Padre que abusou de 55 crianças na Irlanda dava aula em Osasco

O padre Peter Kennedy fugiu em 2003 da Irlanda por estar sendo acusado de ter violentado 55 crianças. Ele passou uns tempos como motorista de táxi em Londres, vindo para o Brasil com um passaporte britânico. O padre se estabeleceu em Osasco, na Grande São Paulo, onde se tornou professor de inglês.

O Brasil só deportou Kennedy, que tem 72 anos, para a Inglaterra (de lá foi mandado para Irlanda) em dezembro do ano passado. O Brasil não tem tratado de extradição com a Irlanda.

Não há informação sobre como ele conseguiu se manter tanto anos no Brasil. Desde a sua fuga, as autoridades irlandesas desconfiam de que ele estava na América do Sul.





Kennedy foi ordenado em 1964. Pertencia à Sociedade Missionária de St Patrick. Ele foi secularizado no mesmo ano de sua fuga. 

Duas de suas vítimas se suicidaram. Uma terceira contou à Justiça irlandesa ter sido violentada aos 13 anos de idade quando Kennedy foi chamado para dar extrema unção ao seu pai. O abuso ocorreu no quarto em que o homem estava morrendo.

Semelhantes

Postagens mais visitadas deste blog