Bolsonaro retuita imagens de muçulmanos apedrejando uma mulher

[opinião]

O presidente Jair Bolsonaro retuitou um vídeo com imagens fortes, de muçulmanos apedrejando uma mulher, supostamente cristã.

Vídeo contém cenas fortes

As imagens foram postadas por um bolsonarista que usa o pseudônimo de JustCarol.

Ela escreve: “Atenção, CENAS FORTES. Debaixo da lei Sharia, mulher cristã é morta a pedradas por vários covardes muçulmanos. É com esta cultura que querem invadir o Ocidente e nos submeter a este tipo de aberração”.

De fato, o Islã, como outras religiões, considera a mulher um ser de segunda categoria, mas a maioria dos muçulmanos não joga pedras em cristãs ou em "pecadoras".


Como no cristianismo, há diversas ramificações no Islã, e não dá para generalizá-las em um único julgamento.

Eu, como ateu, digo que algumas ramificações do Islã são piores que outras. O mesmo vale para o cristianismo. Mas não faço juízo de valor de pessoas com base em suas crenças ou descrença.

O que me preocupa é o presidente tuitar esse tipo de coisa, expondo o ódio de muçulmanos e atilando o de cristãos, alimentando o fanatismo religioso.

A natureza de quem dirige um país deveria ser a conciliação.

Com informação do Twitter.



Aviso de novo post por e-mail

Bolsonaro é fantoche de fundamentalistas religiosos, denuncia pastor

Jair Bolsonaro faz ameaça de instituir um Estado cristão

Bolsonaro vai ter de aceitar que a Constituição está acima de Deus




Jair Bolsonaro promete fazer um governo para todos, ‘até para quem é ateu’


A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários

-------- Busca neste site