Pular para o conteúdo principal

Itália vai estender restrições para evitar segunda onda do Covid-19

A Itália estenderá a maior parte de suas medidas restritivas até 3 de maio para evitar uma segunda onda de contágio, afirmou a imprensa local. 

O primeiro-ministro Giuseppe Conte deverá emitir um decreto ainda nesta sexta-feira ou no sábado proibindo cidadãos de passear em parques, por exemplo.

Segundo o jornal Corriere della Sera, o chefe de governo permitirá que um pequeno número de empresas, como papelarias e fabricantes de máquinas agrícolas, reabra quando as medidas vigentes expirarem em 13 de abril, em meio à crescente pressão para o retorno da normalidade.


"Se os cientistas confirmarem, podemos começar a relaxar algumas medidas até o final deste mês", afirmou Conte à emissora britânica BBC na quinta-feira.

A Itália é o país com maior número de mortes por Covid-19 no mundo, somando mais de 18 mil vítimas. 

Em número de casos, fica atrás dos Estados Unidos e da Espanha, com o registro de mais de 143 mil infecções até o momento.

DESDE O DIA 12 DE MARÇO
ITALIANOS ESTÃO EM
CONFINAMENTO OBRIGATÓRIO

Com informação das agências.




Coronavírus: dez informações sobre as quais todos precisam saber

Ministério da Saúde informa sobre as diferenças entre o Covid-19, resfriado e gripe

Saiba como se proteger do coronavírus

Estudo confirma que coronavírus oferece maior risco de morte aos idosos

Vídeos: artistas usam humor contra o coronavírus

Em tempo de coronavírus, a religião tem de se ajoelhar diante da ciência





Comentários

Posts mais acessados na semana

Dona Religião é casada com sr. Atraso e têm vários filhos

Bolsonaro fica irritado com aprovação da CoronaVac que vai salvar vidas

Aprovação da CoronaVac significa duro golpe no bolsonarismo

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Bolsonaro compra a novela 'Os dez mandamentos' da Record para a TV Brasil