Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

ONG salva animais de sacrifício de rituais religiosos

Desde agosto de 2010, quando foi criado, o projeto “Bicho Sagrado”, da ONG SOS Aves & Cia., impediu que 2.648 animais fossem sacrificados por motivos religiosos.

Paulo Maia, presidente da ONG, afirmou não ter “nada contra a religião de ninguém”, mas todos precisam saber que torturar animais é crime tipificado na lei.

A lei 9.605, em seu capítulo cinco, determina que só é  permitido matar animais para saciar a fome ou para proteger lavouras e ainda no caso de o bicho ser nocivo para os humanos. Os infratores são punidos com multas.

“É preciso saber o que é religiosidade e o que crime de maus-tratos”, afirmou Maia.

Marcelo Monteiro, que sacerdote de Ogum (ele é, portanto, o responsável pela realização de sacrifícios), negou que os animais sofram muito. Argumentou que, no Candomblé, os animais são mortos rapidamente, de modo que sintam pouca dor.

Disse também que a lei é respeitada, porque “a carne dos animais serve para nos alimentar, o couro serve para a produção de materiais, e assim por diante”.

Ele afirmou a Clarissa Pains Silva, do jornal “O Globo”, que muitas das oferendas encontradas em ruas e encruzilhadas são feitas por pessoas que não pertencem a um grupo de Candomblé. Essas pessoas seriam “independentes”.

Monteiro disse que o Estado laico garante o sacrifício de animais em rituais religiosos. “Tentar proibi-lo é intolerância religiosa e desrespeito para com as tradições africanas."

A ONG adota alguns dos animais os quais salvam do sacrifício, enviando-os para um de seus dois abrigos, um em Saquarema e outro em Itaipava.

Um exemplo recente de adoção é o da galinha Beta. Ela foi resgatada em um despacho em Niterói após uma de suas asas ser amputada.

Maia contou que em 2010 salvou um bode próximo a um cemitério que tinha sete facas na cabeça. O animal conseguiu sobreviver e foi o primeiro a ser adotado.






Com informação de O Globo

Artigo: Sacrifício de animais esconde o fundamento espúrio das religiões
junho de 2011

Abate religioso

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...