Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Católicos argentinos acusam artista de zombar de Maria

O provocativo Ferrari 
está com 92 anos
Católicos argentinos, tendo a frente Martin Viano, diretor da organização cívica Para Hacerse Oír-Hablemos Claro, querem suspender a exposição Brailles y Relecturas de la Biblia, porque, dizem, nela o artista León Ferrari (foto) zomba da Virgem Maria e de referências cristãs. 

A exposição apresentada pelo Museu de Arte Latino-americano de Buenos Aires contém 70 colagens que o artista produziu entre 80 e 90. Ela se encerra no dia 2 de julho.

Nessas colagens, Ferrari relaciona ícones de diferentes religiões a guerras, morte e sexo. Em algumas delas, há inscrições provocativas em braille. De acordo com o artista, as colagens são alegorias contra a violência.

Viano emitiu nota conclamando os fiéis a protestarem contra a falta de respeito para com as crenças religiosas, com o uso, inclusive, da pornografia, que no museu, argumentou, pode ser vista por crianças.

Ele afirmou, como exemplo, que é de causar mal-estar uma colagem que mostra uma relação homossexual explícita perto da cabeça da Virgem Maria.

Ferrari nasceu em Buenos Aires em 1920. É pintor, gravador, escultor e artista multimídia. Trabalhou na Itália como escultor e na década de 70 morou alguns anos em São Paulo.

O New York Times o considera como um dos mais provocativos e talentosos artistas da atualidade.

Algumas colagens da Releitura da Bíblia










Com informação da imprensa argentina.

Rússia proíbe pintura que mostra Mickey Mouse como Jesus
agosto de 2011

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...