Defensora de leitura de Bíblia nas escolas, vereadora é suspeita de liderar quadrilha

A Polícia Federal prendeu temporariamente no dia 26 de novembro de 2018 a vereadora Elian Santana (foto abaixo), de Santo André (SP), por ela ser suspeita de liderar uma organização criminosa de fraude de aposentadoria.
A bússola de
moralidade de
Elian Santana
 é a Bíblia

A vereadora recebia em seu gabinete interessados em adiantar a aposentadoria em até cinco anos, cobrando em torno de R$ 15 mil.

Entre as propostas na Câmara da vereadora evangélica constam a da criação do “Dia do Pastor”, “Dia do Cantor Gospel” e obrigatoriedade da leitura da Bíblia em escolas públicas e privadas.

Santana julga que a Bíblia fornece um parâmetro moral para as crianças.

Ela diz ser inocente, mas talvez o seu problema seja ler a Bíblia demais e o código penal de menos.

Com informação do site Fórum e de outras fontes e foto de divulgação.



Aviso de novo post por e-mail

Crivella afirma que só o ‘Brasil evangélico é que vai dar jeito nessa pátria’

País em crise, e o que preocupa deputados evangélicos é beijo gay

Líder da bancada evangélica é réu em ação de estelionato




Lema do chefão do tráfico na Rocinha é ‘Jesus é o dono lugar’


A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários

-------- Busca neste site