Pular para o conteúdo principal

Itália vai estender restrições para evitar segunda onda do Covid-19

A Itália estenderá a maior parte de suas medidas restritivas até 3 de maio para evitar uma segunda onda de contágio, afirmou a imprensa local. 

O primeiro-ministro Giuseppe Conte deverá emitir um decreto ainda nesta sexta-feira ou no sábado proibindo cidadãos de passear em parques, por exemplo.

Segundo o jornal Corriere della Sera, o chefe de governo permitirá que um pequeno número de empresas, como papelarias e fabricantes de máquinas agrícolas, reabra quando as medidas vigentes expirarem em 13 de abril, em meio à crescente pressão para o retorno da normalidade.


"Se os cientistas confirmarem, podemos começar a relaxar algumas medidas até o final deste mês", afirmou Conte à emissora britânica BBC na quinta-feira.

A Itália é o país com maior número de mortes por Covid-19 no mundo, somando mais de 18 mil vítimas. 

Em número de casos, fica atrás dos Estados Unidos e da Espanha, com o registro de mais de 143 mil infecções até o momento.

DESDE O DIA 12 DE MARÇO
ITALIANOS ESTÃO EM
CONFINAMENTO OBRIGATÓRIO

Com informação das agências.




Coronavírus: dez informações sobre as quais todos precisam saber

Ministério da Saúde informa sobre as diferenças entre o Covid-19, resfriado e gripe

Saiba como se proteger do coronavírus

Estudo confirma que coronavírus oferece maior risco de morte aos idosos

Vídeos: artistas usam humor contra o coronavírus

Em tempo de coronavírus, a religião tem de se ajoelhar diante da ciência





Comentários

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Romualdo Panceiro cria a Igreja das Nações para concorrer com a Universal

Pastor diz que máscara é ‘frescurite’; fiel idosa e marido morrem de Covid-19

Maitê recupera pensão de solteira apesar de união com empresário







EDITOR DESTE SITE
Paulo Lopes é jornalista.Trabalhou
no jornal abolicionista Diario Popular,
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e outras publicações.

Contato