Pular para o conteúdo principal

Bolsonaro afirma nos EUA que mudança do Brasil vem de Deus

No discurso na Câmara de Comércio, em Washington, o presidente Jair Bolsonaro (foto) disse hoje, 18 de março de 2019, que "a grande transformação do Brasil vem pelas mãos de Deus".

Continuou: "Primeiro por eu estar vivo, depois de um atentado ainda não elucidado. E depois, o outro milagre, por ocasião das eleições, em que povo brasileiro, muito parecido com o povo americano, povo conservador, temente a Deus e portanto cristão, e que não aceitava mais lá, diferente daqui nesse aspecto, o crescimento da esquerda".

Mais: "E o exemplo negativo da Venezuela, de maneira bastante forte, se fez presente por ocasião das eleições.”

Presidente falou um
 monte de coisas,
mas não disse nada

Com informações e foto da Agência Brasil.





Aviso de novo post por e-mail

Evocação a Deus por Bolsonaro alimenta a radicalização política

Perigo da mistura de religião com política é a radicalização, diz jornalista

Bolsonaro logo vai descobrir que orações não resolverão os problemas do Brasil




Fundamentalismo religioso de Bolsonaro é pior que o da Idade Média, diz Roberto Freire


A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários

  1. Se os Cristãos obedecessem a ordem de Jesus para oferecer a outra face, estariam todos mortos agora.

    ResponderExcluir
  2. Só pra lembrar que a Hilary teve mais votos que o conservador Trump nas ultimas eleições.

    Se somarem votos não validos com os do candidato do PT. Ficaria 55,13 x 54,44 a favor do Bolsonaro.

    Calma lá com essa de povos conservadores.

    Onde esse povo estava nos 13 anos de PT ?

    E o "milagre" por vc estar vivo se chama medicina.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Editor deste site
Paulo Lopes é jornalista
Trabalhou no jornal 
abolicionista Diario Popular, 
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras 
 publicações. 
Contato

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Ministro de Israel que disse ser o Covid-19 castigo divino contra gay pegou o vírus

Cristianismo é a religião que mais perseguiu o conhecimento científico

Hospital de campanha de evangélicos em Nova York não aceita voluntários gays