Pular para o conteúdo principal

Médicos que adotam procedimentos não científicos contra Covid-19 devem ser punidos, diz Varella

O médico Drauzio Varella afirma que os Conselhos de Medicina deveriam punir os médicos que endossam publicamente procedimentos não científicos contra a Covid-19.

“Devido ao seu conhecimento técnico, os médicos têm muito mais responsabilidade do que qualquer outra pessoa de se manifestar corretamente sobre a pandemia", diz.

"Não consigo entender as motivações de alguns. E nem a omissão dos órgãos de classe, que têm a obrigação de zelar para que isso não aconteça”.

Como exemplo de entidade médica que não tem sido omissa, ele cita o Conselho de Medicina dos Estados Unidos, que suspendeu temporariamente o registro de um médico que se recasa a usar máscara contra o coronavírus.

Varella acrescenta que médicos não podem usar o pretexto da liberdade de expressão para disseminar desinformação.

Para ele, profissionais da medicina que não seguirem os parâmetros científicos devem ser responsabilizados porque prejudicam o combate à doença e saúde pública.

“No caso da vacina, tinha que ter processo contra esses médicos que falam contra. Tinham que ser punidos, correr o risco de perder o registro profissional porque o mal que esses caras fazem para a população é incomensurável.”

Ele critica o governo por não ter veiculado nenhuma campanha de esclarecimento sobre a Covid-19, abrindo mais espaço para as fakes news.

Se não fosse a imprensa, diz, nós "estaríamos perdidos".

Varella está preocupado
com os médicos negacionistas

Com informação da MediaTalks e de outras fontes e foto reproduzida da rede social.


Comentários

Posts mais acessados na semana

Dona Religião é casada com sr. Atraso e têm vários filhos

Igreja Católica da Alemanha admite que freiras forneciam crianças a padres pedófilos

Bolsonaro compra a novela 'Os dez mandamentos' da Record para a TV Brasil

Papa Francisco confirma que lugar da mulher na Igreja é na cozinha

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade