Pular para o conteúdo principal

Testemunhas de Jeová desrespeitam Lei de Proteção de dados da União Europeia


Organização religiosa
 é acusada de coletar
informações irregularmente

As Testemunhas de Jeová estão desrespeitando a Lei de Proteção de Dados da União Europeia que entrou em vigor em maio de 2018. 

É a mesma lei que se aplica a gigantes da internet, como Google e Facebook.

Dirigentes da religião negam qualquer irregularidade em seus formulários e cadastros, de fiéis ou não, mas as acusações, inclusive de ex-seguidores, detalham as transgressões.


As irregularidades são:

- Inexiste o compromisso de que as informações não serão compartilhadas com congregações de outros países.

- Quem preenche os formulários não é informado de que a qualquer momento pode solicitar todos os seus dados com atualizações em poder da Igreja.

- Os cadastrados não são informados de que seus dados ficarão armazenados por tempo indeterminado.

As empresas de internet têm adotado a lei europeia para países de outros continentes, incluindo o Brasil, o que não tem ocorrido com as organizações religiosas.



Testemunha de Jeová recusa sangue, morre e deixa 9 filhos

Na Rússia, Testemunhas de Jeová tomam do seu próprio veneno

Testemunhas de Jeová destroem no México templo de 7 mil anos




'Minha mãe me odeia porque ela é das Testemunhas de Jeová'

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.


Comentários

Posts mais acessados na semana

Dona Religião é casada com sr. Atraso e têm vários filhos

Bolsonaro fica irritado com aprovação da CoronaVac que vai salvar vidas

Aprovação da CoronaVac significa duro golpe no bolsonarismo

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Bolsonaro compra a novela 'Os dez mandamentos' da Record para a TV Brasil