Bélgica vai investigar Testemunhas de Jeová por acobertar pedófilos

Órgão do departamento da Justiça da Bélgica pediu ao Ministério Público que investigue as denúncias de que Testemunhas de Jeová têm acobertado pedófilos e agressores sexuais.

Em 2018, houve dezenas de denúncias, na maioria de pessoas que dizem ter sido abusadas quando eram crianças.

Rígido código de silêncio das
TJs favorece o acobertamento
 de predadores sexuais

“As vítimas estão preocupados porque os agressores continuam frequentando a igreja”, disse um porta-voz do órgão ligado à Justiça.

Além da investigação do MP, existe a possibilidade de ser criada uma comissão parlamentar de inquérito para apurar os relatos das supostas vítimas..

As denúncias na Bélgica foram encorajadas por uma instituição de proteção à criança da Holanda, país vizinho, onde em menos de seis meses houve 230 acusações de abusos sexuais cometidos por Testemunhas de Jeová.

Com informação do site De Morgen.

Aviso de novo post por e-mail

41 pessoas contam a jornal que foram abusadas por Testemunhas de Jeová

TJs protegem seus pedófilos, afirma relatório da Austrália

Testemunhas de Jeová abafam pedofilia, acusam ex-fiéis




Justiça condena TJs a indenizar vítima de abuso em US$ 28 mi


A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários

-------- Busca neste site