Pular para o conteúdo principal

Edir Macedo obtém alta após contrair Covid-19, doença que ele tinha minimizado

Internado desde segunda-feira (8) no hospital Moriah, em São Paulo, por ter contraído o novo coronavírus, o bispo Edir Macedo, 75, obteve alta hoje (12).

Nota da Igreja Universal afirma que o seu líder está “totalmente” recuperado.


Informa que Macedo foi tratado com vários medicamentos, incluindo a cloroquina, remédio controverso “prescrito” pelo presidente Bolsonaro.

Não há comprovação científica da eficácia do remédio para coronavírus.

Em março, Edir Macedo disse que a doença era “uma tática de Satanás”, para que as pessoas orassem e não se amedrontassem com “qualquer ventinho” que provocasse pneumonia. 


O bispo foi atendido pela equipe liderada pelos médicos Ricardo Teixeira e Leandro Echenique, cardiologista que acompanhou o presidente Bolsonaro em setembro de 2019.  Não há informação se o Edir Macedo foi entubado.

O hospital Moriah é do grupo das empresas de Edir Macedo.

Echenique tratou de Macedo




Edir Macedo compra em Miami apartamento por US$ 9,65 milhões

Bispo Edir Macedo diz que só tem fé quem faz ‘oferta’

Macedo comete charlatanismo ao 'curar' gay e 'queimar' Aids

Edir Macedo investe em hospital e em plano de saúde




Comentários

Emerson Santos disse…
Para sorte desse sujeito .. seus seguidores são pessoas com baixo QI ou com o cérebro lesado pelo uso de drogas ou escolaridade nula ... coisas que no brasil são mais regra que exceção .. uma pessoa com minimo de senso critico simplesmente diria "Se é tática de satanás, porque não pediu a ajuda de um de seus pastores para acabar com a doença ao invés de ir prum hospital de luxo ???"
Anônimo disse…
Se a cloroquina não cura. Então sabemos que curou ele!

Posts + acessados hoje

Derrota de Crivella abala projeto de poder de Bolsonaro e o de Edir Macedo

Bolsonaro impõe sigilo em telegramas de interferência em crise da Universal em Angola

'Penha me transformou em monstro', afirma ex-marido