Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

......................................................................................

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Vereador expulsa servidor por desrespeito à leitura da Bíblia

Guarda põe Montero para fora porque
ficou sentado durante leitura bíblica
João Manuel dos Santos (PTB), presidente da Câmara Municipal de Piracicaba (SP), expulsou na sessão de ontem (29) o servidor do Ministério Publico Regis Montero (foto), 34, porque permaneceu sentado durante uma leitura da Bíblia. Piracicaba tem mais de 360 mil habitantes e fica a 164 km da capital.

O vereador André Bandeira (PSDB) já tinha iniciado a leitura da Bíblia quando Santos o interrompeu para pedir que Montero se levantasse. O servidor se negou.

Guardas municipais e PMs colocaram Montero e outra pessoa que estava fotografando a desavença para fora do plenário. Imagens da TV da Câmara reproduzidas pela EPTV [ver síntese abaixo] mostram o momento em que Montero é pego pelos braços pelos policiais.

Câmara de Piracicaba mantém a sua intolerância religiosa
31 de outubro de 2012

Santos disse à imprensa que estava apenas cumprindo o regimento interno da Câmara Municipal. Para a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), contudo, Santos colocou o regime interno acima da Constituição, segundo a qual nenhuma instância de governo pode se envolver direta ou indiretamente com crenças religiosas.

“O Estado brasileiro é laico”, disse Odinei Assarisse, presidente da OAB de Piracicaba. “Ninguém pode ser impedido de acompanhar a sessão na Câmara por não ser católico.“

João Manuel dos Santos
Para o vereador Santos,
regimento interno está
acima da Constituição
Ele afirmou que Montero, se quiser, poderá recorrer à Justiça contra a “medida exagerada” do presidente da Câmara. "Se o servidor se sentiu ofendido, cabe a ele tomar as atitudes necessárias”, afirmou. “Não vejo motivo para a retirada dessa pessoa do plenário.”

Robson Soares, diretor jurídico da Câmara, disse que a leitura da Bíblia faz parte do regime interno desde a criação daquela casa legislativa. Ele acusou Montero de “badernar” a sessão. Mas as imagens não confirmam essa versão de Soares. “Não obrigamos ninguém a acompanhar a leitura, mas que essa pessoa respeite as regras da Casa ou que se retire”, disse.

Montero é integrante do movimento “Reaja Piracicaba”, que tem feito manifestações contra o aumento de salário dos vereadores.

Santos chama polícia contra cidadão

video






Fonte: G1

Câmara só autoriza em plenário culto de duas religiões, diz Wyllys
outubro de 2012

Religião no Estado laico.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...