Pular para o conteúdo principal

Divulgador científico viral, Átila Iamarino, adverte que Brasil vai ter que alternar entre mitigação e supressão

Com 675 mil inscritos em seu canal (no dia 22 de março de 2020), o biológo Átila Iamarino (Currículo Lattes),  até 15 dias conhecido num estreito círculo de jovens do ScienceBlogs Brasil e do Nerdologia e, após a eclosão da Covid-19, com uma explosão de quase 4,5 milhões de acessos no seu canal no Youtube, está viralizando.

Na última live, ele fala Porque é Importante ficar em Casa,   estabelecendo diferenças entre o que é "mitigação" e "supressão". "Mitigação", o procedimento  correto nessa  altura, é o que o Brasil está fazendo, na redução da circulação de pessoas, mantendo apenas os serviços essenciais. "Supressão" é quando nenhum comércio abre, o que é o que a China já fez em Wuhan  no momento maior da crise,  e o que os brasileiros deverão viver em breve.   


Segundo ele, "se o Brasil não adotar essas normas rígidas haverá mais de 1 milhão de mortos. Felizmente, o Brasil está adotando". 

Sem entrar em opiniões políticas diretamente, ele deixa claro que   é  um absurdo pressionar o Governo para voltar às atividades econômicas.  "Estamos falando de vidas.  O Brasil não pode seguir o exemplo da Itália, que demorou para tomar medidas de isolamento total", alerta.


1 em cada 100 pessoas com Covid-19 morre

Segundo ele, "sendo generoso, de cada 100 pessoas que pegam Coronavírus, 1 delas morre, cerca de 14 dias depois dos primeiros sintomas".

Ele aponta, em seu vídeo,  as razões de contágio de  a pandemia crescer e com base em projeções já adverte que a Espanha terá proporcionalmente mais perdas que a Itália.

Para fazer essas previsões, ele se baseia  em um documento que o próprio Iamarino posta em seus vídeos:  Impacto de intervenções não farmacêuticas (NPIs, na sigla em inglês) para reduzir a mortalidade e a demanda de cuidados de saúde com COVID-19.  documento público, disponível no site do Imperial College, divulgado  por uma plêiade de cientistas da WHO (OMS):  Collaborating Centre for Infectious Disease Modelling,  MRC Centre for Global Infectious Disease Analysis, Abdul Latif Jameel Institute for Disease and Emergency Analytics e, claro, o  Imperial College of London


Divulgação Científica

Átila Iamarino se alinha a Drauzio Varella como divulgador científico sério, comprometido com temas caros à população, numa linguagem menos hermética,  e desprovido  de qualquer crença que não seja na Ciência.

O que é muito bom, tendo em vista que o Brasil sempre careceu de quem faça a ponte entre Comunicação e Ciência. Mesmo os cursos acadêmicos de  Jornalismo Científico formam muito mais pessoas versadas num  discurso  purista do que um "tradutor" de teses, vocabulário e ideias da Ciência para uma versão mais palatável.

Ainda que mais digeríveis,  os vídeos de Iamarino  ainda possuem  uma abordagem com certa  complexidade e são um pouco longos, para uma população ávida por informações e numa época em que a atenção só se prende  numa argumentação expositiva por até 15 minutos.

Tanto que colaboradores de Átila  fazem a divisão do tempo do vídeo em temas. Como esse  índice, repetido aqui abaixo, do vídeo de 22 de março.

01:03 - Curso da doença 
20:50 - Interpretando os números 
31:00 - O que o Brasil está fazendo? 
43:35 - Recados finais 
44:00 - Átila solicitando que parem de distorcer a mensagem dele

Por causa da sua experiência em podcasts e lives, às vezes suas apresentações são atrapalhadas e interrompidas com saudações, olás e salves aos fãs, no chat. Afortunadamente,  nos dois últimos vídeos, com temas   bem graves, esses cumprimentos foram abandonados.




Átila Iamarino é Biólogo,  bacharelado (2006), doutor em microbiologia (2012) pela Universidade de São Paulo e divulgador científico na internet. Fez pós-doutorado pela Universidade de São Paulo e pela Yale University em Virologia  (Ebola, Zika, HIV) e espalhamento de vírus. 

Fundador da maior rede de blogs de ciência em língua portuguesa, o ScienceBlogs Brasil, ele atualmente  faz comunicação de ciência no Nerdologia e no próprio canal no YouTube para mais de 2 milhões e meio de pessoas. 

Na mesma linha editorial  deste blog Paulopes, vale a pena também assistir:  O que é o espírito na minha visão de cientista 

Comentários

Posts + acessados nos 30 dias mais recentes

Morre de Covid-19 pastor bolsonarista que defendia uso da cloroquina

Angolanos expulsam os pastores brasileiros de 30 templos da Universal

Edir Macedo amaldiçoa angolanos que expulsaram pastores brasileiros de templos