Robô Android Kannon celebra cultos em templo budista no Japão

A deusa de metal da
 misericórdia é um
 Android que ensina budismo

Um templo budista de 400 anos de Kyoto, Japão, adotou um robô para fazer sermões, celebrar cultos e dar conselhamentos.

Trata-se do Android Kannon, que, como o nome indica, tem como base o sistema operacional do Google para celulares.

“Kannon” é o nome de uma deusa da misericórdia.

O projeto da deusa construída em aço inoxidável é do roboticista Hiroshi Ishiguro, da Universidade de Osaka.

Custou US$ 1 milhão.

O sacerdote Tensho Goto disse: “Esperamos que o Android Kannon ajude os ensinamentos budistas a alcançar o coração das pessoas hoje”.



Com informação do Telegraph e de outras fontes.




Pesquisadoras colocam em discussão o sexo dos robôs

Onipresentes, algoritmos começam a substituir Deus

Somos as últimas gerações de Homo Sapiens; vem aí o cyborg, afirma Harari

Russo desenvolve cyborg para hospedar a alma; igreja protesta


Comentários

stéphano bahia disse…
Japonês é moderno...né
banzai