Pular para o conteúdo principal

Padre da França diz que não há violência no estupro da pedofilia

O abade Alain de La Morandais causou polêmica aos participar nesta segunda-feira, 18 de março de 2018, de um programa de televisão da França, para falar sobre a pedofilia na Igreja Católica.

"Diz-se sempre que estupro é violência, mas, a princípio, eu não penso assim", disse o abade.





Entrevistado após a condenação do cardeal francês Philippe Barbarin por ocultamento de agressão sexual, o padre de 83 anos disse ter escutado em diversas confissões que "uma criança procura espontaneamente a ternura de um homem ou uma mulher (...). Muitas vezes são crianças com frustração de ternura".

A jornalista Audrey Crespo-Mara lembrou o padre de que "a responsabilidade [de um crime sexual] está no adulto".

La Morandais replicou: "Vocês todos devem ter notado que uma criança, ela vem e te beija na boca".

Juliette Méadel, ex-secretária de Estado da França, twittou um recado ao sacerdote: "Ao invés dessas justificativas desprezíveis, peça perdão a todas as crianças vítimas de padres pedófilos".

Abade La Morandais
disse que crianças
 beijos adultos na boca






Aviso de novo post por e-mail

Cardeal abusador de crianças na Austrália não demonstra remorso, afirma juiz

Sucessão de abusos mostra que a Igreja Católica está moralmente falida

Cem mil pessoas sofreram abuso de padres nos Estados Unidos




Marie tinha 13 anos e estava doente quando foi estuprada por um padre


A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários

Postar um comentário

Posts mais acessados na semana

Associação Humanista Americana retira prêmio de Dawkins por ele questionar pessoas trans

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Governo de Angola suspende as transmissões da TV Record