Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Ter crenças não é problema, mas o que as pessoas fazem com elas

por Willian Papp (foto) a propósito de

Willian Papp
Acreditar faz parte da natureza humana. Cada um de nós possui crenças, e os motivos que nos levam a tê-las são diversos. O pensamento racional pode nos afastar de muitas delas e nos aproximar de algumas entre elas.

Ter crenças não é o problema. O problema é o que fazer com elas. Devemos guardá-las ou externá-las? Devemos usá-las como base das nossas vidas ou devemos renegá-las ao mesmo lugar no qual guardamos as nossas impressões sobre os assuntos de ficção científica que mais gostamos?

É claro que alguém consciente de sua pequenez não sai por aí propagando as suas crenças como se elas fossem as únicas e certas. Não. Isso é coisa de gente arrogante, egoísta e com problemas psicológicos.

Embora a crença na ideia de Deus seja algo sistêmico, sendo a descrença uma anomalia desse sistema, é importante que saibamos separar as coisas. Acreditar em “Deus” é uma coisa. Acreditar nas religiões é outra coisa. Religiões existem aos montes. Cada qual com seus dogmas, crenças, regras.

A prepotência dos líderes religiosos, que é acompanhada por seus fiéis, e a incapacidade de ambos de conviver com crenças alheias vêm escrevendo com sangue e lágrimas a História deste mundo.

A dificuldade de termos um mundo religiosamente plural e pacífico não reside na quantidade de religiões existentes, mas, sim, na falta de humildade de muitos daqueles que as praticam. Humildade para reconhecer que outras crenças existem e que, talvez, elas sejam melhores do que as suas.

Deve-se investir na propagação do pensamento racional, não porque ele irá salvar-nos de nós mesmos. Não. Devemos investir porque a racionalidade irá destruir as desculpas, as mentiras que contamos para nós mesmos e que usamos para praticar a nossa intolerância.

Desse modo, se não tivermos um mundo mais pacífico, pelo menos teremos um menos hipócrita.

Ateus defensores das religiões têm complexo de Messias.
por Willian Papp em maio de 2012 

Posts de leitor.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...