Prefeito de cidade de Tocantins doa prédio público a igreja evangélica

O Ministério Público Estadual de Tocantins encaminhou à Justiça pedido de anulação da lei de Goiatins (norte do Estado) que doa um prédio para a Igreja Assembleia de Deus Ciadseta.

A doação foi proposta pelo prefeito Antônio Luiz (PR) e aprovada pela Câmara Municipal em dezembro de 2018.

O promotor Pedro Jainer Passos Clarindo da Silva disse que, além de ser uma “imoralidade administrativa”, a doação é uma afronta do Estado laico.

Na avaliação da prefeitura, o prédio vale no mínimo R$ 40 mil.

O lema do prefeito é “resgatando a credibilidade na certeza do progresso”.

Slogan do prefeito Antônio Luiz

Com informação do Ministério Público de Tocantins e de outras fontes.

Aviso de novo post por e-mail

Religiosos não entendem que Estado laico beneficia a todos

Supremo derruba lei de Rondônia que impunha a Bíblia em prédios públicos

Governador de Rondônia entrega chave do Estado a Deus




Igrejas que exploram pobres ferem Estado laico, afirma juiz


A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários

EDITOR DESTE SITE

Paulo Lopes é jornalista profissional diplomado.
Trabalhou no jornal centenário abolicionista
Diario Popular, Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras publicações.