No Porta dos Fundos, Deus usa retórica de Edir Macedo para pedir mais dízimo

No vídeo "Padrino", do Porta dos Fundos, Deus, com o gato “Levítico” no colo, pressiona o pastor Elias porque houve uma queda no dízimo.

O encontro ocorre no escuro, à noite, em um local supostamente à beira de uma estrada.

Deus está com um motoqueiro tatuado. É seu filho, Jesus, que ostenta um soco inglês.

A argumentação de Deus lembra a de líderes evangélicos, principalmente de Edir Macedo, chefe da Universal.

“Se eles [fiéis] querem a salvação, que paguem”, diz Deus a Elias.

“Quero que você tire tudo deles, casa, carro, salário.”

Na segunda parte do vídeo, Deus pede a outro pastor que seja prefeito do Rio.





Aviso de novo post por e-mail

Porta dos Fundos se recusa a deletar vídeo 'Ele está entre nós'

No canal Porta dos Fundos, Jesus ironiza a ‘cura gay’

Frango assado é corpo de Cristo em vídeo do Porta dos Fundos




Vídeo do Porta dos Fundos mostra que o deus verdadeiro é polinésio


A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários