Jesuítas dos Estados Unidos divulgam mais uma lista de padres pedófilos

[opinião]

Jesuítas dos Estados Unidos liberaram uma lista de 50 padres suspeitos de pedofilia.

Desse total, só 14 ainda estão vivos.

A Igreja Católica mais
 parece uma entidade
 internacional de pedofilia

Trata-se apenas de mais uma lista porque em dezembro de 2018 já tinha sido divulgada uma com 65 nomes.

Há tantos padres pedófilos nos Estados Unidos, que talvez desse menos trabalho à Igreja divulgar os nomes de quem não molesta criancinha.

A divulgação de nomes dos tarados é consequência da ordem do papa Francisco de haver transparência total.

Trata-se de uma tentativa do papa de impedir que a Igreja Católica se reduza tanto nas próximas décadas, até se tornar uma seita, o que, aliás, já ocorre em alguns países europeus.

Com informação do site Crux.


Aviso de novo post por e-mail

Procuradoria acusa Igreja de Illinois de acobertar 500 padres suspeitos de pedofilia

Igreja dos EUA gasta US$ 120 mi com casos de padres pedófilos

Cem mil pessoas sofreram abuso de padres nos Estados Unidos




Papas praticavam pedofilia desde o Renascimento, diz livro


A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários