Pular para o conteúdo principal

Hospital francês é condenado após salvar Testemunha de Jeová com transfusão

O paciente tinha sido internado devido a uma crise biliar, correndo risco de morte

A Justiça da França condenou o Hospital Universitário de Bordeaux a pagar indenização a seguidor das Testemunhas de Jeová que recebeu transfusão de sangue sem o consentimento.

O procedimento salvou a vida do paciente, que, mesmo assim, recorreu à Justiça porque a sua religião entende que a Bíblia proíbe o recebimento de sangue (Gênesis 9:4; Levítico 17:10; Deuteronômio 12:23; Atos 15:28, 29).

Para a religião fundamentalista, quem for submetido ao procedimento médico ficará amaldiçoado, sem chance de entrar no Paraíso.


O paciente foi internado para a remoção da vesícula biliar, cuja inflamação ameaçava sua vida.

No período de 20 de fevereiro a 2 de março de 2016, houve três transfusões. O hospital foi condenado somente pela terceira, a única feita com o paciente consciente, tendo ele se manifestado contra a transfusão.

O hospital foi condenado a pagar 3.000 euros (R$ 16.500) por danos morais e a 1.000 euros (R$ 5.500) por falta de informação ao paciente sobre a transfusão.



Comentários

Qualquer pessoa deve ter o direito de aceitar ou não um tratamento médico. Já é um direito estabelecido. Mesmo que outros ou mesmo um médico queira impor um tratamento. Mesmo alegando que é o melhor para o paciente! A justiça está TOTALMENTE CERTA!

Post mais lidos nos últimos 7 dias

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Veja 14 proibições das Testemunhas de Jeová a seus seguidores

Veja os 10 trechos mais cruéis da Bíblia

Terraplanista vai a Noruega, vê o sol da meia-noite e admite que a Terra é redonda

Bíblia tem mais de 2,5 milhões de mortes em nome de Deus

Ministro 'terrivelmente' evangélico decide que financiar monumento religioso é constitucional

Contar o número de deuses é difícil porque são muitos, dezenas de milhares, milhões

Trechos bíblicos cuja existência crente finge não saber

Igrejas católicas alemãs estão sendo derrubadas. É a demolição da própria religião

Padre autor do mosaico de Aparecida é acusado de invocar a Trindade para ter sexo a três