Crivella diz que não errou ao fazer reunião com pastores na prefeitura


Prefeito disse que
 mereceria ser perdoado
 se tivesse cometido erro

[notícia]

por Jéssica Antunes
para Agência Brasil

O prefeito Marcelo Crivella, do Rio, disse hoje (27 de julho de 2018) que não errou ao realizar a reunião no Palácio da Cidade com lideranças religiosas, em que ofereceu cirurgias e facilidade para o pagamento de IPTU das igrejas.

Afirmou que, ainda que tivesse errado, deveria ser perdoado diante da importância de evitar que idosos fiquem cegos — referindo-se às cirurgias de catarata que ofereceu durante o encontro.


“Mesmo se tivesse cometido [um erro], o que não foi, quem tem coração, quem não está movido por interesses escusos, quem não está movido pelas próprias ambições, relevaria”, disse.

Crivella também disse que nunca pediu para burlarem o sistema de saúde para privilegiar pessoas nas filas das cirurgias.

Com foto de divulgação.


Juiz proíbe o prefeito Marcelo Crivella de privilegiar 'grupos religiosos'

Crivella diz que piadas com ‘É só conversar com a Márcia’ é preconceito contra assessora

Rio vai ter ‘CPI da Márcia’ para apurar vantagens de Crivella a evangélicos




Crivella afirma que só o ‘Brasil evangélico é que vai dar jeito nessa pátria’

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários

-------- Busca neste site