patrícia Poeta de não conhecerem a trajetória dela.

Com informação da íntegra do discurso de Marina Silva. e foto de Vagner Campos.





Físico teme fundamentalismo cristão de Marina Silva
setembro de 2014


Postar um comentário

Posts mais compartilhados na semana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...