Testemunhas de Jeová desrespeitam Lei de Proteção de dados da União Europeia


Organização religiosa
 é acusada de coletar
informações irregularmente

As Testemunhas de Jeová estão desrespeitando a Lei de Proteção de Dados da União Europeia que entrou em vigor em maio de 2018. 

É a mesma lei que se aplica a gigantes da internet, como Google e Facebook.

Dirigentes da religião negam qualquer irregularidade em seus formulários e cadastros, de fiéis ou não, mas as acusações, inclusive de ex-seguidores, detalham as transgressões.


As irregularidades são:

- Inexiste o compromisso de que as informações não serão compartilhadas com congregações de outros países.

- Quem preenche os formulários não é informado de que a qualquer momento pode solicitar todos os seus dados com atualizações em poder da Igreja.

- Os cadastrados não são informados de que seus dados ficarão armazenados por tempo indeterminado.

As empresas de internet têm adotado a lei europeia para países de outros continentes, incluindo o Brasil, o que não tem ocorrido com as organizações religiosas.



Testemunha de Jeová recusa sangue, morre e deixa 9 filhos

Na Rússia, Testemunhas de Jeová tomam do seu próprio veneno

Testemunhas de Jeová destroem no México templo de 7 mil anos




'Minha mãe me odeia porque ela é das Testemunhas de Jeová'

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.


Comentários

Busca neste site