Justiça da França pune cardeal por acobertar abuso de padre

O Tribunal Correcional de Lyon (França) condenou nesta quinta-feira (7 de março de 2019)  a uma pena de seis meses, isentos de cumprimento, o cardeal Philippe Barbarin (foto) por encobrir abuso de um padre pedófilo, há mais de 25 anos.

O padre é Bernard Preynat.

A condenação foi uma surpresa, porque o Ministério Público não tinha pedido nenhuma punição, e os advogados de defesa vinham argumentando que a prova do suposto acobertamento já tinha sido prescrita.

O cardeal disse que vai se afastar de suas atividades na Igreja.

Barbarin foi pego
 de surpresa por crer que
crime tinha sido prescrito

Com informação das agências.





Aviso de novo post por e-mail

Manual da Igreja Católica dos EUA orienta como acobertar estupradores

Justiça da Paraíba condena Igreja Católica a pagar indenização por pedofilia

Sucessão de abusos mostra que a Igreja Católica está moralmente falida





Associação estima que vítimas de abuso de padres sejam 100.000


A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários