Marcos Pontes manda recado a Damares: 'Não se mistura ciência com religião'

por Fernanda Guimarães
para Paulopes

Surpreendendo o mundo político os meios de comunicação, o ministro de Ciência e Tecnologia Marcos Pontes rebateu, nesta quinta-feira, 10, de forma veemente as declarações da ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves.

Em vídeo divulgado na quarta-feira (9 de janeiro de 2019), que viralizou na Internet, a ministra e pastora afirma que a igreja evangélica perdeu espaço na história e na ciência (sic) ao “deixar” a teoria da evolução entrar nas escolas.

Marcos Pontes e
Damares Alves:
 luz e obscuridade

O engenheiro aeronáutico e ex-astronauta Marcos Pontes, tenente-coronel aviador na reserva, que tem diversos cursos de especialização dentro e fora do Brasil, católico romano, foi categórico: “Não se deve misturar ciência com religião”.

O ministro foi delicado: "Ela deve ter falado isso em algum tipo de contexto que eu não sei exatamente. Mas, do ponto de vista da ciência, são muitas décadas de estudo para formar a teoria da evolução”, disse Pontes em entrevista à rádio CBN.

Em suma, Marcos Pontes disse de maneira indireta que falta formação à ministra.

E ele está coberto de razão. No vídeo, de 2013, as frases da ministra, pastora da Igreja do Evangelho Quadrangular, Damares Alves, chegam ao paradoxo.

“Nós perdemos o espaço na ciência quando deixamos a teoria da evolução entrar nas escolas. Quando não questionamos. Quando não fomos ocupar a ciência. ”

Ora, a ciência não pode ser “ocupada” por outra coisa senão por ideias científicas, da mesma forma que a religião só pode ser ocupada por ideias religiosas. Mas a ministra acha que o campo da ciência é algo passível de inserção de ideias não comprovadas.

Sem contar que vinte dias antes da posse viralizou-se o vídeo de Damares Alves dizendo que aos 10 anos viu Jesus Cristo subindo em uma goiabeira, já são quatro as polêmicas da pastora. E isso com apenas 10 dias de Governo Bolsonaro.



1. No discurso da posse ela desafiou a Constituição ao dizer que “o Estado é laico, mas essa ministra é terrivelmente cristã”, sugerindo que iria impor, como auxiliar do Executivo, alguma medida que contrariasse a laicidade constitucional do Estado brasileiro.

2. Ao falar sobre o Enem, estabeleceu que de que “meninos deviam vestir azul e meninas, rosa”.

3. Ao falar sobre as regras do Sisu, alvitrou que o candidato a curso superior devia estudar perto da sua casa — contrariando totalmente um dos pilares da gestão Bolsonaro: a meritocracia.

4. Tentou contestar a validade do ensino da teoria da evolução, em um vídeo recente, quando ainda não era ministra..

A teoria da evolução, iniciada por Charles Darwin, completa seu bicentenário neste 2019. Não se trata de hipótese ou tese, mas de Teoria aceita nos mais respeitados centros científicos do planeta.

Já há décadas, a Igreja Católica aceita a Teoria da Evolução como líquida e certa, analisando-a como compatível com a fé cristã, como foi dito claramente papas João Paulo II e Francisco.

Para os católicos, o livro do Gênesis não tem o objetivo de explicar a criação do mundo cientificamente e sim retratar, como metáfora, a criação do mundo e do homem.

O autor do Gênesis (ou autores) usou o mundo do trabalho da época (a olaria) para plasmar a criação do homem. Repetindo, aliás, a mesma história do poema babilônico de Gilgamesh conta-se que, para criar Enkidu, a deusa Aruru “plasmou argila”.

A teoria da evolução chega ao debate nos altos escalões do governo Bolsonaro.

Vamos ver se ganha a luz, representada pelo engenheiro aeronáutico Marcos Pontes, ou o obscurantismo, pela pastora Damares Alves.

Com informação da Agência Brasil e de outras fontes e fotos de divulgação,



Aviso de novo post por e-mail

Não há como conciliar ciência com religião, afirma Hawking

Não há ligação entre ciência e religião, afirma Neil Tyson

Divulgação da ciência anulará a religião, escreve Dawkins




Sam Harris afirma que religião agrava e exacerba os conflitos


A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários

Unknown disse…
kkk, quanta bobagem .A igreja católica aceita a evolução como certa kkkk ,da onde foi tirado isto? E que não se trata de tese e sim de teoria, kkkk. Só teoria! Que matéria ruim e distorcida

-------- Busca neste site