Cidade do ES aprova lei que livra de punição barulho das orações

A nova lei é de autoria 
de João Luiz Teixeira
A Câmara Municipal de Serra, no Espírito Santo, aprovou e o prefeito Sérgio Vidigal (PDT) sancionou lei que dá tratamento privilegiado às igrejas em relação ao cumprimento da legislação que estabelece limite para a poluição sonora.

Como base no Código do Meio Ambiente, uma lei municipal estabelece para o barulho o limite de 55 decibéis no período das 7 às 22h e de 50 à noite.

A nova lei, contudo, permite que os cultos evangélicos produzam 30 decibéis a mais. Ou seja, 85 decibéis até as 22h e 80 a partir desse horário.

A lei também impede que haja fiscalização do disque-silêncio nas igrejas aos sábados, domingos e feriados. A cidade tem mais de 400 mil habitantes e fica a 27 km de Vitória, a capital do Espírito Santo.

Gerson Baroni, coordenador da equipe do disque-silêncio de Serra, se manifestou contra a nova lei porque, disse, 85 decibéis são um nível tão elevado, que o máximo verificado na cidade foi de 65. Ele afirmou que os limites de decibéis concedidos às igrejas estão bem acima dos padrões normais. "[Apesar disso] não vou poder multar."

A lei é de autoria do vereador João Luiz Teixeira Corrêa (na foto acima), do PDT. Para ele, as igrejas merecem o tratamento diferenciado porque elas contribuem para a redução da criminalidade e não têm dinheiro para que a acústica de seus templos seja compatível com o Código do Meio Ambiente.

O vereador, seus colegas e o prefeito desrespeitaram a Constituição brasileira, cujo artigo 5º diz que todos são iguais diante da lei.





Com informação da Câmara Municipal de Serra e de A Gazeta.

Barulho evangélico faz vizinhos criarem o site 'Deus não é surdo'.
agosto de 2010

Barulho de culto.

Comentários

  1. O Jeovalino da Luz NÃO É SURDO!

    Podem testar. Berrem alguma frase e ouçam a ver se Êle responderá "HEIN?"

    ResponderExcluir
  2. Aff que ridículo. Ainda vem que não moro nessa cidade ae xD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você não mora nessa cidade, mas ELES moram na sua... Se abre um precedente contra todas as leis (desde a constituição, passando pelo código penal, até o código de meio-ambiente), e, logo, logo, teremos uma teocracia de direito (porque de fato, já estamos!).

      Excluir
  3. Mais uma deus é surdo.

    ResponderExcluir
  4. 'Para ele, as igrejas merecem o tratamento diferenciado porque elas contribuem para a redução da criminalidade e não têm dinheiro para que a acústica de seus templos seja compatível com o Código do Meio Ambiente.'

    O que isso tem haver com o limite dos decibéis aumentados?

    ResponderExcluir
  5. "A lei é de autoria do vereador João Luiz Teixeira Corrêa (na foto acima), do PDT. Para ele, as igrejas merecem o tratamento diferenciado porque elas contribuem para a redução da criminalidade e não têm dinheiro para que a acústica de seus templos seja compatível com o Código do Meio Ambiente."

    Em outras palavras: as igrejas estão financiando a campanha dele e ñ vão gastar com acústicas pq a grana está sendo melhor aplicada em bens (carros, mansões), tudo em nome de deus. ¬¬

    ResponderExcluir
  6. Isso tem nome e numero no Código Penal, é formação de quadrilha.

    ResponderExcluir
  7. É óbvio que o vereador não conhece física (se é que conhece alguma coisa). 80 decibéis ao invés de 50 não é só 60% a mais de barulho. Decibel é uma escala logarítimica. 30 dB a mais significa 1000 vezes mais barulho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, cara, triste essa teocracia imposta que estamos vivendo no brasil.

      Excluir
  8. E uma completa falta de respeito com os cidadãos. Proponho que eles usem um carro de som, orando a 85 decibeis, todos os dias ininterruptamente, na frente dá casa dõ vereador ate ele ficar louco e revogar a lei.

    ResponderExcluir
  9. "não têm dinheiro para que a acústica de seus templos seja compatível com o Código do Meio Ambiente."

    Esse velho babão anda fumando crack??

    ResponderExcluir
  10. Qual a necessidade de gritar, se o suposto deus de Abraão é onipresente?
    Contradição: intrínseco ao protestantismo desde o século XV.

    ResponderExcluir
  11. Mais uma afronta ao Estado Laico e à Constituição Federal. Se chiar o Ministério Público derruba essa lei.

    Mas isso é bom. Cada vez mais fica evidente que muitos dos grupos religiosos desse país são criminosos (quem não cumpre a lei é criminoso)assim como muitos dos grupos políticos. Eles fazem um par perfeito.

    O que cabe a nós é fazer barulho e mostrar a nossa indignação e incentivar os nossos amigos capixabas a se movimentarem, acionando o Ministério Público, para derrubarem essa lei.

    ResponderExcluir
  12. E dizem que não estamos caminhando rumo à teocracia... Isso é tão absurdo que acho que vai acabar sendo derrubado. E espero mesmo que seja, porque como disseram acima, se lá isso for oficializado, vai abrir precedente e aí ferrou... Todas as igrejas do Brasil com licença para berrar à vontade. Ê, festa...

    ResponderExcluir
  13. Se a lei fosse aplicada com rigor, filhinhos de papais que ficam com o som ligado no último, em sues carrões, estariam ferrados,e não só as igrejas.
    A lei é igual para todos?Onde?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alguém ãqui disse que não é contra o som dos carros dos playboys? Também acho que deviam ser multados cada vez que fossem pegos com aquele barulho que só serve para incomodar os outros enquanto tentam aparecer e se pagar de fodões. Para mim, quem põe som alto no carro é para compensar pinto pequeno.

      Mas não foi feita uma lei para permitir a eles colocarem o som alto, foi? Foi feita uma lei para permitir que crentes berrem à vontade tarde da noite, e é contra isso nós que estamos.
      Quando você vai perder a mania de tentar mudar de assunto dizendo coisas que não têm nada a ver?

      Excluir
    2. Concordo. Qualquer barulho acima do "suportável" ou em tempo demasiado atrapalha e irrita. Até mesmo uma mosca rondando os ouvidos irrita, imagine uma igreja em que fazem um berreiro e que você muitas vezes não está psicologicamente "apto" a suportar mais que dois ou três minutos. Tem que acabar com essas práticas desrespeitosas, doa a quem doer. O direito de um termina quando começa o do outro.

      Excluir
  14. A lei do silêncio é para estabelecimentos.

    Aqui em SP esses playboys costumavam ficar nas lojas de conveniências dos postos de gasolina. O que a Prefeitura fez? Meteu multa nos postos. Pergunte se agora os postos deixam os playboys ficarem com os sons altos.

    Se um desses playboys for pego pela polícia a Lei que eles vão ter que encarar é outra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E igrejas e tempos são o que? Portais espirituais?

      Excluir
    2. Hã?

      São estabelecimentos, também. A lei vale para as igrejas, é claro.

      Excluir
    3. Uma lei que impeça uma igreja de fazer o que bem entender?
      Isso non ecsiste.

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  15. isso é privilégio,s em contar que é inconstitucional e temos que aprender ouvir porcarias.

    ResponderExcluir
  16. Putz. Eu moro aqui na Serra, ES. Quase na frente da minha casa já tem uma igreja que fica a toda até umas 11 da noite uns 4 dias na semana. O sono de quem tem que trabalhar que se lasque. pqp.

    Mas aqui no Espírito Santo acho que tá ficando normal essas leis malucas por parte dos vereadores. E nem são só dos evangélicos.

    []´s

    LHDias

    ResponderExcluir
  17. Quem muito grita pensa que o outro não tá escutando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  18. Não têm dinheiro para que a acústica de seus templos seja compatível com o código de meio ambiente? Isso é piada?

    ResponderExcluir
  19. A prova que deus é surdo.

    ResponderExcluir
  20. Então vou botar Born This Way da Lady Gaga no último volume e fazer a coreografia na frente de uma igreja junto com um grupo de Drag Queens.

    Vamos ver quem é homem para nos impedir. Já que tudo pode agora, já que podem encher nosso saco e acabar com nosso sono com delírios, vou acabar com o sono deles agora.

    Afinal de contas, são "direitos iguais"!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bruno servo de deus4 de março de 2012 11:38

      Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    2. É claro que ele é homem do sexo masculino, vc deve esta tentando usar seu cérebro limitado para afirma que o Luan Cunha seja homossexual e não heterossexual.


      Ah, bicha é um tipo de lombriga que povoa cérebros vazios e limitados.

      Excluir
  21. É só devolver na mesma moeda...Fazer uma procissão na frente do templo deles e cantar os hinos de outras igrejas. Uma religião não pode reclamar da outra e se disserem que a lei vale só pra templo é só dizer que ainda não têm um templo e a rua é de Deus, assim como o ar que propaga os sons deles não se contém só no tempo e sai por aí...

    Melhor ainda é fazer trabalhos e despachos nas calçadas deles na mesma hora. Há a opção de colocar som alto tb, se algum morador da frente do puteiro, ops, templo, conseguir potentes caixas de sons. O condomínio combina de ninguém reclamar durante uns dias e dentro do condomínio quem manda são os moradores, são as regras internas, é o que dizem qdo se chama a polícia por exemplo. Então, som na caixa pra espantar os berrões. Passear com cães na frente, bem na hora dos cultos, e deixar a turma uivar à vontade, nem precisa ensinar, cães têm ouvidos sensíveis...Tá, uns rojões ajudam a desatar o uivo, além daqueles carros que fazem homenagens musicais bregas. Todo dia e hora de culto alguém faz aniversário na rua hehehe.

    Outra é formar um grupo de falsos fiéis se misturando a eles, fazer tudo que querem como querendo se converter e atravessar o samba de propósito só pra ver como reagem. Vão expulsar ? só porque cantam mal? hummm



    Bem,delírios à parte, quem bate o martelo ? qual argumento falará mais alto, a saúde mental das pessoas lesadas ou a liberdade de perturbação religiosa?

    Qdo me deparo com tais berreiros canto junto: na casa do senhÔ não existe satanás, xô, satanás, xÔ satanás.

    Ficam 'fulos' de raiva...

    Se o caso for de pregação em praça pública, fica mais fácil: se vestir de crente, fingir um ar compungido, pegar uma 'bibra' e ler bem alto os piores trechos, inclusive os mais 'sensuais'. Podem apostar, eles somem do pedaço...


    Pra fechar: se eu não tivesse lido o post eu jamais acreditaria se me contassem, logo um do PDT?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lia, suas idéias para infernizar as igrejas são cruéis e ardilosas, você é um gênio do mal sem coração. Está solteira? :D

      Brincadeiras à parte, também acho muito interessante a idéia de usar a lógica deles contra eles mesmos... Mas como sabemos, dois pesos, duas medidas. Eles podem, os outros não; porque quem vai apurar o caso quando eles reclamarem será o delegado que é da igreja deles, o juíz que é pastor, vão receber apoio do deputado que é bispo, etc, etc, etc...

      Excluir
  22. Pessoas que propõem essas leis nem sequer sabem o q são decibéis...

    ResponderExcluir
  23. Não alimentem o Bruno Servo de Deus porque estou deletando todas as postagens dele.

    ResponderExcluir
  24. Imagino o sofrimento de um enxaquecoso morador do ES... coitado!
    Sou enxaquecosa e tenho vontade de dar um tiro na minha cabeça durante as crises, que também são inciadas por barulho excessivo.
    Morando num lugar onde um crente pode tudo em nome do senhor dele, deve dar vontade é de dar um tiro na cabeça do crente, em nome do fim de uma crise de enxaqueca.

    ResponderExcluir
  25. Sr. Paulo Lopes

    Reportagem da TV Gazeta do ES sobre a liberação das igrejas da Lei do Silêncio.

    http://www.youtube.com/watch?v=JGX4Q5Z9y4g

    ResponderExcluir
  26. Não sou Ateu, mas isso é um absurdo!!! 85 db seria um verdadeiro inferno na Terra. A menos que queiram orar alto o suficiente para assustar Satanás, não faz sentido fazer tanto barulho. Affffff vou virar budista, lá pelo o menos todo mundo ora em silencio, cansei de gritaria....

    ResponderExcluir
  27. A religião é uma grande merda.
    Os crentes são o sub-produto dessa merda.
    Malditos!
    Enchem-se de filhos, que são criados ao "deus dará" e só pensam naquilo (orar).
    Quadrilha de bandidos travestidos de religiosos.
    Malditos!

    ResponderExcluir
  28. É bom acontecer isto, porque mostra que a Palavra de Deus estar se cumprindo.

    Maranata o Senhor Jesus Vem

    bibliaapalavradedeus.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom criar uma lei que beneficia apenas um tipo de mitologia?! Muito justo isso.

      Excluir
    2. A Palavra de Deus manda incomodar os que não são da sua denominaçao barulhenta? porque mesmo entre os crentes mais obtusos há gente que ora em silencio

      Excluir
  29. APDSJ

    O Senhor Jesus estar as portas. Jesus vem

    MARANATA O SENHOR JESUS VEM

    bibliaapalavradedeus.blogspot.com

    ResponderExcluir
  30. Fazer o que, esses imbecis tem o direito divino de encher o saco.

    ResponderExcluir
  31. dan tenha calma sem ofensas.

    ResponderExcluir
  32. O negocio é montar uma igreja ao lado da case dele e ficar fazendo barulho sem parar.

    ResponderExcluir
  33. quanto à barulho de carros com pancadões, aqui na minh área, resolvi com uma granada atirada entre dois desses carros e com uma duzia de tiros de pistola com silenciador (maravilhosa invenção essa) nos vidros e pneus de outros tantos. agora, os vagabundos estão enchendo o saco de algum outro coitado, mas em outro lugar bem distante.
    quanto ao barulhos desses antros de ladainhentos baba-cuecas de pastores, dou uma sugestão: que tal pregar na fachada de algum prédio ou casa em frente à pocilga gospel um letreiro bem grande escrito "AQUI, SEDE ESTADUAL DOS FUNDAMENTALISTAS TALIBÃS E MUÇULMANOS". " NESTE SÁBADO COMEÇA O NOSSO GIHAD. VENHA PARTICIPAR TAMBÉM DESSE EVENTO CONTRA OS INFIÉIS OCIDENTAIS" . ???
    não creio que haja gente com tanta fé e coragem de querer desafiar fundamentalistas-terroristas-suicidas.
    afinal, se houver qualquer tentativa de protesto, também pode-se alegar perseguição religiosa. Não são somente esses sub-produtos do intestino delgado que tem a primazia de fazer barulho ou intimidação.

    se fosse aqui comigo, esse problema ja teria resolvido com uns tirinhos na fiação eletrica do predio deles.

    ResponderExcluir

Postar um comentário