Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

terça-feira, 26 de março de 2013

Funcionários se recusam a trabalhar com Feliciano

Mais funcionários podem
solicitar afastamento
Pelo menos cinco funcionários da CDHM (Comissão de Direitos Humanos e Minorias) pediram transferência para outras comissões da Câmara por discordarem dos posicionamentos do novo presidente, o pastor e deputado  Marco Feliciano (PSC-SP).

Os funcionários estavam na comissão havia anos e alguns deles ocupavam os principais cargos. A informação é do Blog do Camarotti.

Feliciano é acusado de ser o autor de afirmações homofóbicas e racistas. Ele nega.

Outros funcionários poderão pedir afastamento mesmo se Feliciano for substituído para vice da comissão, a deputada Antônia Luciléia Cruz Ramos Câmara (PSC-AC), que também é integrante da Frente Parlamentar Evangélica.

Além de sua prestação de contas referentes às eleições de 2002 ter sido questionada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Acre, Antônia Lúcia responde a vários processos judiciais por abuso de poder econômico, captação ilícita de sufrágio e crime contra a administração em geral, de acordo com os seguintes links: STF - processos 585, 587 e 3083, TRE - processos 177708, 142143, 178782, 142835, 180081, 194625 e 142058 e no Supremo o inquérito 3133.





Maioria dos deputados evangélicos responde a processos judiciais
abril de 2012

Marco Feliciano

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...