Pular para o conteúdo principal

Ex-presidente da Irlanda diz que batismo de bebê é violar direitos humanos


Católica, McAleese
 diz que a Igreja
 deve respeitar o
direito à consciência


por Charles Collins
para Crux

Mary McAleese (foto), ex-presidente da Irlanda que permaneceu no cargo durante os anos de 1997-2011, disse que não participaria do Encontro Mundial das Famílias, a ser realizado entre os dias 22 e 26 de agosto, em Dublin.

Ela falou ao Irish Times que o evento, do qual Papa Francisco irá participar, servirá apenas como uma "manifestação política" para o "reforço da ortodoxia". 

Ela também mencionou ao jornal que batizar crianças antes que elas atinjam a idade da razão, a Igreja está criando “pequenos recrutas que são mantidos em obrigações vitalícias de obediência”.


“Você não pode impor obrigações às pessoas com apenas duas semanas de idade e dizer a elas: ‘aqui está o que você se inscreveu'”, disse ela.

Para ela, batizar bebês é uma violação de seus direitos humanos.

“As pessoas não entendiam que tinham o direito de dizer não, o direito de ir embora. Vivemos agora em tempos em que temos o direito à liberdade de consciência, liberdade de crença, liberdade de opinião, liberdade religiosa e liberdade de mudar de religião. A Igreja Católica ainda tem que abraçar completamente esse pensamento”, ressaltou McAleese.

McAleese é católica praticante, licenciada em direito canônico pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma. Seu livro, Quo Vadis? Collegiality in the Code of Canon Law ("Quo Vadis? A Colegialidade no Código de Direito Canônico", em português) foi publicado em 2012.

Nos últimos anos, ela se tornou porta voz de que luta contra a discriminação da Igreja aos homossexuais. Ela também critica a resistência da Igreja na ordenação de mulheres..

No dia 16 de junho de 2018, em um evento em Dublin, McAleese disse que votou a favor no referendo de 25 de maio de 2018, que removeu as proteções pró-vida para os não-nascidos da Constituição irlandesa. 

Ela ainda afirmou que seu voto "não foi um pecado", em referência aos comentários de um bispo cujo os católicos que votaram a favor precisavam se confessar.



Padres abusaram de 12 mil jovens na Irlanda em seis décadas, diz relatório

Vala de antigo convento da Irlanda tem ossos de 800 bebês




Maioria dos jovens europeus afirma não ter religião, mostra estudo

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.


Comentários

deuses Existem? disse…
As pessoas são levadas às igrejas, às mesquitas e às sinagogas, desde a primeira infância, quando elas são inocentes e indefesas e aceitam o que os adultos dizem, sem questionar. A expressão bonitinha “Papai do céu” não surgiu por acaso. É a primeira coisa que você, como eu, lembra da figura de Deus. Isso foi repetido para você à exaustão desde muito antes de você aprender a falar. É um processo lento e trabalhoso, mas de comprovada eficácia. Uma vez que você tenha entrado nele na idade certa, não há como escapar. Fatalmente eles vão acreditar em um Deus bíblico e em tudo o mais que lhe disserem. Ainda mais quando esse adulto, o padre, o pastor, o imã, o rabino, é reconhecido como autoridade e como quem detém o conhecimento e goza do respeito da sociedade. A criança vê todos aqueles adultos se ajoelhando submissos, rezando, ouvindo e aceitando tudo. São os seus próprios pais, irmãos e amigos, tios e avós que estão lá. São as pessoas e a sabedoria dos anciões em quem eles mais confiam. Esse é o fenômeno de grupo, do rebanho, o fenômeno das massas. As crianças ouvem essas estórias de milagres, de poder, de bondade, de magia, de céu, de inferno, de diabo, de castigo, do bem contra o mal e então ficam assustadas, pois se sentem impotentes. Elas têm os seus cérebros lavados e são levadas a acreditar, desde cedo, que não são nada diante de Deus. Todos os domingos, elas leem um “Livro Sagrado” com a “Palavra de Deus ou Alah”. Isso durante anos só pode resultar numa coisa: Na crença, na lavagem cerebral.

Posts + acessados hoje

Pregação criacionista abre evento científico da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul

Robinho e Neymar se negam a ver crianças de lar espírita

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade