Universidade Federal de Mato Grosso do Sul cria o curso 'História do Ateísmo'

A Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, no campus de Nova Andradina [mapa], está dando neste semestre o curso “História do Ateísmo”, com 68 horas.

As aulas do professor Ricardo Oliveira da Silva (foto) começam expondo a história do ateísmo no Ocidente, desde a Grécia, seguindo com o surgimento e desenvolvimento desse pensamento no Brasil.

Aulas do professor
Ricardo Silva incluem
o ateísmo no Brasil

Entre outros pontos, o curso aborda os ateísmos na Antiguidade e Idade Moderna, a afirmação do materialismo ateu e darwinismo, e ateísmo e neoateísmo.

A bibliografia básica inclui autores como Julian Baggini (“Ateísmo: uma breve introdução”), Paula Montero e Eduardo Dullo (“Ateísmo no Brasil: da invisibilidade à crença fundamentalista”), e Jean-Paul Sartre (“Liberdade de religião no existencialismo”).

O curso é importante porque o ateísmo brasileiro tem sido pouco estudado e também por ocorrer em um momento de expansão do conservadorismo religioso, enfraquecendo ainda mais a laicidade constitucional..

Com informações da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e foto de divulgação.



Aviso de novo post por e-mail

Ateísmo é tão antigo quanto as religiões, sugere novo estudo

Livro explica a origem da conotação pessimista que se atribui ao ateísmo

Livro mostra por que Platão é o pai da perseguição aos ateus




Desde 2.500 anos antes de Cristo ateus ridicularizam divinidades


A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários