Padre chileno suspeito de cometer abuso é encontrado morto

O corpo do padre José Francisco Núñez Calisto (foto) foi encontrado no sábado (9 de fevereiro de 2019) por uma familiar em Puerto Montt, ao sul do Chile.

Autoridades judiciais e a Igreja Católica estavam investigando denúncias de que Calisto era pedófilo.

Há suspeita de que
 Calisto tenha
se suicidado

Há suspeita de que tenha havido suicídio. O padre deixou uma carta cujo teor não foi revelado para a imprensa.

Uma cunhada do padre encontrou o corpo, em cujos antebraços estavam com lesões provocadas por instrumento cortante. Ela havia tentado havia dias falar com o padre pelo telefone.

Em junho de 2010, um homem deu uma facada no pescoço de Calisto durante uma missa, no momento da distribuição de hóstias.

O Ministério Público do Chile está investigando 148 acusações de pessoas que se dizem vítimas de padres pedófilos e/ou de funcionários da Igreja.

Com informação das agências e foto de reprodução.



Aviso de novo post por e-mail

Padre francês acusado de abuso tenta adiar filme sobre pedofilia

Arcebispo da Paraíba proíbe padres de ficarem sozinhos com crianças

Igreja Católica do Brasil tem menos pedófilos do que outras?



Mulheres acusam guru de Piracicaba de abuso; Ministério Público investiga


A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários