Justiça apreende panfletos eleitorais em templos da Mundial em Macaé

Fiscais do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) apreenderam nesta terça-feira (11 de agosto de 2018) milhares de panfletos pedindo votos a dois candidatos a deputado em três templos da Igreja Mundial de Macaé (RJ) [mapa].

A lei eleitoral proíbe que candidatos obtenham apoio de instituições religiosas, em obediência ao Estado laico.


Os candidatos são Francisco Floriano (DEM), que concorre à releição à Câmara dos Deputados, e Milton Ramos (PSDB), que almeja a Assembleia Legislativa do Rio.

Floriano é pastor. Ele participou da fundação da Universal, da qual saiu para criar juntamente com Santiago Valdemiro a Mundial, igreja na qual permanece.

Esse candidato já tinha sido processado em 2014 pelo TRE e multado em R$ 8.000 porque pastores da Mundial pediram em um culto votos para ele. 

Desta vez, os próprios fiéis denunciaram as igrejas e os candidatos à Justiça.

O TRE investiga outras igrejas.

Fiscais do TRE
apreenderam material
de campanha eleitoral



Aviso por e-mail de novo post

Tribunal lembra que candidatos não podem pedir votos em igrejas

Adélio é insano por que deu facada em Bolsonaro em nome de Deus? Não

Fundamentalismo político e o religioso atolaram a sociedade no radicalismo




Dá para crer que há ateus que votam no candidato do fundamentalismo religioso?

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários

-------- Busca neste site