Juiz pede a Crivella explicação para favorecimento a líderes evangélicos

O juiz Eduardo Klausner, da 7ª Vara de Fazenda Pública do Rio, determinou que o prefeito Marcelo Crivella diga por que em julho de 2018 prometeu conceder favorecimento a um grupo de pastores.

Klausner emitiu um comunicado ao prefeito do Rio após receber uma petição do Ministério Público Estadual.

Naquele mês, em um encontro só com evangélicos na sede da prefeitura, Crivella, que é bispo da Igreja Universal, disse que os interessados em furar a fila da cirurgia da catarata do serviço municipal deveriam procurar a “Márcia”, que é secretária dele.

Ele também prometeu facilitar a tramitação dos pedidos de isenção de ICMS a templos.

"Fale com a Márcia"

Com informação de “O Globo”.


Aviso de novo post por e-mail

Justiça estabelece multa ao prefeito Crivella se ele favorecer grupo religioso

Acusado de privilegiar evangélicos, Crivella coloca a culpa na rede Globo

Crivella diz que piadas com ‘É só conversar com a Márcia’ é preconceito contra assessora




Crivella afirma que só o ‘Brasil evangélico é que vai dar jeito nessa pátria’

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários

-------- Busca neste site