Polícia da Itália prende padre acusado de pedofilia e uso de droga

A polícia de Gênova (Itália) prendeu hoje o padre Ricardo Seppia (foto), 51, sob a acusação de abuso de um menor, a quem teria dado drogas. Ele era o pastor da Igreja do Espírito Santo. Há suspeita de que tenha cometido outros abusos.

O cardeal Angelo Bagnasco, presidente da Conferência Episcopal Italiana, a CNBB de lá, manifestou “preocupação e tristeza” e “total confiança na Justiça italiana”.

Em uma carta aos fiéis, ele lamentou o “comportamento imoral” de Seppia e disse que ia orar pela vítima.

Há pouco mais de dois meses, o Tribunal Penal de Roma condenou um padre a 15 anos e quatro meses de prisão por ter violentado 7 meninos entre 1998 a 2008.

Com informação das agências.

> Padre italiano pedófilo confessa ser portador do vírus da Aids.
maio de 2011

Semelhantes

Postagens mais visitadas deste blog