No Canadá, Igreja fechará 9.000 templos em uma década por falta de fiéis

Igreja anglicana compartilha
 um templo de 150 anos em
Montreal com grupo circense

Em 10 anos, as igrejas do Canadá, principalmente a Católica, terão 9.000 templos a menos, o que significa o fechamento de um terço da totalidade atual.

A estimativa é da National Trust for Canada, que é uma organização não governamental de preservação do patrimônio histórico.

O fechamento das igrejas deve-se à secularização da sociedade canadense.

As novas gerações têm se mostrado distantes das religiões por causa principalmente das pregações conservadoras.




O escândalo global da pedofilia de padres acelerou o processo de secularização.

Robert Pajot, da National Trust for Canada, informou que templos estão sendo abandonados nas cidades e no campo, porque não há recursos para preservá-los.

Governos locais e a iniciativa privada estão adquirindo ou alugando alguns desses espaços, transformando-os em centros comunitários, bibliotecas, salas de concertos, galerias de arte e cervejarias.

Um exemplo: a igreja anglicana passou a compartilhar seu templo de 150 anos no Centro de Montreal com o grupo de artistas “Le Monastère”, que ali promove espetáculos circenses, como de trapézio.

Duas amigas compram
 igrejinha para usá-la em
apresentação de música

Igreja em Sanskatoon
 teve de ser demolida
por estar ameaçada
de desabamento

Com informações do site CBC e de outras fontes e fotos de divulgação.





Aviso de novo post por e-mail

Reino Unido tenta dar novas utilidades a templos fechados

Com 44% de ateus, Holanda usa igrejas como livrarias e cafés

Fotos mostram dez novos usos de templos religiosos falidos





Sem novos jovens, Igreja Anglicana acaba em 20 anos


A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários