Pular para o conteúdo principal

O que o pastor não diz: Jesus pregou o mais cruel dos castigos

Jesus é bom, ama o próximo, mas não para quem de fato lê toda a Bíblia e sabe que o filho de Deus pregou o castigo mais perverso de todos. Nem Deus, no Velho Testamento, ousou tanto.

Pois, para Jesus, “se você não concorda com o que ofereço, saia daqui e vá para o fogo eterno".

Um castigo eterno, para sempre, para todo o sempre, é algo tão perverso, que talvez até mesmo para um anjo das trevas não desejaria a ninguém.

E, no entanto, Jesus,  é adorado pelo que ele diz de bom, como se isso anulasse o ódio que manifestou em certas ocasiões, segundo a Bíblia.

Em Mateus 10:34, por exemplo, ele diz: “Não cuideis que vim trazer a paz à terra; não vim trazer paz, mas espada.”

Em João 15:6: “Se alguém não estiver em mim, será lançado fora, como a vara, e secará; e os colhem e lançam no fogo, e ardem.”

Em alguns trechos bíblicos, Jesus está mais para demônio do que para santo. E isso o pastor não diz às ovelhas. 

Não olhe agora, mas é neste local
 acima para onde Jesus vai lhe
 mandar se você desobedecê-lo



Mais contradições da Bíblia

Bíblia não condena aborto nem a poligamia, afirma estudioso

Bíblia é literatura sequestrada pela religião, diz Dawkins

Histórias da Bíblia derivam de lendas da Terra de Canaã





Comentários

Novo Satanás disse…
"23.Replicou-lhe Jesus: “Se falei mal, prova-o, mas se falei bem, por que me bates?”."
São João, 18 - Bíblia Católica Online

Leia mais em: https://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/sao-joao/18/

"21.Por que me perguntas? Pergunta àqueles que ouviram o que lhes disse. Estes sabem o que ensinei”."
São João, 18 - Bíblia Católica Online

Leia mais em: https://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/sao-joao/18/

"Vinde a mim, vós todos que estais aflitos sob o fardo, e eu vos aliviarei."
São Mateus, 11 - Bíblia Católica Online

Leia mais em: https://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/sao-mateus/11/
passos2 disse…
não existe inferno eterno. O fogo é só enquanto dura o produto, depois sobra apenas cinzas.

Post mais lidos nos últimos 7 dias

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Mescla da política e religião intimida ateus no Brasil. E defendê-los e defender a razão

Deputado estadual constrói capela em gabinete. Ele pode?

Fé de pais TJs não supera direito à vida de um bebê, decide juíza

Como as memórias são armazenadas em nosso cérebro?

Veja 14 proibições das Testemunhas de Jeová a seus seguidores

Ateu manda recado a padre preconceituoso de Nova Andradina: ame o próximo

No noticiário, casos de pastores pedófilos superam os de padres

Holanda pede a religiosos provas de que animal não sofre no abate

Marianne Thieme: "Liberdade religiosa termina onde começa o sofrimento de humanos ou de animais"  O Parlamento da Holanda concedeu aos líderes do judaísmo e do islamismo um ano para provar cientificamente que o abate religioso não causa sofrimento nos animais.  Em junho de 2011, a Câmara dos Deputados aprovou lei que proíbe esse tipo de abate porque é feito sem o atordoamento dos animais. A lei terá de ser votada pelo Senado, para ser confirmada ou não, o que ocorrerá após o prazo dado para a manifestação dos religiosos. A lei foi proposta pelo Partido pelos Animais, o único do gênero no mundo. Para Marianne Thieme (foto), líder do partido, “a liberdade religiosa termina onde começa o sofrimento humano ou animal”. Ela é seguidora da Igreja Adventista do 7º Dia. A proposta da nova lei uniu judeus e muçulmanos do país. Eles acusam o Parlamento de querer acabar com a liberdade de religião. Pela tradição judaica e islâmica, os animais têm de estarem conscientes no m