Viral sobre acidente do cantor que chamou Jesus de travesti é fake news


Notícia falsa
usou imagem de
acidente ocorrido
em 2013

[notícia]

Vídeos e textos que afirmam que houve um acidente de carro com o cantor pernambucano Johnny Hooker são fake news.

Somente um desses vídeos foi acessado 500 mil vezes no Youtube.

Os produtores do  material falso tentam induzir os incautos a acreditarem que Hooker ficou “à beira da morte” por ter chamado Jesus de “travesti”, “transexual” e “bicha”.


Durante uma apresentação em Garanhuns (PE), no dia 28 de julho de 2018, Hooker fez essas referências a Jesus em protesto à censura de evangélicos daquela cidade à peça "O Evangelho segundo Jesus, Rainha do Céu", protagonizado pela atriz transexual Renata Carvalho.

Um advogado, em seu nome, recorreu à Justiça com uma queixa-crime contra o cantor.

Os autores do fake news utilizaram imagens de 2013 de um acidente de carro em Lebon Régis, Santa Catarina.

A invenção de um “castigo de Deus” àqueles que cometem “blasfêmia” é um padrão de fake news que aparece com frequência nas redes sociais.



Com informação do G1 e de outras fontes.


'Época' mostra bastidores do site de fake news Gospel Prime

Site católico divulga o fake news da conversão de Stephen Hawking

Santo Sudário de Turim prova que fake news existe há muito tempo



Dizer que a civilização começou com o cristianismo é fake news

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários

Busca neste site