Candidato diz que, se eleito, permitirá igrejas irregulares

Celso Russomanno
Russomanno promete 
favorecer os pastores
O candidato a prefeito de São Paulo Celso Russomanno (foto), ao visitar ontem (12) pela manhã em templo, disse que, se eleito, não vai fechar as igrejas instaladas em prédios irregulares. “Em nosso governo não vamos permitir que nenhuma igreja seja fechada, vamos regularizar", disse. Ele é do PRB, partido vinculado à Igreja Universal.

A afirmação ocorreu poucos dias depois de o pastor Samuel Ferreira, líder da Convenção Nacional das Assembleias de Deus — Ministério de Madureira, ter pedido ao candidato Gabriel Chalita (PMDB), caso se eleja prefeito de São Paulo, “tratamento diferenciado” na emissão de licença de funcionamento aos templos.

Russomanno disse que as igrejas prestam um serviço à sociedade, porque “as pessoas em um culto não praticam o crime, não usam droga”.

Trata-se de uma generalização preconceituosa, porque coloca sob suspeita os frequentadores de igreja evangélica, como se todos fossem criminosos em potencial.

Com informação da Folha.

Candidato da Universal a prefeito de São Paulo empata com Serra.
julho de 2012

 Religião na política.

Comentários

  1. Digo que numa eleição, o que deve ser eleito é a proposta de alguém e não o alguém.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Votar em proposta é votar por partido.

      Mas, no Brasil, não existe cutura partidária... As pessoas ainda votam de forma personificada.

      Excluir
    2. Exemplo de proposta: Usar boné. Quem for a favor da proposta usa o boné quem não for, não usa.

      Excluir
  2. Pessoas em escolas, hospitais, clubes, bibliotecas, também não praticam crimes já passou da hora deparar de olhar para uma só categoria e olhar para todas as pessoas.
    Igrejas em irregularidade é igual qualquer outra entidade aberta irregularmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo que sei sobre Celso Russomano é que promete apoiar irregularidades caso seja eleito. Dá para acreditar num homem desse?

      Excluir
    2. isso aqui tá pior que os estados unidos, caraleo, acho que vou me mudar lá pra russia, onde onde o cristianismo foi dizimado durante a URSS, na era do "ateísmo cientifico"..

      Excluir
  3. Há pessoas cujo caracter e ações estão acima de qualquer suspeita.
    Celso Russomano certamente não é uma dessas pessoas.

    ResponderExcluir
  4. Politicos se renderam a chantagem dos coroneis da religião, evidente prova esta atitude do candidato.

    ResponderExcluir
  5. Paulo, a última frase está estranha. Não combina com o parágrafo. Parece que está faltando um não depois de todos que.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A frase está correta. Dei uma melhorada nela. Abs.

      Excluir
    2. Celso Russomano quis dizer: "Mantenham esses crentes nas igrejas, mesmo que elas sejam irregulares, para que não saiam por aí roubando, matando e usando drogas!"

      Excluir
  6. Dizer que pessoas em um culto não cometem crime não é toda a verdade. Primeiro temos que ver de quais pessoas estamos falando: se é dos fiéis ou dos pastores.

    ResponderExcluir
  7. E pra começo de conversa o que tem o governo com a fé que as pessoas tem ? Como governo seria melhor ele se preocupar em fazer uma campanha para o fim da discriminação religiosa, principalmente contra os cultos de descendencia africana, mais como cristão evangélico que ele é , é bem mais facil ele querer embaraçar e dificultar a abertura de templos para estas pessoas. A pessoa pode ter a fé que quiser construir o templo que quiser, desde que feito por recursos próprios e toda ilegalidade deve ser punida dentro da lei..se multiplicasse os templos ilegais de outras religiões sem ser a religião cristã dele, sera que ele estaria entusiasmado para regularizar a condição delas, da mesma maneira que esta entusiasmado para regularizar a situação das igrejas evangelicas irregular.

    ResponderExcluir
  8. “as pessoas em um culto não praticam o crime, não usam droga”.
    A Droga é a própria Igreja. Puro charlatanismo.

    ResponderExcluir
  9. Aqui como na Folha, os textos não deixam claro quais são as irregularidades:
    1. são questões legais como: licenças, alváras, posse, etc.,
    2. ou são problemas decorrentes de estruturação e segurança (telhados andam caindo por aí)?

    Bem, se o problema é de ordem legal e de apresentação de licenças e documentos, por que ter tratamento diferenciado? Alás o que isto significa? Isenção de taxas, inspeções superficiais, atendimento sem espera?

    Se os problemas são de ordem estruturais e de segurança, não estariam os usuários destes edifícios, correndo risco de acidentes e de vida.

    Não fica claro o que seja o tal atendimento diferenciado, o que fica evidente é que NÃO EXISTE, igualdade de direitos, e por mais que as igrejas aleguem a prática de ações sociais, isto não a coloca em situação de superioridade com relação ao cidadão ou outras instituições que fazem também ações voltadas para a redução dos problemas sociais, sendo obrigados a cumprir a legislação sem quaisquer privilégios.

    A situação é de descaramento, de profundo desrespeito com o cidadão. Os políticos em nome da eleição, do poder, fazem estes acordos para obterem votos encabrestados, para eles o importante é o volume que os elegerão. Sabem que estarão reféns destes líderes pseudo-humanitários-cristãos, que poderão com a força das suas pregações, conduzir as massas de ruminantes ao pensamento que eles quiserem. Quanto mais alinhados com as vontades das lideranças, mais elogiosa a pregação, mais unção e fogo divino, mais céus para os políticos. Caso não cumpram o que prometeram, as pregações formarão fiéis odiosos, que seguem fanaticamente, estes pastores descrentes, falsos profetas. Como resultado o político safado certamente será conduzido ao mármore flamejante.

    Por fim quem termina por viver no inferno, é o cidadão lúcido e as instituições que prezam a autonomia, a liberdade e a igualdade de direitos.

    ResponderExcluir
  10. Bem, já percebi que qualquer um dos candidatos que forem eleitos não são os que vão administrar São Paulo. Seja quem for o vencedor, os prefeitos de São Paulo serão os pastores...

    Winston Smith

    ResponderExcluir
  11. Bem, já percebi que qualquer um dos candidatos que forem eleitos não são os que vão administrar São Paulo. Seja quem for o vencedor, os prefeitos de São Paulo serão os pastores...

    Winston Smith

    ResponderExcluir
  12. Alguém já viu algum político ir fazer visitas em ambientes de fé de matriz africana?

    Resposta.
    Não eu particulamente nunca vi, porque ir nesse lugar queimaria o filme deles com os cristãos e outra eles são uma minoria que eles julgam não ser um problema deixa-los esquecidos para suas candidaturas. E agora outra pergunta já viram políticos visitando templos e eventos evangélicos e católicos ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. Se um candidato defendesse o direito que fosse de um pai de santo ter seu terreiro, perderia a campanha automaticamente.
      Religião e política juntas não tem como dar certo.
      Mas o brasileiro é um povo que não entende nem de um, nem de outro. Por isso vota errado e permanece nas igrejas; ignorância.

      Excluir
    2. Infelizmente você está certo.

      Excluir
  13. A notícia diz: Russomanno promete favorecer os pastores. Pergunto: Só ele?

    ResponderExcluir
  14. Nada mais que um câncer a ser extirpado. Não há solução, a metástase ja aconteceu.

    ResponderExcluir
  15. Se ouvesse um grupo ateista forte neste Brasil, não haveria a nescesidade de politicos lanber os pes dos lideres religiosos e nem das religiões pois, haveria um grupo forte e influente o suficiente para combate religiosos que tentasse se meter na demograsia do nosso país, o grupo ateista estaria lá forte e firme defendo o Brasil laico.

    Mas nao, nós ateus, não somos unidos o sufisiente para ao menos construir uma instituiçao forte para combater o dedo de fero religioso. E, somos praticamente obrigado a aguenta esse tipo de sintuaçao e só reagimos quando o pé já está na lama.

    A maioria dos ateus está precisando toma um choq no ra.bo para levanta da cadeira e toma alguma atitude.

    Pensado Racional

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma das maiores provas do que você diz já começa pelo anonimato, pensando racional e escondido.

      Excluir
    2. Almirante Águia, eu discordo. Ele adotou um nick. Pensado Racional foi o apelido por ele adotado. E para mim, por exemplo, ele é tão anônimo quanto você pois, não conheço nenhum , nem outro.

      Excluir
    3. Os religiosos se reunem em bandos, como feras assassinas, por isso assustam a sociedade culta.

      Excluir
    4. Quer acabar com uma religião, criando uma "religião" ateísta?

      Excluir
  16. Ele está sendo coerente ao regularizar o irregular...Não foi ele quem andou fazendo propaganda enganosa de um certo dispositivo que faria economizar água, cuja eficiência nunca foi comprovada? Ele tinha um blog e quando os compradores do tal produto começaram a reclamar da porcaria que não foi homologada pelo Inmetro e tem vários similares sendo vendidos na net, ele simplesmente não respondia mais nada n blog. Seria bom ver a qtas anda aquele rolo, parece que deu processo, mas como não moro em Sampa não fico acompanhando tais demandas para ver em que pé estão.

    O tal aparelho é só um redutor de pressão de água através de m estreitameto feita pela tal válvula, não pode desviar nada de ar que esteja junto com a água por que só pode ser colocado após o relógio leitor, a água já teria passado e lida, com ou sem ar. mesmo que ar voltasse a passar elo leitor no sentido contrário a leitura feita não voltaria atrás... Para produzir o tal efeito teria de ser colocado antes do medidor, com saída para o ar que estivesse no cano, mas os testes feitos com tais dispositivos não foram aprovados porque a mesma válvula que permitira saída de ar permitira a entrada de contaminantes na água tratada e a fornecedora não poderia garantir qualidade nem ser cobrada caso houvesse infiltração de contaminantes, em caso de enchentes e vazamentos, por exemplo. Outro impedimento é que somente a concessionária pode mexe no cavalete de água antes do medidor.Todo aparelhinho colocado em desacordo com tal regra proibitiva estaria e estão ilegais...Investimento jogado fora...
    Vender o que não pode entregar como resultado é com ele mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas agora ele está vendendo algo que com certeza poderá entregar: Favorecimento a grupos religiosos cristãos!

      Excluir
    2. Ainda é melhor que votar no Serra, fala sério, votar no Serra.

      Excluir
  17. E aqui no Rio, o atual prefeito está "namorando" Silas Maracutaia.

    No debate da Band, o candidato Rodrigo Maia apelou para o voto dos evanjegues.

    Se as duas maiores cidades do Brasil estão assim, imaginem o resto...

    Temo pelas próximas eleições presidenciais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu penso que, devido ao samba das últimas eleições feito pela crentalhada, os políticos estão superestimando o voto dos fanáticos nesta.

      Excluir
  18. Estão distorcendo toda a sabatina contra o Celso!

    ResponderExcluir

Postar um comentário