Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

quinta-feira, 8 de março de 2012

Pastor e missionária são acusados de estupro de meninas

Ungido atraia as meninas 
para lhes ensinar religião
A Justiça de Volta Redonda (RJ) aceitou denúncia (acusação formação) do MP (Ministério Público) contra o pastor Reginaldo Sena dos Santos (foto), 59, e a missionária Maria de Fátima Costa da Silva, 58, sob a acusação de abuso sexual de sete meninas.

Denunciado por um anônimo, Santos foi preso em flagrante no dia 4 de fevereiro. Ele estava fundando uma igreja e pregava e celebrava cultos na casa de fiéis. Apresentava-se com o seu apelido: Ungido.

De acordo com o MP, o Ungido atraia as crianças para a sua casa sob o pretexto de lecionar música e religião. A missionária preparava as crianças para o pastor, dando-lhes banho. A Justiça determinou a prisão preventiva dela.

Entre 2006 e fevereiro de 2012, o pastor teria tido “conjunção carnal” com meninas que atualmente estão na faixa de 9 a 15 anos.

O pastor procurava agradar as crianças com dinheiro, doces, brinquedos e fornecimento de material escolar.

Para que duas irmãs não contassem a seus pais sobre o abuso, o Ungido disse que um anjo poderia furar com uma espada os seus olhos, deixando-as cegas, como a mãe delas.

Com informação das agências.

No noticiário, casos de pastores pedófilos superam os de padres.
julho de 2011

Pastor evangélicos pedófilos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...