Arquidiocese americana vai pagar US$ 210 milhões a vítimas de padres tarados


Padre estupram
crianças e quem
paga a indenização
 são os fiéis

A Arquidiocese de São Paulo e Mineápolis, no estado americano de Minnesota [ver mapa abaixo], vai ter de indenizar 450 vítimas de padres abusadores no total US$ 210 milhões.

O acordo ainda tem de ser aprovado pela Justiça.

Em 2016, a arquidiocese tinha oferecido US$ 132 milhões, o que não foi aceito pelos advogados das vítimas.

O maior total já pago pela Igreja Católica foi em 2007, pela Arquidiocese de Los Angeles: US$ 660 milhões a 508 vítimas de padres.

No caso de agora, o seguro da Igreja Católica (pago pelos fiéis) vai arcar com a maior parte do pagamento, mas US$ 40 milhões serão arrecadados de paróquias.

Em resumo é isto: os estupros foram cometidos por padres, mas quem vai pagar monetariamente pelos crimes são os fiéis.


Igreja holandesa vai indenizar mais de 2 mil vítimas de padres

Igreja de Chicago paga US$ 1,3 milhão à vítima de pedofilia




Ordem católica vai ter de pagar US$ 30 mi a surdos violentados

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.


Comentários

Busca neste site