Pastor brasileiro pede a Deus que massacre os judeus como na 2ª Guerra Mundial

O pastor Tupirani da Hora Lores invocou Deus em um culto para que ele massacrasse os judeus como houve na Alemanha de Hitler.

“Deus da Igreja, massacra eles. Que sejam envergonhados como na Segunda Guerra e não consigam forças para levantar. Malditos sejam os judeus, que cuspiam e continuam assassinando Jesus Cristo até hoje”, disse.

Lores é líder Igreja Pentecostal Geração Jesus Cristo,


A igreja começou a chamar a atenção em 2009, quando um fiel depredou um centro espírito, dizendo que estava desafiando Satanás.

Em abril de 2018, seguidores de Lores atacaram guardas municipais do Rio que os flagaram pichando monumentos. Houve 12 feridos. 

Lores chama
judeus de vermes


O pastor, que já foi condenado por intolerância religiosa, afirmou desta vez que se deve pisar nos judeus “como vermes que são”.

A pregação repercutiu em todo o mundo, e organizações de direitos humanos esperam que as autoridades brasileiras imponham a lei ao pastor nazista. 


Com informação das redes sociais.



Lesão no cérebro resulta em fanatismo religioso, diz estudo

Autor mostra em 'Lunáticos por Deus' a insanidade das religiões

Onde termina o extremismo religioso e começa a loucura?

Fanatismo evangélico ameaça a democracia no Brasil, diz reverendo