Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Prefeito de Vivida anuncia que cidade é do 'Senhor Jesus'

Para justificar o proselitismo, prefeito
chegou a criticar nome da cidade
O prefeito Fernando Aurélio Gugik (PMDB) gastou dinheiro dos cofres públicos em uma demonstração de desprezo para com o Estado laico e, em consequência,  desrespeitou a Constituição.

Ele inaugurou na entrada da cidade um monumento (foto) em forma de peixe (o mais antigo símbolo cristão) com os dizeres “Jesus Cristo é o Senhor de Coronel Vivida”.

A cidade tem cerca de 22 mil habitantes e fica a sudoeste do Paraná, próxima de Pato Branco e Francisco Beltrão, a 420 km de Curitiba, a capital.

Para justificar a obra de proselitismo religioso, Gugik criticou o nome da cidade, o que, talvez, seja inédito entre os prefeitos.

Ele falou que “Coronel Vivida” lembra os tempos do coronelismo político, época em que se devia prestar reverências aos senhores.

Mas agora, disse o prefeito, quem deve ser reverenciado é o verdadeiro dono da cidade, Jesus. Existem muitos outros prefeitos como Gugik, que acham normal misturar política com religião.

Com informação da Rádio Progresso de Clevelândia.

Assembleia de MT tem foto de papa. Que Estado laico é este?
agosto de 2012

Religião no Estado laico

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...