Papa vai tentar conter avanço dos evangélicos no Brasil

por Eva Saiz
do jornal El Pais

Papa argentino terá forte
atuação na América Latina
A eleição há quase um mês do cardeal argentino Jorge Mario Bergoglio como novo papa da Igreja Católica chamou a atenção para a situação religiosa e espiritual da América Latina, a região que concentra o maior número de católicos do mundo. Em seu escasso mês à frente do Vaticano, Francisco deixou claro que em seu papado dará preferência aos pobres, mas ainda não dissipou as dúvidas sobre como exercerá seu papado na região o primeiro pontífice americano.

Durante um encontro na sede do Diálogo Interamericano em Washington, o cardeal e bispo emérito da capital americana, Theodore McCarrick, indicou que as viagens que Francisco tem marcadas para o Brasil, em julho, e Argentina e Chile, em setembro, poderão dar sinais esclarecedores sobre seu papel, mas deixou claro que conter o avanço da Igreja Evangélica deverá ser uma prioridade.

"Quando o papa visitar o Brasil, fará seus cidadãos verem a importância da Igreja Católica ali e o fará com entusiasmo, dirigindo-se diretamente às pessoas, fazendo-as ver que não existe uma diferença essencial entre essa confissão e a evangélica", indicou McCarrick, que esteve presente no último conclave, embora não pudesse votar por causa de sua idade (83).

Em agosto do ano passado, o então papa Bento XVI falou sobre o contexto da América Latina como uma zona onde a Igreja Católica deveria enfrentar um pluralismo religioso crescente. Nas duas últimas décadas a comunidade católica foi diminuindo às custas das igrejas evangélicas e pentecostais.

O Brasil, primeiro destino de Francisco na América Latina, é um claro exemplo dessa situação. Com 123 milhões de seguidores, o país sul-americano é o que tem a maior população católica do mundo, entretanto o censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) de 2010 mostrou uma diminuição de fiéis de 10% na primeira década do século 21, devido à expansão do credo evangélico. A Igreja Evangélica brasileira já conta com 42 milhões de membros.

Com 565 milhões de fiéis em todo o mundo, 107 milhões de evangélicos se encontram na América Latina e no Caribe.

McCarrick afirma que a "personalidade humilde" do novo papa impedirá o rápido avanço dos evangélicos não só na América Latina, como nos demais países em desenvolvimento. "Se ele quiser, mudará a América Latina de alto a baixo", afirma o prelado. 

Para a Igreja Católica, os problemas que fazem os fiéis se distanciarem de seu credo não são tanto dogmáticos quanto pastorais, e nesse sentido, segundo McCarrick, "Francisco é o melhor pastor, tem a intenção de transpor a linguagem do Concílio Vaticano 2º para o dia a dia".

O cardeal de Washington mostra-se convencido de que o novo papa "desenvolverá uma relação diferente da que a Igreja Católica teve até agora na América Latina, concentrada nas elites e nos governantes. Isso vai mudar, vai ser diferente".

O antigo bispo de Washington destaca as qualidades humanas e espirituais do novo pontífice como os motores propícios para liderar essa mudança e, nesse sentido, destaca seu domínio do espanhol e do português como ferramentas para ressaltar sua intenção reformista. 

"Talvez não tenha o carisma de João Paulo II, mas Franciscodemonstrou que sabe criar atmosferas propícias, sabe se conectar com o povo. O fato de que fala seu idioma faz que os latino-americanos o vejam como um dos seus, que o percebam como alguém próximo."

Apesar desse retorno aos princípios do Concílio Vaticano II que McCarrick prevê que o papa Francisco vai liderar, a abertura da Igreja Católica na América Latina não é completa, pelo menos por enquanto. 

Outro problema incrustado, o movimento da Teologia da Libertação, não parece que será resolvido em médio prazo. "É claro que a Teologia da Libertação compartilha o substrato do Concílio Vaticano II, mas o que a igreja não pode tolerar que ampare e apoie movimentos guerrilheiros e violentos", afirma McCarrick. 

"Sem dúvida, o compromisso do novo papa com os mais pobres e sua defesa do meio ambiente foram bem recebidos e ajudarão a estender pontes, mas a perseverança em alguns de seus princípios continuará provocando oposição no Vaticano. É o que Francisco tentará lhes explicar", indica o cardeal americano.





Católicos deixam de ser maioria em 2030, prevê demógrafo
julho de 2012

Comentários

  1. Dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder... dinheiro e poder...
    Junior

    ResponderExcluir
  2. Sou mais católicos que evangélicos. Espero mesmo que o Francisco consiga fazer alguma diferença, dízimo católico não está na casa dos 000s e nem é obrigatório, sem contar que prega uma mensagem de muito mais aceitação que essas lavagens cerebrais feitas em evangélicos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. (2)

      Entre Silas Malafaia, Edir Macedo, Feliciano, Valdemiro, R. R. Soares, etc. Sou mais os católicos, pelo menos eles são menos radicais.

      Excluir
    2. E porque será que está acontecendo o contrario? As pessoas não precisam mais de ladainhas e liturgias mortas elas cansaram disso. Elas atualmente querem resultados práticos em suas vidas.

      Os evangélicos oferecem mais porque cultuam um Deus vivo. Não colocamos mais as nossas esperanças em santos de barro e nem tão pouco os referenciamos.

      "E, naquele mesmo tempo, houve um não pequeno alvoroço acerca do Caminho.
      Porque um certo ourives da prata, por nome Demétrio, que fazia de prata nichos de Diana, dava não pouco lucro aos artífices,
      Aos quais, havendo-os ajuntado com os oficiais de obras semelhantes, disse: Senhores, vós bem sabeis que deste ofício temos a nossa prosperidade;
      E bem vedes e ouvis que não só em Éfeso, mas até quase em toda a Ásia, este Paulo tem convencido e afastado uma grande multidão, dizendo que não são deuses os que se fazem com as mãos.
      E não somente há o perigo de que a nossa profissão caia em descrédito, mas também de que o próprio templo da grande deusa Diana seja estimado em nada, vindo a ser destruída a majestade daquela que toda a Ásia e o mundo veneram.
      Atos 19:23-27"

      Excluir
    3. Que ao menos o Papa consiga fazer algo, já que nós ateus e secularistas brasileiros já nos mostramos completamente incompetentes em tentar conter o avanço religioso dos teocratas protestantes sobre o estado.

      Excluir
    4. Filhote de Abrão, criticando a ladainha?! Tá parecendo autocrítica... Na verdade, vocês só mudam de religião porque querem resultados prático$$$$$$$$$$, mesmo. Mas quebram a cara e ficam ainda mais pobre depois que o pa$tor tosquia as ovelhinhas... Sei o Deu$ vivo que vocês cultuam. Fé demais nunca cheira bem. Já fui católico, já fui em culto evangélico e sei bem a diferença entre um e outro. Duas coisas marcam os cultos evangélicos: a língua ferina para falar mal de meio mundo (o que os torna ainda mais hipócrita quando falam em "amor ao próximo") e a sanha por dízimos.

      Ruggero

      Excluir
    5. Filho de Abraão.11 de abril de 2013 17:42

      (Os evangélicos oferecem mais porque cultuam um Deus vivo.)


      Me diz um coisa filhote de Abraão? como pode um deus vivo, que segundo vocês teístas, ele é um espírito e espírito é de quem morreu, então é um deus morto, e vocês pra vê-lo e puxar o saco, tem que morrer também?!? tente explicar está "lógica".

      Excluir
    6. "As pessoas não precisam mais de ladainhas e liturgias mortas elas cansaram disso."

      Se isso fosse verdade as religiões estariam desaparecendo, e não é o que ocorre atualmente.

      Excluir
    7. Vai, crente! Sai daqui, sai! Vai cagar pela boca em outro canto, vai!

      Excluir
    8. Engraçado a roupa do Papa é bordada a ouro, tem um trono de ouro, é considerado um rei, juntando todos os dizimos de todas as igrejas evangélicas não chega a metade dos dízimos que a igreja católica arrecada. Sem contar que usam o dinheiro dos "fiéis"(porque todo mundo que não tem religião diz que é católico)para construir saunas gays, o dinheiro sustenta os milhares de padres pedófilos, com esse dízimo estão pagando os inúmeros processos movidos contra a igreja as vítimas da pedofilia (milhões), até o Papa que renunciou ia ser processado por ser conivente com esses crimes, possuem um banco com patrimônio de bilhões de euros, possuem joalheria, compram computadores para ver e baixar pornografia, sustentar milhares de desocupados trancados em mosteiros isolados do mundo que não ajudam ninguém e não têm serventia nenhuma, sem contar que o Vaticano arrecada milhões pela venda de cigarro e bebidas alcóolicas dentro dos seus muros, não somente a turistas mas também a pessoas que trabalham na Basílica inclusive a altos cargos do clero. UFA... Sustentam um monte de parasitas que andam com um Cristo morto pregado numa cruz, pois que nos conste JESUS RESSUSCITOU. Será que vale a pena citar mais coisas, principalmente sobre o novo Papa ou a história das inquisições, das vendas de indurgências, dos Papas que eram conselheiros de Hitler. Melhor não né. Ah, esqueci, somente evangélicos têm defeitos, que somente os evangélicos não têm direito a liberdade de expressão, somente a igreja evangélica recebe dízimos. Esse Papa é muito é falso.

      Excluir
    9. Concordo com Ruggero.
      Católicos são muito melhor que evangélicos, pois são mais tolerantes e menos fndamentalistas. Que os católicos recuperem seu espaço, para dar fôlego aos laicistas pela separação definitiva entre religião e Estado.
      Nina

      Excluir
    10. vc na realidade nao nada .nem pra nem pra la .vc e um zé sem noçao,comendo oque os outros poe na sua mente.

      Excluir
    11. ai acabei de falar pro claudio ,nao vivem do seu pensanentos vivem dos pensamentos dos outos ,poe um (concordo)pra mim ai tambem.kkkk

      Excluir
    12. Caro anônimo, o "Trono de ouro" do papa é de madeira folheado a bronze ! (Nem tudo que reluz eh ouro)! Essa lenda urbana de que o trono do papa eh de ouro esta mais do que batida! E a igreja possui Incontaveis Obras Sociais ao redor Do Mundo (Pesquise Pela Ajuda "A Igreja Que Sofre") o dinheiro nao Eh Pra Enriquecer Pastor Muito Menos Sao Pedidos De Forma Desonesta (O pastor fala: "Doe Que Essa sacrificio, Por Maior Que Seja, Sera Recompensado Por Deus No Ceu, Ele te Dara Em Dobro, Oh Gloria"; O Padre: "Quem Puder Colaborar, Estamos Precisando melhorsr o Sistema De Som da Igreja / Trocar Alguns Bancos / Fazer Uma Campanha De Doacao Ao Asilo Ou Creche tal..."

      Excluir
    13. Venda de induRgencias foi Otimo Kkkkkkkkk Papa Aconselhava Hitler?? Segundo Eisntein (JUDEU!) a Igrrja Catolica Foi Quem Mais Contribuiu Contra O holocausto

      Excluir
    14. idolatria, vendendo lugar no céu, apoiando matadores, e levantando falso testemunho isso que é lavagem cerebral porque fizeram tudo isso e ainda fala mal dos outros. Vão procura ler a Bíblia.

      Excluir
    15. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk... é pra da risada né....... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk... não vão diminuir nunca! católicos pregam ideologias, evangélicos pregam a bíblia. Ate o seculo passado o vaticano e nem o papa ligava para os pobres agora querem dar uma de bonzinhos? só vão conseguir aumentar seus números quando nós formos arrebatados, e é claro, os que ficarem, serão os que pregam a bíblia da maneira que acham( IDEOLOGIA mas uma vez, adorando suas estatuas e suas imagens entre outras blasfêmias... é mais fácil vcs se converterem do que o numero para de aumentar, o resto nunca vai acontecer... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk... só rindo mesmo pq chorar só de alegria por ver a preocupação de todo mundo...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  3. Espero que consiga diminuir o números de Protestantes, pois antes Católicos do que Protestantes, já que os segundos, em geral, são mais fundamentalistas.

    ResponderExcluir
  4. Os corinthiano vão encher esse argentino de chumbo cêis vão ver huahuahuahuahua

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. falaste bem, nao duvido nada.

      Excluir
  5. Prefiro católicos a evangélicos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também, já que os ateus e secularistas brasileiros são um tanto inertes e sempre precisam contar com a passividade dos religiosos para obter exito em suas raras tentativas de impedir algum abuso religioso, do contrário, somos simplesmente ignorados.

      Excluir
  6. Pessoal primeiramente boa tarde,

    A igreja evangélica é um Puteiro Espíritual tem para todos os Gostos, a igreja evangélica é rasa e suburbana e pobre em todos seus princípios. Basta um zé qualquer da vida ele a bíblia ,acreditar que é ungido e pronto , é dai nasce a igreja evangélica no brasil , e por isso temos hoje a bizarrice dessa igreja imunda no no nosso meio. O nosso povo merecia coisa melhor , as igrejas estão criando uma legião de zumbis , cegos seguidores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cultos evangélicos são considerados masturbação mental.

      Excluir
  7. Eu espero que a Igreja Católica volte a ser o que era antes. Eu sou do tempo que as pessoas iam na Igreja prá aprender a amar o próximo, e voltavam das missas aos domingos com aquela paz de espírito, sem precisar tomar prosac ou diazepam. Hoje o Brasil está repleto de Clubes de Fanatismo Religioso, que são a maioria das Igrejas evangélicas, que só se ajudam entre sí, cujos líderes só pensam em ganhar muito dinheiro, manipulando e explorando as pessoas que lá procuram ajuda dos males que são sofridas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Eu sou do tempo que as pessoas iam na Igreja prá aprender a amar o próximo."

      De qual planeta você veio???

      Excluir
    2. Ahhh, lembranças da infância, sempre comprometidas pelo tempo que nso distancia delas...

      Amigo, eu ia nestas mesmas missas de domingo, e, tudo que sei é que queria de volta o tempo que perdia entre o início desta asneira e o "vamos em paz e que o senhor vos acompanhe", única parte boa da missa.

      Mas, concordo, mil vezes católicos que evangélicos, sem comparação.

      Excluir
  8. Discordo quando diz que os católicos e evangélicos são iguais. A Igreja Católica tem um ensinamento teológico muito rico, que abrange todos os recantos do ser, tanto espirituais como materiais até. As igrejas evangélicas, principalmente as pentecostais e neopentecostais, só abrangem o "eu quero isso e aquilo, logo vou a igreja e recebo". É basicamente isso, um 'mantra' vazio, uma aposta na magia, não tem um ensinamento, sequer uma reflexão sobre o que se passa na sociedade. Os pastores só falam mais do que lhes convém.
    Infelizmente algo parecido ocorre em algumas igrejas católicas no Brasil, mas é uma minoria.

    Enfim, o Papa Francisco deve se voltar para evangelização! o ensinamento do Senhor! a vida em comunhão!
    Não deve se interessar apenas em números. A Igreja é o caminho da salvação, e nem precisa acreditar em céu, inferno ou mesmo 100% em Deus, somente acreditar que no que a Igreja real diz é válido. Todos nós duvidamos às vezes que o Senhor existe, é difícil esperar o auxílio e proteção divina com fé plena. Mas todos temos a certeza que pelo menos a idealização de Deus existe, e que, embora seja dificílimo, é possível alcançá-la. Vemos isso em Madre Teresa de Calcutá, que também passou por muitas noites escuras, em que chamou pelo Senhor e ele não veio... mas ela nunca perdeu a fé de que com ela seguindo o que a bíblia, os mandamentos e a Igreja pedem, ela fazia o certo. E tinha a consciência de que teve uma vida correta, de papel cumprido, praticamente encontrou o paraíso na Terra. Diferente de quem não crê e passa a vida sem fazer nada de útil, só pregando a desconfiança e que não vale a pena viver. Essas pessoas acabam frustadas, numa morte lenta e com o pensamento repleto de arrependimento - um inferno ainda em vida.

    Mas Deus pode sim existir! Não temos uma certeza, mas uma esperança cheia de fé! Tomara que ele exista e julgue tudo que não foi julgado corretamente na Terra! O importante é ter esperança. Não é à toa que a esperança é uma das virtudes que a Igreja mais dá valor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deus pode existir, sim, não discordo, o universo é infinitamente grande o bastante para existir uma criatura que possa caber na descrição de "deus"

      Mas, o deus judaico-cristão existir...e, ainda por cima ter se comunicado com pessoas e deixado sua palavra em um livrinho imundo...

      Aí as chances são muito, mas muito menores...

      Mesmo em um universo infinito.

      Excluir
    2. E, madre tereza de calcutá era um demônio que só causou sofrimento e miséria.

      Excluir
  9. faz um catolico virar evangelico é quando ele descobre que não pode venerar imagens, somente ao eterno Criador toda honra e toda gloria, que alguns padres por serem proibidos de contrair matrimonio, abusam de cranças e jovens entre outros, é so barrar isso que barram o crescimento evangelico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok, abuso de crianças nunca ocorre no meio evangélico...

      Excluir
  10. Dos males, o menor. Toda e qualquer igreja, no fim das contas, só pensa em si, mesma e se acha a dona da verdade e proprietária do comportamento solidário e ético, quando fazem justamente o contrário. Mas é preferível, sim, os católicos, mais moderados e um pouco menos gananciosos que os protestantes evangélicos, com seus pastores que enriquecem às custas da ingenuidade dos seguidores e da chantagem emocional. Sinceramente, gostaria que o cristianismo como um todo, assim como o islamismo, implodisse e deixasse a face da Terra. Mas... Como isso ainda vai demorar, hoje, dos males o menor.

    Ruggero

    ResponderExcluir
  11. Só sei de uma coisa: comparar a produção intelectual, artística e cultural da ICAR com as igrejas protestantes (principalmente as neopentecostais) é pura covardia. Uma diferença de séculos ou milênios.

    ResponderExcluir
  12. Visto que os católicos da atualidade não são tão fundamentalistas quantos os evangélicos, até que a ideia não soa tão ruim. (embora no fundo, seja trocar 6 por meia-dúzia)

    ResponderExcluir
  13. A igreja católica já foi domesticada e acho menos ruim um católico a um evangélico a chance de um fanático católico existir é menor que a de um neo-pentencostal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E você pensa que esses radicais que utilizam o protestantismo vão ficar mansinhos se virarem católicos??? Já ouviu falar na Renovação Carismática, Canção Nova???

      Não se iluda!

      Excluir
    2. Bem lembrado...

      Some isto aos discursos cada vez mais conservadores de cada papa que surge...

      Excluir
  14. As igrejas neo-pentecostais exploram a "decadência dos valores morais" (vulgo, progresso) e põe a culpa no catolicismo que foi muito "frouxo" com a cultura secular. Ou seja, eles estão vacinado contra uma nova "onda católica" no Brasil.

    ResponderExcluir
  15. Ao menos os católicos são mais organizados, não abrem uma igreja a cada esquina nem rezam missa, terço, no Congresso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, se abrirem, são excomungados...

      Excluir
    2. Os católicos que resolvem bater asas e abrir uma igreja em cada esquina recebem uma nova nomenclatura: Evangélicos!

      O protestantismo é dissidência do catolicismo, então não vamos nos iludir. Se temos esses pentecostelhos por todo lado, devemos 'agradecer' à ICAR, pois todos eles são FILHOTES dela.

      A própria Bíblia é um livro totalmente católico, por isso mesmo prefiro me referir a todos os seus seguidores como CRISTÃOS, indiscriminadamente.

      Excluir
  16. Sou agnóstico mas tenho preferencia pelos católicos ao invés de evangélicos, evangélicos se voce nao é da religião deles, pra eles você tem o capeta, nao se misturam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, os outros estão com o capeta, estão amarrados, o Senhor vai voltar e os ímpios vão perecer, são todos fanáticos religiosos. É uma pena, o mundo é uma escola, essa gente não aprende a viver,se não largar da religião, não vão aprender nunca.

      Excluir
    2. Evangélicos são ex-católicos (mesmo aqueles que já nasceram em "lar evangélico"), pois o próprio protestantismo é dissidente do catolicismo, tendo como base a Bíblia Cristã, um livro inteiramente desenvolvido pela Igreja Católica.

      Excluir
    3. Jesus não criou religião nenhuma, não criou o cristianismo, nunca chamou ninguém de cristão! Muito pelo contrário, sempre criticou duramente os religiosos de sua época! Catolicos, evangélicos são tudo farinha do mesmo saco! Só Jesus é a verdade!

      Excluir
  17. Uma notícia esperançosa!

    Sim, creio que toda pessoa sensata que não for evangélica deve apoiar o Catolicismo frente ao Neopentecostalismo - não só pelo fato de que quando estiverem "brigando" deixarão (mesmo que momentaneamente) os demais em paz, mas pelo fato, gostemos ou não, do Catolicismo ser (ou ter sido) culturalmente importante na formação do país.

    O ruim - na minha visão - é que provavelmente reforçarão não o Catolicismo Tradicional, belo e solene (apesar de pouco alinhado com as comodidades moderninhas - mas quem reclama disso só demonstrar não entender do que trata uma tradição religiosa), mas a tal fuleragem do Catolicismo Carismático que é a mais recente Contra-Reforma, uma infiltração neopentecostal e sentimentalista na ICAR. Ou seja, contra os malafaias, mais padrecos-metrossexuais-marcelos-rossis-da-vida.

    ResponderExcluir
  18. O que o vaticano pode fazer, é o que sempre fizeram, em seus quase 2 mil anos de existência,conspirar e jogar um contra o outro, pra manter a hegemonia sobre as demais.

    ResponderExcluir
  19. Esse lance de um lada é melhor do que o outro não é algo tão simples de ver na prática. Tá, que os evangélicos são mais problemáticos, isso sim. Mas não esqueçam que a icar já se aliou e fará novamente até mesmo com o islã, para barrar aquilo que eles querem em comum. Ou seja, quando é conveniente eles se "ajudam", mas depois querer se comer como cobras. Além disso, não vejo nenhuma ação muito efetiva da igreja catolica para reverter o secularismo da Europa (mais acelerado) e da América Latina (mais lento). Espero sim que o número de sem religião aumente até o ponto de religiosos não terem mais tanta força política, então depois, os que restarem podem ser o que quiserem, pois não serão mais um grande problema.

    ResponderExcluir
  20. conter os avanços de outra religião...


    soa como uma guerra sendo declarada. O catolicismo fede.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E vc prefere o Neo-Pentecostalismo de Feliciano e CIA.

      Excluir
    2. "O catolicismo fede."

      Concordo, é por isso que nasceu dele o protestantismo, a merda completa!

      Excluir
  21. esse bispo gaga americano afirmou que ( "Se ele quiser, mudará a América Latina de alto a baixo",) o papa vai mudar quem ? vai obrigar quem a se converter ao catolicismo ? na visão deste bispo americano , o papa vai obrigar usando de , todos os métodos possíveis ( isso me lembra a inquisição ) as pessoa a se converterem ao catolicismo , eu desafio esse papa velho gaga e ao g zuis dele pregado na cruis a me converter .

    ResponderExcluir
  22. Tudo isso estava previsto na palavra de Deus. É o começo da perseguição que viria sobre o povo de Deus.Mas uma coisa também a bíblia declara...vai ser horrível o fim desse falso profeta. Homens que DIZEM conhecer a verdade, mas nada sabem, são cegos guiando cegos. Eu peço a Deus que fortaleça meus irmãos, para não negarem a fé em nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, e se voltar a ídolos feitos por mãos humanas, que têm boca, mas não fala; tem mãos, mas não apalpam; tem ouvidos, mas não ouve; têm pés, mas não pode andar é carregado de um lado para o outro, por pessoas ignorantes, faltos de conhecimento, incapazes de enxergar o óbvio. pois como disse; são cegos.

    ResponderExcluir
  23. Nem os católicos, nem os evangélicos seguem os ensinamentos de Jesus! São soberbos, que não tiram a trave de seus olhos antes de falarem de seus irmãos! Ambos são raças de víboras.....mercadores do evangelho do Senhor! Que fazem comércio da Palavra de Deus!
    Só existe um caminho Jesus...o resto é o resto...é regilião criada por homens ganaciosos e ávidos por riquezas e poder! TUDO FARINHA DO MESMO SACO!
    Todo religioso é hipócrita, soberbo e se acha dono de DEUS!

    ResponderExcluir
  24. Esse feliciano, só pra citar um ex de "religiosa" é um baita de um sem-vergonha.

    ResponderExcluir

Postar um comentário